EFEITO RESIDUAL DA GESSAGEM E CALAGEM NA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO OBTIDA COM DOIS PENETRÔMETROS

Marcela Pacola Oliveira, Cassiano Garcia Roque, Monica Cristina Rezende Zuffo Borges, Roberta Pacola Oliveira, Kenio Batista Nogueira

Resumo


A resistência do solo à penetração é um dos fatores limitantes para o desenvolvimento das culturas. O objetivo foi avaliar o efeito residual de gessagem e calagem na resistência à penetração medida com o penetrômetro de impacto e o eletrônico em sistema de semeadura direta e convencional, em diferentes sistemas de condicionamento do solo. O delineamento utilizado foi de blocos casualizados com os fatores arranjados em parcelas subdivididas. As parcelas receberam as aplicações de calcário e gesso agrícola (Controle, Calcário (3,563 Mg ha-1), Gesso (2 Mg ha-1), Calcário dose recomendada + Gesso (3,563 Mg ha-1 + 2 Mg ha-1), Calcário metade da dose recomendada + Gesso (1,781 Mg ha-1 + 2 Mg ha-1) e Calcário dobro da dose recomendada + Gesso (7,126 Mg ha-1 + 2 Mg ha-1), com quatro repetições e as subparcelas as profundidades (0,1-0,2; 0,2-0,3 e 0,3-0,4 m). A resistência à penetração não foi influenciada pelo sistema de condicionamento do solo. Ambos os penetrômetros “impacto e eletrônico” podem ser utilizados para obtenção da resistência à penetração


Texto completo:

PDF

Referências


(1) ARSHAD, M.A.; LOWERY, B.; GROSSMAN, B. Physical tests for monitoring soil quality. In: DORAN, J.W.; JONES, A.J. (Ed.) Methods for assessing soil quality. Soil Science Society of America, Madison, n. 49, p. 123-41, 1996.

(2) BEUTLER, A.; CENTURION. J. F.; SILVA, A.P. Atributos físicos do solo e produtividade da soja após um ano de integração lavoura-pecuária em área sob plantio direto. Revista Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v.27, n.1, p.146-151, 2007.

(3) CAIRES, E. F.; FELDHAUS, I. C.; BARTH, G.; GARBUIO, F. J. Lime and gypsum application on the wheat crop. Revista Scientia Agricola, Piracicaba-SP, v. 59, n. 2, p. 357-364, 2002.

(4) CAIRES, E. F.; KUSMAN, M. T.; BARTH, G.; GARBUIO, F. J.; PADILHA, J. M. Alterações químicas do solo e resposta do milho à calagem e aplicação de gesso. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 28, n. 1, p. 125-136, 2004.

(5) CAMARGO, O. A.; ALLEONI, L. R. F. Compactação do solo e desenvolvimento das plantas. Piracicaba-SP: Esalq, 1997. 132p.

(6) CARVALHO, J. J.; MASIERO, F. C.; LANÇAS, K. P.; RODRIGUES, E. C. P. Avaliação da resistência do solo sob dois sistemas de manejo: plantio direto e convencional. Revista Científica Eletrônica de Agronomia, Garça-SP, v. 22, n. 2, p. 1-11, 2012.

(7) CASTRO, M. A.; CUNHA, F. F.; MAGALHÃES, F. F.; CRUZ, G. H. M. Atributos físico-hídricos do solo ocupado com pastagem degradada e floresta nativa no Cerrado Sul-Mato-Grossense. Brazilian Geographical Journal, Ituiutaba-MG, v. 3, n. 2, p. 498- 512, 2012.

(8) CORTEZ, J. W.; ALVES, A. D. S.; MOURA, R. D.; OLSZEVSKI, N.; NAGAHAMA, H. J. Atributos físicos do Argissolo Amarelo do semiárido nordestino sob sistemas de preparo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 35, n.4, p. 1207-1216, 2011.

(9) FOLONI, J. S. S.; CALONEGO, J. C.; DE LIMA, S. L. Efeito da compactação do solo no desenvolvimento aéreo e radicular de cultivares de milho. Revista Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília-DF, v. 38, n. 8, p. 947-953, 2003.

(10) FREDDI, O. S., CARVALHO, M. P., VERONESI JÚNIOR, V.; CARVALHO, G. J. Produtividade do milho relacionada com a resistência mecânica à penetração do solo sob preparo convencional. Revista Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 26 n.1, p.113-121, 2006.

(11) HERRICK, J. E. JONES, T. L. A dynamic cone penetrometer for measuring soil penetration resistance. Soil Science Society of America Journal, Madison, v. 66, n.4, p. 1320-1324, 2002.

(12) LEITE, F., SANTOS, J. E. G. D.; LANÇAS, K. P. Comparação da resistência do solo à penetração entre penetrômetro elétrico-eletrônico e penetrógrafo manual. Revista Cultivando o Saber, Cascavel-PR, v. 3, n. 1, p. 32-39, 2010.

(13) LIMA, R. P., LEÓN; M. J.; SILVA, A. R. Comparação entre dois penetrômetros na avaliação da resistência mecânica do solo à penetração. Revista Ceres, Viçosa-MG, v. 60, n. 4, p. 577, 2013.

(12) MAZURANA, M.; LEVIEN, R.; MULLER, J.; CONTE, O. Sistemas de preparo de solo: alterações na estrutura do solo e rendimento das culturas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 35, n. 4, p. 1197-1206, 2011.

(13) MÜLLER, M. M. L.; TORMENA, C. A.; GENÚ, A. M.; KRAMER, L. F. M.; MICHALOVIEZ, L.; CAIRES, E. F. Structural Quality of a No-Tillage Red Latosol 50 Months After Gypsum Aplication. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 36, n. 3, p. 1005-1013, 2012.

(14) PACHECO, E. P.; CANTALICE, J. R. B. Análise de trilha no estudo dos efeitos de atributos físicos e matéria orgânica sobre a compressibilidade e resistência à penetração de um Argissolo cultivado com cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 35, n. 2, p. 417-428, 2011.

(15) PEDROTTI, A.; PAULETTO, E. A.; CRESTANA, S. Resistência mecânica à penetração de um Planossolo submetido a diferentes sistemas de cultivo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 25, n.3, p. 521-529, 2001.

(16) RALISCH, R.; MIRANDA, R. M.; OKUMURA, R. S.; BARBOSA, G. M. C.; GUIMARÃES, M. F.;, SCOPEL, E.; BALBINO, L. C. Resistência à penetração de um Latossolo VermelhoAmarelo do Cerrado sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira Engenharia Agrícola Ambiental, Campina Grande-PB, v. 12, n.4, p. 381-384, 2008.

(17) ROBOREDO, D.; MAIA, J. C. S.; OLIVEIRA, O. J. DE; ROQUE, C. G. Uso de dois penetrômetros na avaliação da resistência mecânica de um latossolo vermelho distrófico. Revista Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 30, n. 2, p. 308-314, 2010.

(18) ROCHA, A. T.; OLIVEIRA, A. C.; RODRIGUES, A. N.; LIRA JÚNIOR., M.; FREIRE, F. J.; Emprego do gesso do Araripe na melhoria do ambiente radicular da cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Ciências Agrárias. Recife-PB, v. 3, n. 4, p. 307-312, 2008.

(19) ROQUE, C. G.; CENTURION, J. F.; ALENCAR, G. V.; BEUTLER, A. N.; PEREIRA, G. T.; ANDRIOLI, I. Comparação de dois penetrômetros na avaliação da resistência à penetração de um Latossolo Vermelho sob diferentes usos. Revista Acta Scientiarum: Agronomy, Maringá-PR, v. 25, n.1, p. 53-57, 2003.

(20) SANTOS, R. L.; FREIRE, F. J.; AZEVEDO, V. M.; ROCHA, A. T.; TAVARES, J. A. Produção de capim elefante e movimentação de cátions em função de gesso mineral. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v.17, n. 10, p.1030-1037, 2013.

(21) SOUZA, E. B.; PATROCÍNIO FILHO, A. P.; PIMENTA, W. A.; NAGAHAMA, H. J.; CORTEZ, J. W. Resistência mecânica do solo à penetração em função da sua umidade e do tipo de penetrômetro. Revista Engenharia na agricultura, Viçosa-MG, v.22 n.1, p.67-76. 2014.

(22) TAVARES FILHO, J.; BARBOSA, G. M. C.; GUIMARÃES, M. F.; FONSECA, I. C. B.; Resistência do solo à penetração e desenvolvimento do sistema radicular do milho (Zea mays) sob diferentes sistemas de manejo em um latossolo roxo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v.25, n.3, p.725-730, 2001.

(23) TORMENA, C. A.; ROLOFF, G. Dinâmica da resistência à penetração de um solo sob plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 20, n. 2, p. 333-39, 1996.




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v4i1.1208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 JOURNAL OF NEOTROPICAL AGRICULTURE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.