ELABORAÇÃO DE BEBIDA COM EXTRATO HIDROSSOLÚVEL DE SOJA SABORIZADA COM FRUTOS DO CERRADO

Authors

  • Danielle Godinho Araújo Perfeito Instituto Federal Goiano, Câmpus Urutaí, Urutaí, Goiás, Brasil.
  • Ivna Moreira Corrêa Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí
  • Nei Peixoto Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Ipameri

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v4i1.1216

Abstract

Os frutos do Cerrado apresentam atrativas características sensoriais, porém seu consumo é restrito à população local. Visando contribuir para expansão do consumo de cagaita e mangaba, o objetivo do estudo foi elaborar e avaliar a aceitação de bebidas com extrato hidrossolúvel de soja saborizada com esses frutos. Para isso elaborou-se três formulações tendo como base fixa 10% de polpa de fruta e 15% de açúcar, sendo Formulação 1: 10% de polpa de mangaba, Formulação 2: 10% de polpa de cagaita e Formulação 3: 5% de cagaita e 5% de mangaba. Realizou-se a caracterização físico-química tanto das polpas como das bebidas. Estas foram submetidas às análises de pH, acidez total titulável, sólidos solúveis (°Brix), ratio (SS/AT), sólidos totais e cinzas. Para a avaliação sensorial, cinquenta consumidores não treinados avaliaram aparência, aroma, sabor, textura e impressão global, além da intenção de compra. Os resultados das análises físico-química de ambas amostras foram satisfatórios, apresentando parâmetros desejáveis e esperados. Em relação aos atributos sensoriais avaliados, a Formulação 3 (5% de cagaita e 5% de mangaba) obteve uma boa aceitação para os atributos aroma, sabor e impressão global, quando comparada às outras formulações. Além de maiores percentuais no quesito intenção de compra. A elaboração da bebida mostrou-se viável e certamente trata-se de uma opção a mais tanto aos intolerantes à lactose quanto aos alérgicos à proteína do leite de vaca.

References

(1) ABREU, C. R. A.; PINHEIRO, A. M.; MAIA, G. A.; CARVALHO, J. M.; SOUSA, P. H. M. Avaliação química e físico-química de bebidas de soja com frutas tropicais. Alimentos e Nutrição, Araraquara-SP, v. 18, n. 3, p. 291-296, 2007.

(2) ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. AOAC. Official methods of analysis. 16 ed. Washington:,DC, EUA, 1997.

(3) ASSUMPÇÃO, C. F.; BACHIEGA, P.; SANTANA, A. T. M. C.; MORZELLE, M. C.; VILAS BOAS, B. M., DE SOUZA, E. C. Néctar misto de mangaba (Hancoria speciosa gomes) e cagaita (Eugenia dysenterica): perfil sensorial e características físico-químicas. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande-SP, v. 15, n. 3, p. 219-224, 2013.

(4) CAMILO, Y. M. V.; SOUZA, E. R. B.; VERA, R.; NAVES, R. V. Fenologia, produção e precocidade de plantas de Eugenia dysenterica visando melhoramento genético. Revista de Ciências Agrárias, Lisboa, v. 36, n. 2, p. 192-198, 2013.

(5) CAMILO, Y. M. V.; SOUZA, E. R. B.; VERA, R.; NAVES, R. V. Caracterização de frutos e seleção de progênies de cagaiteiras (Eugenia dysenterica DC.). Científica, Jaboticabal-SP, v. 42, n. 1, p.1-10, 2014.

(6) CARNEIRO, J. O.; SOUZA, M. A. A.; RODRIGUES, Y. J. M.; MAPELI, A. M. Efeito da temperatura e do uso de embalagem na conservação pós-colheita de frutos de cagaita (Eugenia dysenterica dc.). Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 37, n. 3, p. 568-577, 2015.

(7) CARNELOSSI, M. A. G.; TOLEDO, W. F. F.; SOUZA, D. C. L.; LIRA, M. L.; SILVA, G. F.; JALALI, V. R. R.; VIÉGAS, P. R. A. Conservação pós-colheita de mangaba (Hancornia speciosa Gomes). Ciência e Agrotecnologia, Lavras - MG, v. 28, n. 5, p. 1119-1125, 2004.

(8) CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutos e hortaliças: fisiologia e manuseio. 2ª ed., Lavras-MG: UFLA, 2005.

(9) JAEKEL, L. Z.; RODRIGUES R. S.; SILVA, A. P. Avaliação físico-química e sensorial de bebidas com diferentes proporções de extratos de soja e de arroz. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas-SP, v. 30, n. 2, p. 342-348, 2010. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612010000200009.

(10) LIUTKEVICIUS, A.; SPEICIENE, V.; VAICIULYTE-FUNK, L.; MIEZELIENE, A.; ALENCIKIENE, G.; ABARAVICIUS, A.; BAGDONAITE, L.; JABLONSKIENE, V.; KAMINSKAS, A. An Inulin-Enriched Soy Drink and Its Lowering Effect on Oxidized Low Density Lipoproteins in Healthy Volunteers. Polish Journal Food Nutrition Sciences, Olsztyn, v. 66, n. 1, p. 37-41, 2016.

(11) MARTINS, M. T. S. Caracterização química e nutricional de plasteína produzida a partir de hidrolisado pancreático de isolado protéico de soja. n. 25, Campinas-SP: Boletim da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2005, 683 p.

(12) NASCIMENTO, R. S. M.; CARDOSO, J. A.; COCOZZA, F. D. M. Caracterização física e físico-química de frutos de mangabeira (Hancornia speciosa Gomes) no oeste da Bahia. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola Ambiental, Campina Grande-SP, v. 18 n. 8, p. 856 – 860, 2014.

(13) NUNES, C. A.; PINHEIRO, A. C. M. Senso Maker, version 1.9. UFLA, Lavras - MG, 2014.

(14) PERFEITO, D. G. A.; CARVALHO, N. LOPES, M. C. M.; SCHMIDT, F. L. Caracterização de frutos de mangabas (Hancornia speciosa Gomes) e estudo de processos de extração da polpa. Revista de Agricultura Neotropical, Cassilândia - MS, v. 2, n. 3, p. 1-7, 2015.

(15) SANTOS, J. T. S.; SOARES, F. S. C.; SOARES, D. S. C.; CAMPOS, A. F. P.; CARNELOSSI, M. A. G.; NUNES, T. P.; OLIVEIRA JÚNIOR, A. M. Avaliação de mangaba liofilizada através de parâmetros físico-químicos. Scientia Plena, São Cristóvão-SE, v. 8, n. 3, p. 1-5, 2012.

(16) SCARIOT, A.; RIBEIRO, J. F. Boas práticas de manejo para o extrativismo sustentável da Cagaita, Brasília-DF: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, v. 1, 2015, 9 p.

(17) SILVA, D. B.; SILVA, J. A.; JUNQUEIRA, N. T. V.; ANDRADE, L. R. M. Frutas do cerrado. Brasília-DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2001. 179 p.

(18) SILVA, M. A. P.; VIEIRA, N. F.; MARTINS, Y. A. A.; ARAÚJO, V. F. P.; GONÇALVES, D. S., MOURA, L. C.; PLÁCIDO, G. R.; CARVALHO, B. S. Sensory profile of fermented milk drinks flavored with fruits from the Brazilian Cerrado. African Journal of Food Science, Nairobi-Quénia, v. 9, p. 379-389, 2015.

(19) SILVA, M. R.; SANTOS JÚNIOR, R. T. O.; FERREIRA, C. C. C. Estabilidade da vitamina c em cagaita in natura e durante a estocagem da polpa e refresco. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia - GO, v. 38, n. 1, p. 53-58, 2008.

(20) SILVA, S.; H. TASSARA. Frutas no Brasil. 5ª ed. São Paulo-SP: Editare, v. 3, 2003, 15 p.

(21) TASHIMA, E. H.; CARDELLO, H. M. A. B. Perfil sensorial de extrato hidrossolúvel de soja (Glicine Max L. Merril) comercial adoçado com sacarose e com sucralose. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos, Curitiba-PR, v. 21, n. 2, 2003, 409-428 p.

(22) VENTURINI FILHO, W. G. Bebidas alcoólicas - Ciência e tecnologia. São Paulo-SP: Blucher, 2010, 461 p

Published

2017-02-07

How to Cite

Perfeito, D. G. A., Corrêa, I. M., & Peixoto, N. (2017). ELABORAÇÃO DE BEBIDA COM EXTRATO HIDROSSOLÚVEL DE SOJA SABORIZADA COM FRUTOS DO CERRADO. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 4(1), 21–27. https://doi.org/10.32404/rean.v4i1.1216

Most read articles by the same author(s)