APLICAÇÃO DE ÁCIDO BÓRICO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS PRODUTIVAS DO REPOLHO EM DIFERENTES ÉPOCAS

Luciana Maria da Silva, Scarlet de Aguiar Basílio, Rogério Lamim Silva Junior, Mariana Vieira Nascimento, Cleiton Gredson Sabin Benett, Katiane Santiago Silva Benett

Resumo


A cultura do repolho é realizada principalmente em pequenas áreas e depende de grande mão de obra, sendo na maior parte conduzida pela agricultura familiar. O objetivo deste trabalho foi identificar a melhor época de aplicação e doses de boro para as características produtivas e qualidade de cabeças de repolho. O experimento foi realizado na fazenda experimental da Universidade Estadual de Goiás, Câmpus de Ipameri (UEG/Ipameri). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados no esquema fatorial 2 x 5, sendo duas épocas de aplicação (15 e 25 dias após o transplante (DAT)) e cinco doses de boro (0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10,0 kg ha-1), com quatro repetições. As parcelas foram constituídas por quatro linhas de 1,6 m dispostas no espaçamento de 0,8 x 0,4 m, considerando como área útil as quatro plantas centrais. Foram realizadas as seguintes avaliações: teores de boro foliar, altura e área das plantas, altura da cabeça, diâmetro da cabeça, relação da altura da cabeça e diâmetro da cabeça, número de folhas externas e internas, massa fresca e seca de folhas externas e internas, classificação do peso da cabeça, compacidade, teor de clorofila e produtividade. Nas condições em que este experimento foi conduzido a aplicação de boro aos 25 dias após o transplante proporcionou maior teor de boro foliar na cultura do repolho. A dose indicada para a máxima produção de cabeças de repolho é a de 6,8 kg ha-1 de boro.


Texto completo:

PDF

Referências


(1) ÁLVARES, M. C.; OLIVEIRA, S. A; MATTOS, J. K. A.; MESQUITA FILHO, M. V. Resposta de repolho à adubação com bórax. Horticultura brasileira, Brasília-DF, v. 3, n. 2, p. 18-21, 1985.

(2) BERGAMIN, L.G.; CRUZ, M.C.P.; FERREIRA, M.E.; BARBOSA, J.C. Produção de repolho em função da aplicação de boro associada à adubo orgânico. Horticultura Brasileira, Brasília-DF, v. 23, n. 2, p. 311-315, 2005.

(3) CAKMAK, I.; RÖMHELD, V. Boron deficiency-induced impairments of celular functions in plants. Plant and Soil, Dordrecht, v. 193, n. 1/2, p. 71-83, 1997.

(4) CARNEIRO, I. F.; ALMEIDA NETO, J. X.; NAVES, R. V.; CHAVES, L. J. Efeitos de diferentes níveis de boro, na presença e ausência de matéria orgânica, na cultura do repolho. Escola de agronomia e veterinária, Goiânia-GO, v. 25, n. 1, p. 1-11, 1995.

(5) DECHEN, A. R.; NACHTIGALL, G. R. Elementos requeridos à nutrição de plantas. In: NOVAIS, R. F.; ALVAREZ, V. V. H.; BARROS, N. F.; FONTES, R. L. F.; CANTARUTTI, R. B.; NEVES, J. C. L. (eds). Fertilidade do Solo. Viçosa-MG: SBCS/UFV, 2007. p. 92-132.

(6) EMBRAPA. EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. Rio de Janeiro-RJ: Embrapa, 2006. 306 p.

(7) FILGUEIRA, F. A. R. Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Novo manual de olericultura. 3. ed. Viçosa-MG: UFV, 2012. 421 p.

(8) KIMOTO, T. Nutrição e adubação de repolho, couve-flor e brócolo. In: FERREIRA, M. E.; CASTELLANE, P. D.; CRUZ, M. P. C. Nutrição e adubação de hortaliças. Piracicaba-SP: POTAFOS, 1993. 480 p.

(9) LENOBLE, M. E.; BLEVINS, D. G.; MILLES, R. J. Boro extra mantém crescimento radicular sob condições de alumino tóxico. Informações agronômicas, Piracicaba-SP, n. 92, p. 3-4, 2000.

(10) LUZ, F. J. F.; SABOYA, R. C. C.; PEREIRA, P. R. V. S. O cultivo do repolho em Roraima. Boa Vista-RO: Embrapa Roraima, 2002. 17 p. (Circular técnica, 7).

(11) MALAVOLTA, E. Elementos de Nutrição Mineral de Plantas. São Paulo-SP: Agronômica Ceres, 1980. 251 p.

(12) MALAVOLTA, E.; VITTI, C. G.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estudo nutricional das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba-SP: Potafós, 1997. 319 p.

(13) MUNIZ, J. O. L. Avaliação de cultivares e híbridos de repolho. Horticultura Brasileira, Brasília-DF, v. 6, n. 1, p. 14-15, 1988.

(14) PIZETTA, L. C.; FERREIRA, M. E.; CRUZ, M. C. P.; BARBOSA, J. C. Resposta de brócolis, couve-flor e repolho à adubação com boro em solo arenoso. Horticultura Brasileira, Brasília-DF, v. 23, n. 1, p. 51-56, 2005.

(15) RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ, V. H. Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. Viçosa-MG: UFV, 1999. 359 p.

(16) SANTOS, I.S.; BARBEADO, C.J.; PIPITAI, R.; FERREIRA, S.M.; NAKAGAWA, J. Estudo da relação Ca x B na cultura do pimentão. Horticultura brasileira, Brasília-DF, v. 8, n. 2, p. 19-23, 1990.

(17) SILVA, K. S.; SANTOS, E. C. M.; BENETT, C. G. S.; LARANJEIRA, L. T.; EBERHARDT NETO, E.; COSTA, E. Produtividade e desenvolvimento de cultivares de repolho em função de doses de boro. Horticultura Brasileira, Brasília-DF, v. 30, n.3, p. 520-525, 2012.

(18) TRANI, P. E.; PASSOS, F. A.; AZEVEDO, J. A.; TAVARES, M. Brócolos, couve-flor e repolho. In: RAIJ, B. VAN; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J. A.; FURLANI, A. M. C. (Ed.) Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. Campinas-SP: Instituto Agronômico/Fundação IAC, 1996, p. 175.

(19) VIDIGAL, S. M.; PEREIRA, P. R. G.; PEDROSA, M. W. Repolho. In: PAULA JÚNIOR, T. J. de; VENZON, M. (Coord). 101 Culturas: manual de tecnologias agrícolas. Belo Horizonte-MG: EPAMIG, 2007. p. 655-674.

(20) ZONTA, E. P.; MACHADO, A. A.; SILVEIRA JÚNIOR, P. Sistema de análise estatística para microcomputadores: Manual de utilização. 2. ed. Pelotas-RS: UFPEL, 1987.




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v1i2.228

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 JOURNAL OF NEOTROPICAL AGRICULTURE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.