AMBIENTES PROTEGIDOS E SUBSTRATOS PARA MUDAS DE BOCAIÚVA ORIUNDAS DO CAMPO

Alexandre de Araújo Ascoli, Amanda Casagrande Pereira, Edilson Costa, Marçal Henrique Amici Jorge, Wilson Itamar Maruyama

Resumo


A bocaiuva é espécie promissora para produção de alimentos e biodiesel; tecnologias de formação de mudas ajudam toda a cadeia produtiva desta espécie. O objetivo foi avaliar  o pegamento e o crescimento de mudas de bocaiuva oriundas do campo, em diferentes substratos e ambientes protegidos. Foram avaliados dois ambientes: telado agrícola com tela aluminizada na cobertura e laterais com tela preta; telado agrícola com tela preta em toda sua extensão. Foram testados os substratos Bioplant®; 0% de esterco bovino + 70% de solo + 30% de areia; 10% de esterco bovino + 60% de solo + 30% de areia; 20% de esterco bovino + 50% de solo + 30% de areia; 30% de esterco bovino + 40% de solo + 30% de areia. Foi adotado o delineamento inteiramente casualizado com 4 repetições de 10 plantas. Aos 90 e 150 dias após o transplante foi avaliada a porcentagem de sobrevivência. Aos 150 dias também foram avaliadas as fitomassas secas. Foram alcançados níveis de pegamento de 81,25% das mudas de bocaiuva oriundas do campo. Todos os substratos testados foram propícios ao pegamento e ao crescimento das mudas. O ambiente de tela aluminizada na cobertura e tela preta nas laterais formaram as melhores mudas.


Texto completo:

PDF

Referências


(1) AMMA, A. T.; CASCARDO, G. Producción hortícola sin solo, experiências iniciales. Rivista di Agricoltura Subtropicale e Tropicale, Florença-ITA, v. 88, n. 3, p. 559-567, 1994.

(2) BANZATTO, D. A.; KRONKA, S. N. Experimentação agrícola. 4. ed. Jaboticabal-SP: Funep, 2013. 237 p.

(3) COSTA, E.; LEAL, P. A. M.; SASSAQUI, A. R.; GOMES, V. A. Doses de composto orgânico comercial na composição de substratos para a produção de mudas de maracujazeiro em diferentes tipos de cultivo protegido. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 30, n. 5, p. 776-787, 2010.

(4) COSTA, E.; LEAL, P. A. M.; MESQUITA, V. A. G.; SASSAQUI, A. R. Efeitos do Organosuper® e do ambiente protegido na formação de mudas de mamoeiro. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 31, n. 1, p. 41-55, 2011.

(5) COSTA, E.; MARTINS, R. F.; FARIA, T. A. C.; JORGE, M. H. A.; LEAL, P. A. M. Seedlings of Acrocomia aculeata in diferent substrates and protected environments. Engenharia Agrícola, Jaboticabal-SP, v. 34, n. 3, p. 395-404, 2014.

(6) FELFILI, J. M.; HILGBERT, L. F.; FRANCO, A. C.; SILVA, J. C. S.; REZENDE, A. V.; NOGUEIRA, M. V. P. Comportamento de plântulas de Sclerolobium paniculatum Vog. var. rubinosum (Tul.) Benth. sob diferentes níveis de sombreamento, em viveiro. Revista Brasileira de Botânica, São Paulo-SP, v. 22, n. 2, p. 297-301, 1999.

(7) LUZ, P. B.; PAIVA, P. D. O.; TAVARES, A. R.; KANASHIRO, S.; AGUIAR, F. F. A. Efeito de diferentes substratos e adubação fosfatada no crescimento de mudas de Rhapis excelsa (Thunb.) A. Henry ex Rehder (Palmeira-ráfia). Revista Brasileira de Horticultura Ornamental, Jundiaí-SP, v. 17, n. 1, p. 37-42, 2011.

(8) MEIRELLES, A. J. A.; PAIVA, P. D. O.; OLIVEIRA, M. I.; TAVARES, T. S. Influência de diferentes sombreamentos e nutrição foliar no desenvolvimento de mudas de Palmeiras Ráfia Rhapis excelsa (Thunberg) Henry ex. Rehder. Ciência e Agrotecnologia, Lavras-MG, v. 31, n. 6, p. 1884-1887, 2007.

(9) MINAMI, K. Produção de mudas de alta qualidade em horticultura. São Paulo-SP: Ed. Fundação Salim Sahad Maluf, 1995. 128p.

(10) OLIVEIRA, A. B.; MEDEIROS FILHO, S.; BEZERRA, A. M. E.; BRUNO, R. L. A. Emergência de plântulas de Copernicia Hospita Martius em função do tamanho da semente, do substrato e ambiente. Revista Brasileira de Sementes, Londrina-PR, v. 31, n. 1, p. 281-287, 2009.

(11) PEREIRA, W. E.; SOUSA, G. G.; ALENCAR, M. L.; MENDOÇA, R. M. N; SILVA, G. L. Crescimento de mudas de mamoeiro em substrato contendo caulim. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró–RN, v. 3, n. 1, p. 27-35, 2008.

(12) SILVA, J. A.; SILVA, D. B.; JUNQUEIRA, N. T. V.; ANDRADE, L. R. N. Frutas nativas dos cerrados. Brasília-DF: EMBRAPA-CPAC: EMBRAPA-SPI, 1994. 166 p.




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v2i3.274

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 JOURNAL OF NEOTROPICAL AGRICULTURE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.