RACISMO INSTITUCIONAL E O EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE NEGRA NO BRASIL

Raissa Sousa Carvalho, Maria José de Jesus Alves Cordeiro

Resumo


Este estudo propõe-se, a partir do conceito de racismo institucional, a refletir nas formas em que o racismo se manifesta nas estruturas de organização da sociedade e instituições de segurança pública do Brasil e as consequências mais cruéis que este sistema pode perpetuar. Para tanto, utilizou-se o método indutivo, com o qual desenvolveu-se pesquisa bibliográfica, qualitativa e quantitativa, com documentação direta e indireta, incluindo fontes legislativas, coleta e análise de dados constantes de documentos alusivos ao tema. Diante disso, nota-se não somente a
responsabilidade, como também a participação direta do Estado na manutenção dessas estruturas racistas e genocidas. Assim, pode-se concluir sobre a importância atribuída ao poder público em pensar formas de desconstrução do racismo e promoção material da igualdade de direitos.
PALAVRAS-CHAVE: racismo; políticas públicas; direitos fundamentais; segurança pública.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

Disponível em: Acesso em 03 mar. 2018.

_______. MPF afirma que existe racismo institucional do sistema de justiça e segurança no Brasil. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/mpf-afirma-que-existe-racismoinstitucional-do-sistema-de-justica-e-seguranca-no-brasil . Acesso em 09 de agosto de 2018.

CARMICHAEL, S. e HAMILTON, C. Black power: the politics of liberation in America. New York, Vintage, 1967, p. 4.

ORGANIZAÇÕES DAS NAÇÕES UNIDAS: Campanha vidas negras: pelo fim da violência contra a juventude negra no Brasil, de 2017. Disponível em

http://vidasnegras.nacoesunidas.org/materiais/> Acesso em 04 mar. 2018.

BRASIL: Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989. Disponível em Acesso em 23 mar. 2018.

SILVA, J. et al. A promoção a igualdade racial em 2006 e o Programa de Combate ao Racismo Institucional. In: JACCOUD, L. (Org.). A construção de uma política de promoção da igualdade racial: uma análise dos últimos vinte anos. Brasília: Ipea, 2009. p.147-70.

THEODORO, M. A formação do mercado de trabalho e a questão racial no Brasil. In: ______. (Org.). As políticas públicas e as desigualdades raciais no Brasil 120 anos após a abolição. Brasília: Ipea, 2008. p.19-47.

CERQUEIRA, Daniel et. al. Atlas da Violência. Rio de Janeiro: Ipea, FBSP, 2017. Disponível em Acesso em 02 abr. 2018.

MARTÍN, Maria. O eco dos 111 tiros de Costa Barros. Rio de Janeiro, 2016. Disponível em Acesso em 27 mar. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN - 2318-7034

Curso de Direito da UEMS - Unidade Universitária de Dourados

Núcleo de Estudos e Pesquisas em Direito, Estado, Constituição e Direitos Fundamentais e Humanos - UEMS