PINHEIRO, I. M. Os lacres rompidos e a terra que treme: as desmarginações de Elena Ferrante entre o corpo que colapsa e o devastador de fora. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, [S. l.], v. 2, n. 25, p. 594–619, 2021. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/4474. Acesso em: 30 jan. 2023.