CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA TRANSGÊNICA EM SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA EM SÃO DESIDÉRIO-BA

Authors

  • Conrado Garcia Santos Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia.
  • Gustavo Luís Mamoré Martins Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia.
  • Pedro Augusto Silva Grupo Iowa. São Desidério-BA.
  • Tiago Zoz Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia.

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v4i2.1430

Abstract

O objetivo do trabalho foi estimar o custo de produção da soja transgênica, em sistema de semeadura direta na região oeste do estado da Bahia. A pesquisa foi conduzida, na forma de estudo de caso, em uma propriedade rural localizada no município São Desidério (BA). Para levantamento do custo de produção utilizou-se a metodologia do sistema de Custo Operacional Total (COT). Os dados relativos aos coeficientes técnicos da cultura, utilizados no cálculo do custo de produção, foram levantados de uma planilha de controle administrativo, na safra 2015/2016. Foram calculadas médias e porcentagens de cada item do custo de produção de soja em um hectare. O Custo Operacional Total foi de R$ 2001,37 ha-1, contribuindo com maior impacto os herbicidas (33,82%) e adubos (29,73%). A soja transgênica cultivada em sistema de semeadura direta alcançou menor custo do que outros sistemas de cultivo. A produção com métodos conservacionistas, como o plantio direto e a terceirização das operações agrícolas se revelaram importantes para diminuição de custos favorecendo maior rentabilidade da cultura.

Author Biographies

Conrado Garcia Santos, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia.

Acadêmico de agronomia.

Gustavo Luís Mamoré Martins, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) (2006). Mestrado em Agronomia (Sistemas de Produção) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus de Ilha Solteira (2008) e Doutorado em Agronomia (Sistemas de Produção) pela UNESP - Campus de Ilha Solteira (2012). Professor de Agronomia na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade de Cassilândia (MS). Tem experiência na área de Agronomia com ênfase em Manejo e Tratos Culturais, Fitossanidade e Solos

References

(1) APROSOJA. ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES DE SOJA E MILHO DE MATO GROSSO. Terceirização aumenta a competitividade da agricultura. Cuiabá-MT: APROSOJA, 2017. Disponível em http://www.aprosoja.com.br/comunicacao/release/terceirizacao-aumenta-a-competitividade-da-agricultura. Acesso em: 15 jan. 2017.

(2) CASTRO, S. H.; REIS, R.P.; LIMA, A. L.R. Custos de produção da soja cultivada sob sistema de plantio direto: estudo de multicasos no oeste da Bahia. Ciência e Agrotecnologia, Lavras-MG, v. 30, n. 6, p. 1146-1153, 2006.

(3) CUNHA, E. Q.; STONE, L. F.; FERREIRA, E. P. B.; DIDONET, A. D.; MOREIRA, J. A. A.; LEANDRO, W. M. Sistemas de preparo do solo e culturas de cobertura na produção orgânica de feijão e milho. I – Atributos físicos do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 35, n. 2, p. 603-611, 2011.

(4) ESPERANCINI, M. S. T.; PAES, A. R.; BICUDO, S. J. Análise de rentabilidade e risco na produção de milho verão, em três sistemas de produtivos, na região de Botucatu, estado de São Paulo. Informações Econômicas, São Paulo-SP, v. 34, n. 1, p. 25-33, 2004.

(5) GUERRA, R. R.; DORR, A. C.; COSTA, M. L.; FREITAS, C. A. A efetividade e a razão ótima de “hedge” para a soja na praça de Tupanciretã. Indicadores Econômicos, Porto Alegre-RS, v. 40, n. 2, p. 139-150, 2013.

(6) GODINHO, V. P. C.; UTUMI, M. M.; LIVEIRA, S. J. M.; BROGIN, R. L.; RAMALHO, A. R. Estimativa de custos de produção de milho na região do cerrado de Rondônia, safrinha 2006. Porto Velho-RO: Embrapa Rondônia, 2006. 4 p. (Comunicado Técnico, 312).

(7) IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Área plantada e produção de soja. Brasília-DF: IBGE, 2017. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/home/lspa. Acesso em: 14 jan. 2017.

(8) JAMES, C. Global Status of Commercialized Biotech/GM Crops. Ithaca-NY: ISAAA, 2014. 23 p.

(9) MARTIN, N. B.; SERRA, R.; OLIVEIRA, M. D. M.; ÂNGELO, J. A.; OKAWA, H. Sistema integrado de custos agropecuários - CUSTAGRI. Informações Econômicas, São Paulo-SP, v. 28, n. 1, p.7-28, 1998.

(10) MATSUNAGA, M.; BEMELMANS, P. F.; TOLEDO, P. E. N.; DULLEY, R. D.; OKAWA, H.; PEDROSO, I. A. Metodologia de custos de produção utilizada pelo IEA. Agricultura em São Paulo, São Paulo-SP, v. 23, n. 1, p. 123-139, 1976.

(11) MELO, R. S. S.; SILVA, A. S.; SILVA, I. F.; SOUZA, M. A.; SILVA NETO, L. F. Sistemas de culturas com milho sob semeadura direta na região Nordeste do Brasil. Ciência Rural, Santa Maria-RS, v. 43, n. 9, p. 1535-1541, 2013.

(12) MELO JÚNIOR, H. B.; CAMARGO, R.; WENDLING, B. Sistema de plantio direto na conservação do solo e água e recuperação de áreas degradadas. Enciclopédia Biosfera, Goiânia-GO, v. 07, n. 12, p. 1-17, 2011.

(13) MENEGATTI, A. L. A; BARROS, A. L. M. Análise comparativa dos custos de produção entre soja transgênica e convencional: um estudo de caso para o Estado do Mato Grosso do Sul. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília-DF, v. 45, n. 1, p. 163-183, 2007.

(14) OLIVEIRA, C. M.; SANTANA, A. C.; HOMMA, A. K. Os custos de produção e a rentabilidade da soja nos municípios de Santarém e Belterra, estado do Pará. Acta Amazônica, Manaus-AM, v. 43, n. 01, p. 23-32, 2013.

(15) RICHETTI, A. Estimativa do custo de produção de algodão, safra 2007/08, para Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Dourados-MS: Embrapa Agropecuária Oeste, 2007. 14 p. (Comunicado Técnico, 136).

(16) RICHETTI, A. Viabilidade econômica da cultura da soja na safra 2012/2013, em Mato Grosso do Sul. Dourados-MS: Embrapa Agropecuária Oeste, 2012. 9 p. (Comunicado Técnico, 177).

(17) RICHETTI, A. Viabilidade econômica da cultura da soja na safra 2015/2016, em Mato Grosso do Sul. Dourados-MS: Embrapa Agropecuária Oeste, 2015. 13 p. (Comunicado Técnico, 202).

(18) SILVA, A S.; SOUZA, L. C. F. Análise econômica de sucessões de culturas para milho, com níveis de nitrogênio em cobertura. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas-MG, v. 6, n. 2, p. 256-262, 2007.

(19) SIQUEIRA NETO, M.; VENZKE FILHO, S. P.; PICCOLO, M. C.; CERRI, C. E. P.; CERRI, C. C. Rotação de culturas no sistema plantio direto em Tibagi (PR). I – Sequestro de carbono no solo. Revista Brasileira de Ciência Solo, Viçosa-MG, v. 33, n. 4, p. 1013-1022, 2009.

(20) VILELA, R.; ARF, M.; TOMQUELSKI, G.; DIAS, A.; ANSELMO, J.; BERNART, L.; Estimativa do custo de produção do cultivo de soja na região dos chapadões – ano agrícola 2015/16. Pesquisa, Tecnologia e Produtividade, Chapadão do Sul-MS, v. 1, n. 9, p. 208-212, 2016.

Published

28/06/2017

How to Cite

Santos, C. G., Martins, G. L. M., Silva, P. A., & Zoz, T. (2017). CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA TRANSGÊNICA EM SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA EM SÃO DESIDÉRIO-BA. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 4(2), 96–101. https://doi.org/10.32404/rean.v4i2.1430

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>