“Claro que eu estou viva. Olha eu aqui” - “Para de representar, Bia!”: a construção da imagem de Bia Falcão, na novela “Belíssima”

Francisco Renato Lima, Safira Ravenne da Cunha Rêgo

Resumo


Esse artigo analisa a construção da imagem da personagem Bia Falcão, na novela Belíssima, exibida pela Rede Globo, entre novembro de 2005 e julho de 2006. A evidência recai sobre os discursos da personagem, em seu retorno à trama, num momento em que havia sido dada como morta. Utilizamos o embasamento teórico da Análise do Discurso (AD), de linha francesa, o que nos permitiu concluir que a imagem da personagem é construída sobre a disputa pelo poder e desejo de se manter superior, o que modifica, inclusive, os rumos convencionais do enredo e a própria interpretação feita pelo público.

Palavras-chave


Análise do Discurso; Bia Falcão; Novela; Imagem; Poder.

Texto completo:

PDF


ISSN: 2237-8332