UNIFORMIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO VIA PIVÔ CENTRAL

Authors

  • Valderir Facundo Nascimento Faculdade de Tecnologia Centec - FATEC cariri
  • Erialdo Oliveira Feitosa Universidade Federal do Ceará
  • José Ivo Soares Faculdade de Tecnologia Centec - FATEC cariri

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v4i4.1643

Abstract

A inadequada uniformidade de aplicação da água em sistemas de irrigação proporciona excesso em parte da área de cultivo e carência em outra, diminuindo a disponibilidade de água à cultura e aumentando o custo de produção. Nesse sentido, objetivou-se avaliar a uniformidade de aplicação de água por aspersão em pivôs centrais. Foram determinados os seguintes parâmetros: coeficientes de uniformidade (CUC, CUD e CUE) e a eficiência de aplicação. As vazões e pressões dos sistemas foram obtidos de acordo com a metodologia. No pivô central 04 os valores de CUC, CUD encontrados no teste estavam inadequados, abaixo do mínimo recomendado (85%); o CUE foi classificado como razoável e a eficiência de irrigação baixa. No pivô central 05 os valores de CUC e CUE encontrados na avaliação estão de acordo com os valores de referência, mas com baixa eficiência de aplicação devido ao valor de CUD abaixo do mínimo recomendado (85%).

 

References

(1) AZEVEDO, H. J.; BERNARDO, S.; RAMOS, M. M.; SEDIYAMA, G. C.; CECON, P. R. Influência de fatores climáticos e operacionais sobre a uniformidade de distribuição de água, em um sistema de irrigação por aspersão de alta pressão. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 4, n. 2, p. 152-158, 2000. Disponível em: <http://agriambi.com.br/revista/v4n2/152.pdf>. Acesso em: 22 mai. 2017.

(2) BERNARDO, S. Manual de irrigação. 6. ed. Viçosa-MG: Universidade Federal de Viçosa, 1995. 657 p.

(3) CALGARO, M.; BRAGA, M. B. Determinação da uniformidade de distribuição de água em sistema de irrigação localizada. Petrolina-PE: Embrapa Semi-Árido, 2008. (Instruções Técnicas, 86). Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/249056 >. Acesso em: 26 abr. 2017.

(4) FRIZZONE, J. A. Irrigação por aspersão. Piracicaba-SP: ESALQ – Departamento de Engenharia Rural. Série Didática 3, 1992. 53 p.

(5) MANTOVANI, E. C. AVALIA: Programa de Avaliação da Irrigação por Aspersão e Localizada. Viçosa-MG: UFV, 2001.

(6) MANTOVANI, E. C.; BERNARDO, S.; PALARETTI, L. F. Irrigação: princípios e métodos. Viçosa-MG: UFV, 2006. 318 p.

(7) MOREIRA, H. M.;TOMAZELA, C. Projetos, atualizações e manutenção dos sistemas de irrigação. Revista Irrigação e Tecnologia Moderna, Brasília-DF, v. 1, n. 69, p. 52-53, 2006. Disponível em: <http://www.abid.org.br/arquivo/revista/revista_pdf/item_69-70.pdf>. Acesso em: 10 mai. 2017.

(8) MERRIAN, J. L.; KELLER, J. Irrigation System Evaluation. A Guide for Management. Logan: Utah State University, 1978. 271 p. Disponível em: <https://www.cabdirect.org/cabdirect/abstract/19811964769>. Acesso em: 05 mai. 2017.

(9) REZENDE, R.; GONÇALVES, A. C. A.; FREITAS, P. S. L.; FRIZZONE, J. A.; TORMENA, C. A.; BERTONHA, A. Influência da aplicação de água na uniformidade da umidade no perfil do solo. Acta Scientiarum, Maringá-PR, v. 24, n. 5, p. 1553-1559. 2002. Disponível em: <http://eduem.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/viewFile/2419/1816>. Acesso em: 29 abr. 2017.

(10) RODRIGUES, R. R.; COLA, M. P. A.; NAZÁRIO, A. A.; AZEVEDO, J. M. G.; REIS, E. F. Eficiência e uniformidade de um sistema de irrigação por gotejamento na cultura do cafeeiro. Ambiência, Guarapuava-PR, v. 9, n. 2, p. 323-334. 2013. Disponível em:. Acesso em: 10 mai. 2017.

(11) SILVA, L. P.; SILVA, M. M.; CORREA, M. M.; SOUZA, F. C. D.; SILVA, E. F. F. Desempenho de gotejadores autocompensantes com diferentes efluentes de esgoto doméstico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 16, n. 5, p. 480–486, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662012000500003>. Acesso em: 17 abr. 2017.

(12) SILVA, C. A.; SILVA, C. J. Avaliação de uniformidade em sistemas de irrigação localizada. Revista Cientifica Eletrônica de Agronomia, Garça-SP, v. 2, n.8, p. 1-17, 2005. Disponível em: <http://www.faef.revista.inf.br/imagens_arquivos/arquivos_destaque/Tm9d5yhlcpzey1x_2013-4-29-15-39-59.pdf>. Acesso em: 05 abr. 2017.

(13) SOUZA, L. O. C.; MANTOVANI, E. C.; SOARES, A. A.; RAMOS, M. M.; FREITAS, P. S. L. Avaliação de sistemas de irrigação por gotejamento, utilizados na cafeicultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB v. 10, n. 3, p. 541-548, 2006. Disponível em: <http://www.agriambi.com.br/revista/v10n3/index.htm>. Acesso em: 02 mai. 2017.

(14) SCHMIDT, E. W.; VALIATI, M. I. Avaliação do manejo de irrigação para a cultura de feijão (Phaseolus vulgaris) irrigada por pivô central na Agrícola Wehrmann em Cristalina - GO. Revista Campo Digital, Campo Mourão-PR, v. 1, n. 1, p. 23-31, 2006. Disponível em http://revista.grupointegrado.br/revista/index.php/campodigital/article/view/301. Acesso em: 14 mai. 2017.

(15) WILCOX, J. C.; SWAILES, G. E. Uniformity of water distribution by some under tree orchard sprinklers. ScientificAgriculture, Ottawa, Canada, v. 27, n. 11, p. 565-583, 1947.

Published

29/11/2017

How to Cite

Nascimento, V. F., Feitosa, E. O., & Soares, J. I. (2017). UNIFORMIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO VIA PIVÔ CENTRAL. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 4(4), 65–69. https://doi.org/10.32404/rean.v4i4.1643