Juventude, consumo e catolicismo carismático em uma perspectiva da modernidade

Maria do Carmo Canto Martins

Resumo


Em um cenário de pluralidades do mercado religioso, considerando que os jovens sejam a camada da sociedade mais sensível à cultura do consumo, e que na atualidade reunir em grupo acontece em associações ou entidades, em especial comunidades católicas.  O artigo aborda o tema do consumo na juventude, em especial, do jovem que participa no movimento renovação carismático católico – MRCC, na perspectiva do consumo, enquanto uma maneira de viver na modernidade, e sobre questões; políticas e econômicas. E ainda nos aspectos subjetivos, como por exemplo, no que diz respeito à sedução que a mercadoria exerce sobre o consumidor. Propomos verificar os diversos tipos de mercadorias oferecidas pelo MRCC aos jovens participantes. Acreditamos que o tripé composto por: consumo, jovem e movimento renovação católico carismático estão imbricados e envoltos pelo momento histórico que vivemos – o modernismo –, no sentido de que o que caracteriza o pós-modernismo é o consumo. E o catolicismo carismático o tomou como suporte para continuar a existir, mediante estratégias de consumo que induzem a juventude a sentir que possui um projeto de vida e por consequência tem a segurança almejada nos atuais dias, ou seja, sem as incertezas advindas do momento histórico que vivemos.


Palavras-chave


: jovens; consumo; movimento de renovação católico carismático

Texto completo:

PDF


ISSN: 2237-8332