ADUBAÇÃO COM BORO NO CRESCIMENTO DE MUDAS DE MOGNO-AFRICANO

Matheus da Silva Araújo, Marcela Amaral de Melo, Bárbara Elias Reis Hodecker, Vitor Corrêa de Mattos Barretto, Ednaldo Cândido Rocha

Resumo


Em razão da escassez de informações sobre adubação em mogno-africano, no presente estudo, objetivou-se avaliar a adubação com boro (B) no crescimento inicial de mudas de mogno-africano (Khaya senegalensis A. Juss). O experimento foi realizado em estufa, em recipientes de plástico com capacidade de 7 dm3 e utilizado como substrato solo Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e seis repetições. Os tratamentos foram constituídos de cinco doses de B (0; 0,5;1,0; 2,0 e 4,0 mg dm-3), utilizando-se o ácido bórico como fonte. Aos 150 dias após o transplantio foram analisados a altura da planta, o diâmetro do coleto, o número de folíolos e a matéria seca de folhas, caule e raiz. As plantas submetidas às menores doses de B (0 a 1 mg dm-3) apresentaram os maiores índices de crescimento para todas as variáveis analisadas. Por outro lado, as maiores doses de B utilizadas (2 e 4 mg dm-3) afetaram negativamente o desenvolvimento das plantas, indicando fitotoxidade desse micronutriente quando utilizado em doses elevadas. Assim, para o crescimento inicial de mudas de mogno-africano na condição estudada, em que o substrato contenha teores de B de cerca de 0,19 mg dm-3, não é necessária a aplicação de boro via fertilizantes.


Texto completo:

PDF

Referências


(1) ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; GONÇALVES, M. L. M.; SPAROVEK, G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, Stuttgart, v. 22, n. 6, p. 711-728, 2013.

(2) ANDERSON, M. J. A new method for non-parametric multivariate analysis of variance. Austral Ecology, Singapore, v. 26, n.10, p. 32-46, 2001.

(3) BARRETTO, V. C. M.; VALERI, S. V.; SILVEIRA, R. L. V. A.; TAKAHASHI, E. N. Eficiência de uso de boro no crescimento de clones de eucalipto em vasos. Scientia Forestalis, Piracicaba-SP, v. 1, n. 76, p. 21-33, 2007.

(4) BARROS, N. F; NOVAIS, R. F. Relação solo-eucalipto. Viçosa-MG: Folha de Viçosa, 1990. 330 p.

(5) BERNARDINO, D. C. S.; PAIVA, H. N.; NEVES, J. C. L.; GOMES, J. M.; MARQUES, V. B. M. Crescimento e qualidade de mudas de Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan em resposta à saturação por bases do substrato. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 29, n. 6, p. 863-870, 2005.

(6) BRIGHENTI, A. M.; MULLER, M. D. Controle do capim-braquiária associado à nutrição com boro no cultivo do mogno-africano em sistema silvipastoril. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza-CE v. 45, n. 4, p. 745-751, 2014.

(7) CARMO, D. L.; SILVA, B. V. N.; DIAS, J. S.; CARVALHO, J. G.; PINHO, P. J.; Crescimento de cedro-australiano sob doses de boro e zinco em solução nutritiva. Enciclopédia Biosfera, Goiânia-GO, v. 6, n. 11, p. 1-13, 2010.

(8) CIRIELLO, V.; GUERRINI, I. A.; BACKES, C. Doses de nitrogênio no crescimento inicial e nutrição de plantas de guanandi. Cerne, Lavras-MG, v. 20 n. 4, p. 653-660, 2014.

(9) CONCEIÇÃO, P. C.; AMADO, T. J.; MIELNICZUK, J.; SPAGNOLLO, E. Qualidade do solo em sistemas de manejo avaliada pela dinâmica da matéria orgânica e atributos relacionados. Revista Brasileira Ciência do Solo. Viçosa-MG, v. 29 n. 5, p. 779-787, 2005.

(10) CORCIOLI, G.; BORGES, J. D.; JESUS, R. P.; Deficiência de macro e micronutrientes em mudas maduras de Khaya ivorensis estudadas em viveiro. Cerne, Lavras-MG, v. 22 n. 1 p. 121-128, 2016.

(11) DUBOC, E.; NELSON, V.; DAVIDE, A. C.; Fertilização de plântulas de Copaifera langsdorffii Desf. (Óleo Copaíba). Cerne, Lavras-MG, v. 2, n. 2, p. 31-47, 1996a.

(12) DUBOC, E.; VENTURIM, N.; VALE, F. R.; DAVIDE, A. C.; Nutrição do jatobá (Hymenaea courbaril L. var. Stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang). Cerne, Lavras-MG, v. 2, n. 1, p. 138-152, 1996b.

(13) FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia. Lavras-MG, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

(14) GUPTA, U. C.; JAMES, Y. W.; CAMPBELL, C. A.; LEYSHON, A. J.; NICHOLAICHUK, W. Boron toxicity and deficiency: A review. Canadian Journal Soil Science. Ottawa, v. 65, p. 381-409, 1985.

(15) HODECKER, B. E. R.; NAIRAM, B.; IVO, S.; VALDIR, D.; JORGE, S.; MARCELO, L. Boron delays dehydration and stimulates root growth in Eucalyptus urophylla (Blake, S.T.) under osmotic stress. Plant and Soil, Perth, v. 384, p. 185-199, 2014.

(16) LIMA, S. F.; CUNHA, R. L.; CARVALHO, J. G.; ALBERTO, C.; SOUZA, A.; CORREA, F. L. O. Comportamento do paricá (Schizolobium amazonicum herb.) submetido à aplicação de doses de boro. Cerne, Lavras-MG, v. 9, n. 2, p. 192-204, 2003.

(17) MALAVOLTA, E. Elementos de nutrição mineral. Piracicaba-SP: Ceres, 1980. 254 p.

(18) MATTIELLO, E. M.; RUIZ, H. A.; SILVA, I. V.; SARKIS, J. E. S.; NEVES, J. C. L.; PUCCI, M. M. Phloem mobility of boron in two eucalypt clones. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 33, n. 06, p. 1695-1704, 2009a.

(19) MATTIELLO, E. RUIZII, H. A.; SILVA, I. R.; SARKIS, J. E. S.; NEVES, J. C. L; PUCCI, M. M. Características fisiológicas e crescimento de clones de eucalipto em resposta ao boro. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 33, n. 5, p. 821-830, 2009b.

(20) OKSANEN, J.; F. BLANCHET, G.; FRIENDLY, M.; KINDT, R.; LEGENDRE, P.; MCGLINN, D.; PETER R. M.; O'HARA, R. B.; GAVIN, L. S.; PETER, S. M.; STEVENS, H. H.; SZOECS, E.; WAGNER, H. Vegan: community ecology package. R package version 2.4-0. Available at, Oulu, p. 140-142, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2017.

(21) OLIVEIRA, S. A.; BLANCO, S. A.; ENGLEMAN, M.; Influência do boro nos parâmetros morfológicos e fisiológicos de crescimento do feijoeiro. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília-DF, v. 17, n. 5, p. 683-688, 1982.

(22) O’NEILL, M. A.; ISHII, T.; ALBERSHEIM, P.; DARVILL, A. G. Rhamnogalacturonan II: structure and function of a borate cross-linked cell wall pectic polysaccharide. Annual Review of Plant Biology, Califórnia, v. 55, n. 4, p. 109-39, 2004.

(23) PEREZ, B. A. P.; VALERI, S. V.; CRUZ, M. C. P.; VASCONCELOS, R. T.; Potassium doses for African mahogany plants grow thunder two hydric conditions. African Journal of Agricultural Research, Joanesburgo, v. 11, n. 22, p. 1973-1979, 2016.

(24) PINHEIRO A. L.; COUTO, L.; PINHEIRO, D. T.; BRUNETTA, J. M. F. Ecologia, silvicultura e tecnologia de utilização dos mognos-africanos (Khaya spp.). 1. ed. Viçosa-MG: Sociedade Brasileira de Agrossilvicultura, 2011. 102 p.

(25) R DEVELOPMENT CORE TEAM. R version 3.2.0: A Language and Environment for Statistical Computing. Vienna, Austria: R Foundation for Statistical Computing. 2015. Disponível em: . Acesso: em 15 mar. 2017.

(26) REIS, B. E.; PAIVA, H. N ; BARROS, T. C. ; FERREIRA, A. L. ; CARDOSO, W. C. Crescimento e qualidade de mudas de jacarandá-da-bahia (Dalbergia nigra (Vell.) Allemão ex Benth.) em resposta à adubação com potássio e enxofre, Ciência Florestal, Santa Maria-RS, v. 22, n. 2, p. 389-396, 2012.

(27) RYAN, G. M.; STAPE, J. L.; BINKLEY, D.; FONSECA, S.; LOOS, A. R.; TAKAHASHI, E. N.; SILVA, C. R.; SILVA, S. R.; HAKAMADA, R. E.; FERREIRA, J. M.; LIMA, A. M. N.; GAVA, J. L.; LEITE, F. P.; ANDRADE, H. B.; ALVES, J. M.; SILVA, G. C. Factors controlling Eucalyptus productivity: how water availability and stand structure alter production and carbon allocation. Forest Ecology Management, Amsterdam, v. 259, n. 9, p. 1695-1703, 2010.

(28) SIEBENEICHLER, S. C.; MONNERAT, P. H.; CARVALHO, A. J. C.; SILVA, J. A.; MARTINS, A. O. Mobilidade do boro em plantas de abacaxi. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 27, n. 2, p. 292-294, 2005.

(29) SMIDERLE, O. J.; SOUZA, A. das G.; CHAGAS, E. A.; SOUZA, M. A.; FAGUNDES, P. R. O. Growth and nutritional status and quality of Khaya senegalensis seedlings. Revista Ciências Agrarias, Pernambuco-RE, v. 59, n. 1, p. 47-53, 2016.

(30) TIRLONI, C.; DANIEL, O.; VITORINO, A. C. T.; NOVELINO, J. O.; CARDUCCI, C. E.; HEID, D. M.; Crescimento de Corymbia citriodora sob aplicação de boro nas épocas secas e chuvosas no Mato Grosso do Sul, Brasil. Silva Lusitana, Lisboa, v. 19 n. 2, p. 197-206, 2011




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v4i5.2183

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 JOURNAL OF NEOTROPICAL AGRICULTURE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.