ESTERCO BOVINO E FIBRA DE COCO NA FORMAÇÃO DE MUDAS DE BARUZEIRO

Letícia Carolina de Oliveira, Edilson Costa, Marcos Fidêncio de Oliveira Sobrinho, Flávio Ferreira da Silva Binotti, Wilson Itamar Maruyama, Ana Carolina Alves

Resumo


A utilização de subprodutos da agropecuária na formação de mudas frutíferas do Cerrado auxilia a gestão ambiental e pode reduzir custos de produção. Desta forma, o presente trabalho avaliou a formação de mudas de baruzeiro, Dipteryx alata, em diferentes substratos orgânicos, constituídos de: 80% esterco bovino + 20% fibra de coco; 60% esterco bovino + 40% fibra de coco; 40% esterco bovino + 60% fibra de coco e 20% esterco bovino + 80% fibra de coco. Foram avaliados dados de emergência, altura, diâmetro do colo, biomassas e relações envolvendo estas variáveis. O esterco utilizado foi apenas curtido e seco e não compostado. Foi adotado o delineamento experimental inteiramente casualizado com sete repetições de três plantas cada. Utilizando esterco não compostado, que apenas ficou sujeito a intempéries climáticas por um ano, recomenda-se no máximo de 60% de esterco bovino na mistura com fibra de coco para formação de mudas de baruzeiro. Mistura de 20%, 40 e 60% de esterco bovino com fibra de coco propiciaram maior porcentagem de sobrevivência e mudas com qualidade superior. Não se recomenda a utilização de 80% de esterco bovino não compostado à mistura com fibra de coco na formação de mudas de baruzeiro.


Texto completo:

PDF

Referências


(1) CANESIN, R. C. F. S.; CORREA, L S. Uso de esterco associado à adubação mineral na produção de mudas de mamoeiro (Carica papaya L.). Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 28, n. 3, p. 481-486, 2006.

(2) CARRIJO, O. A.; LIZ, R. S.; MAKISHIMA, N. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola. Horticultura Brasileira, Brasília-DF, v. 20, n. 4, p. 533-535, 2002.

(3) CORREIA, D.; CAVALCANTI JÚNIOR, A. T.; COSTA, A. M. G. Alternativas de substratos para a formação de portaenxertos de gravioleira (Annona muricata) em tubetes. Fortaleza-CE: Embrapa Agroindústria Tropical, 2001. (Comunicado Técnico, 67).

(4) COSTA, C. A.; RAMOS, S. J.; SAMPAIO, R. A.; GUILHERME, D. O.; FERNANDES, L. A. Fibra de coco e resíduo de algodão para substrato de mudas de tomateiro. Horticultura Brasileira, Brasilia-DF, v. 25, n. 3, p. 387-391, 2007.

(5) COSTA, E.; VIEIRA, L. C. R.; RODRIGUES, E. T.; MACHADO, D.; BRAGA, A. B. P.; GOMES, V. A. Ambientes, recipientes e substratos na formação de mudas de pepino híbrido. Agrarian, Dourados-MS, v. 2, n. 4, p. 95-116, 2009.

(6) COSTA, E. ; LEAL, P. A. M.; SANTOS, L. C. R.; VIEIRA, L. C. R. Ambientes de cultivo, recipientes e substratos na produção de biomassa foliar e radicular em mudas de maracujazeiro amarelo em Aquidauana MS. Ciência e Agrotecnologia, Lavras-MG, v. 34, n. 2, p. 461-467, 2010.

(7) COSTA, E.; LEAL, P. A. M.; REGO, N. H.; BENATTI, J. Desenvolvimento inicial de mudas de jatobazeiro do cerrado em Aquidauana-MS. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 33, n. 1, p. 215-226, 2011.

(8) COSTA, E.; OLIVEIRA, L. C.; ESPÍRITO SANTO, T. L.; LEAL, P. A. M. Production of baruzeiro seedling in different protected environments and substrates. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 32, n. 4, p. 633-641, 2012.

(9) FERREIRA, D. F. SISVAR - Sistema de análise de variância. Versão 5.3. Lavras-MG: UFLA, 2010.

(10) FLORIANO, E. P. Políticas de gestão ambiental. 3. ed. (revisada). Santa Maria-RS: UFSM-DCF, 2007. 111 p.

(11) FREITAS, T. A. S.; BARROSO, D. G.; SOUZA, L. S.; CARNEIRO, J. G. A.; PAULINO, G. M. Produção de mudas de eucalipto com substratos para sistema de blocos. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 34, n. 5, p. 761-770, 2010.

(12) INOUE, A. M.; SARZI, I. Produção de mudas de ipê-roxo-de-bola ((Mart.) Standley)) variando as soluções de fertirrigação. Instituto Federal Série Registros, São Paulo-SP, n. 31, p. 51-55, 2007.

(13) LOPES, J. L. W.; GUERRINI, I. A.; SAAD, J. C. C.; SILVA, M. R.Atributos químicos e físicos de dois substratos para produção de mudas de Eucalipto. Cerne, Lavras-MG, v. 14, n. 4, p. 358-367, 2008.

(14) LOPES, J. L. W.; GUERRINI, I. A.; SAAD, J. C. C. Efeitos de lâmina de irrigação na produção e mudas de Eucalyptus grandes W. (Hill ex. Maiden) em substrato de fibra de coco. Irriga, Botucatu-SP, v. 10, n. 2, p. 123-134, 2005.

(15) LABOURIAU, L. G. On the physiology of seed germination in Vicia graminea Sm. 1. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro-RJ, v. 42, n. 2, p. 235-262, 1970.

(16) LABOURIAU, L. G. A germinação de sementes. Washington-USA: Organização dos Estados Americanos (OEA), Programa Regional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, 1983. 174 p.

(17) MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation of seedling emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

(18) OLIVEIRA, L. C.; COSTA, E.; CORTELASSI, J. A. S. RODRIGUES, E. T. Formation of beetroot seedlings in different protected environments, substrates and containers in Aquidauana region, State of Mato Grosso do Sul, Brazil. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 32, n. 3, p. 415-422, 2012.

(19) OLIVEIRA, L. C.; COSTA, E.; OLIVEIRA, A. D.; JORGE, M. H. A. Emergência do baruzeiro sob ambientes protegidos e substratos. Revista de Agricultura Neotropical, Cassilândia-MS, v. 1, n. 1, p. 10-16, jul./set. 2014.

(20) PAIVA SOBRINHO, S; LUZ, P. B. DA; SILVEIRA, T. L.S.; RAMOS, D. T.; NEVES, L. G.; BARELLI, M. A. A. Substratos na produção de mudas de três espécies arbóreas do cerrado. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife-PE, v. 5, n. 2, p. 238-243, 2010.

(21) PIO, R.; GONTIJO, T. C. A.; CARRIJO, E. P.; RAMOS, J. D.; TOLEDO, M.; VISIOLI, E. L; TOMASETTO, F. Efeito de diferentes substratos no crescimento de mudas de Nespereira. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas-RS, v. 10, n. 3, p. 309-312, 2004.

(22) RAMOS, S. J.; GUILHERME, D. O.; CALDEIRA JUNIOR, C. F.; SAMPAIO, R. A.; COSTA, C. A.; FERNANDES, L. A. Tomato seedling production in substrate containing coconut fiber and mushroom culture waste. Agrária, Recife-PE, v. 3, n. 3, p. 237-241, 2008.

(23) ROSA, M. F.; BEZERRA, F. C.; CORREIA, D.; SANTOS, F. J. S.; ABREU, F. A. P.; FURTADO, A. A. L.; BRÍGIDO, A. K. L.; NORÕES, E. R. V. Utilização da casca de coco como substrato agrícola. Fortaleza-CE: Embrapa Agroindústria Tropical, 2002. 24 p. (Documentos, 52).

(24) SANTOS, L. C. R.; COSTA, E.; LEAL, P. A. M.; NARDELLI, E. M. V.; SOUZA, G. S. A. Ambientes protegidos e substratos com doses de composto orgânico comercial e solo na formação de mudas de jatobazeiro em Aquidauana–MS. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 31, n. 2, p. 249-259, 2011.

(25) SANO, S. M.; RIBEIRO, J. F ; DE BRITO, M. A. Baru: biologia e uso. Planaltina-DF: Embrapa Cerrados, 2004. 51 p. (Documentos 116)

(26) SARZI, I.; VILLAS BÔAS,R. L.; SILVA, M. R.Composição química e aspectos morfológicos de mudas de Tabebuia chrysotricha (Standl.) produzidas em diferentes substratos e soluções de fertirrigação.Scientia Forestalis, Piracicaba-SP, v. 36, n. 77, p. 53-62, 2008.

(27) SILVA, A. J. N.; CABEDA, M. S. V.; CARVALHO, F. G. Matéria orgânica e propriedades físicas de um Argissolo Amarelo Coeso sob sistemas de manejo com cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v.10, n.3, p.579-585, 2006.

(28) SILVA, E. A.; MARUYAMA,W. I, DE OLIVEIRA, A. C., BARDIVIESSO, D. M. Efeito de diferentes substratos na produção de mudas de mangabeira (Hancornia speciosa). Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 31, n. 3, p. 925-929, 2009.

(29) SILVA, E. A.; MARUYAMA, W. I.; MENDONÇA, V.; FRANCISCO, M. G. S.; BARDIVIESSO, D. M.; TOSTA,M. S. Composição de substratos e tamanho de recipientes na produção e qualidade das mudas de maracujazeiro ‘amarelo’. Ciência e Agrotecnologia, Lavras-MG, v. 34, n. 3, p. 588-595, 2010.

(30) SIMÕES, D.; SILVA,R. B. G.; SILVA,M. R.Composição do substrato sobre o desenvolvimento, qualidade e custo de produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden × Eucalyptus urophylla S. T. Blake.Ciência Florestal, Santa Maria-RS, v. 22, n. 1, p. 91-100, 2012.

SOUZA, J. L.; RESENDE, P. Manual de horticultura orgânica. Viçosa-MG: Aprenda Fácil, 2003. 564 p.

(31) SPERANDIO, H. V.; CALDEIRA, M. V. W.; GOMES, D. R.; SILVA,A. G.; GONÇALVES, E. O. Qualidade de mudas de Eucalyptus urophylla X Eucalyptus grandis produzidas em diferentes substratos. Engenharia Ambiental, Espírito Santo do Pinhal-ES, v. 8, n. 4, p. 214-221, 2011.

(32) VENTUROLI, F.; FAGG, C. W. FELFILI, J. M. Desenvolvimento inicial de Dipteryx alata Vogel e Myracrodruon urundeuva Allemão em plantio de enriquecimento de uma floresta estacional semidecídua secundária. Bioscience Journal, Uberlândia-MG, v. 27, n. 3, p. 482-493, 2011.

(33) VERA, R.; SOUZA, E. R. B. de. Baru. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 31, n. 1, p. 1-1, 2009.




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v1i2.240

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de Agricultura Neotropical

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.