Inserção do pensamento computacional em alunos do ensino fundamental e médio

Visualizações: 235

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61389/bbq.v5i9.7231

Palavras-chave:

pensamento computacional, ensino de Computação, Scratch

Resumo

O pensamento computacional é um meio estratégico para identificar e solucionar problemas de diferentes áreas do conhecimento, utilizando como base algoritmos e computadores. Essa habilidade traz benefícios como a solução de problemas de forma ágil e a inserção no mundo digital, relevantes para a vida em sociedade e para o fácil aprendizado em futuras tecnologias. O objetivo do projeto foi contribuir para o processo de ensino/aprendizagem, por meio do desenvolvimento e da aplicação de material didático para o curso intitulado “Introdução ao Pensamento Computacional”. O curso, realizado mediante aulas on-line, foi idealizado com o intuito de desenvolver habilidades do pensamento computacional, além de introduzir os alunos no mundo digital, com a apresentação de conceitos básicos da computação. O público-alvo foram alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas da rede pública. Inicialmente, foram selecionados materiais, a partir de pesquisas realizadas em bibliotecas digitais, para leitura e estudo. Posteriormente, esses materiais foram usados como base na preparação e na realização dos materiais das aulas. Adicionalmente, foram usadas ferramentas modernas e interativas de fácil compreensão para os alunos, desenvolvidas especialmente para o ensino de programação de crianças e adolescentes, como o Scratch. As atividades propostas foram realizadas e atingiram seu maior objetivo, que era contribuir para o processo de desenvolvimento do pensamento computacional, além de aproximar crianças e adolescentes da tecnologia e do seu uso. Os resultados indicam o aumento do interesse por tecnologia em todos os alunos participantes do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Marques Prates, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Professor Adjunto da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Possui graduação em Física e Ciência da Computação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutorado em Ciência da Computação e Matemática Computacional pelo Instituto de Matemática e Ciências da Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP). Seus interesses de pesquisa estão relacionados aos tópicos de Engenharia de Software Aplicada, Computação Aplicada à Educação e Visualização da Informação.

Silvana Morita Melo, Universidade Federal da Grande Dourados

S.M. Melo is an Assistant Professor at the Faculty of Exact Sciences and Technology (FACET) Federal University of Grande Dourados (UFGD). She holds a Ph.D. degree in Computer Science and Computational Mathematics from the Institute of Mathematics and Computer Science (ICMC) University of São Paulo (USP), received in 2018. Her research interests focus on computing education, software testing, and experimental software engineering. Contact her at silvanamelo@ufgd.edu.br.

Gleyce Karen Missias Santos, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Possui em andamento uma graduação em bacharelado previsto para concluir no ano 2023 em Sistemas de Informação, pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Durante os anos como acadêmica realizou um Projeto de Extensão na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, ministrando o curso "Introdução ao Pensamento Computacional", que teve como publico alvo crianças e adolescentes da rede pública de ensino, realizou também uma pesquisa de Iniciação Científica CNPQ denominada “18 anos das cotas raciais e políticas de ações afirmativas na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul”, além de ser monitora na disciplina de Probabilidade e Estatística por 2 anos consecutivos. Atualmente é membro da Banca Fenotípica da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, realiza uma Iniciação Cientifica denominada "A TI Verde na UEMS: Como tornar uma instituição Sustentável", além de um Projeto de Ensino no curso de Sistemas de Informação, com o objetivo de nivelar o conhecimento de alunos que acabaram de ingressar no curso.

Referências

BORDINI, A.; AVILA, C. M. O.; WEISSHAHN, Y.; CUNHA, M. M.; COSTA CAVALHEIRO, S. A.; FOSS, L.; AGUIAR, M.; REISER, R. H. S. Computação na educação básica no brasil: o estado da arte. Revista de Informática Teórica e Aplicada, Porto Alegre, v. 23, n. 2, p. 210-238, dez. 2016. DOI: https://doi.org/10.22456/2175-2745.64431

BRACKMANN, C.; BARONE, D.; CASALI, A.; BOUCINHA, R.; HERNANDEZ, S. M. Computational thinking: panorama of the Americas. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON COMPUTERS IN EDUCATION (SIIE), 2016, pages 1–6. DOI: https://doi.org/10.1109/SIIE.2016.7751839

BRACKMANN, C.; BOUCINHA, R.; ROMAÁN-GONZAÁLEZ, M.; BARONE, D.; CASALI, A. Pensamento computacional desplugado: ensino e avaliação na educação primária espanhola. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 2017. Anais [...]. [S. l.: s. n.], 2017. p. 982. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wcbie.2017.982

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018.

BUITRAGO-FLORÉZ, F.; DANIES, G.; RESTREPO, S.; HERNÁNDEZ, C. Fostering 21st century competences through computational thinking and active learning: a mixed method study. International Journal of Instruction, [s. l.], p. 737-754, 2021. DOI: https://doi.org/10.29333/iji.2021.14343a

COSTAN, E.; GONZALES, G.; GONZALES, R.; ENRIQUEZ, L.; COSTAN, F.; SULADAY, D.; ATIBING, N. M.; ARO, J. L.; EVANGELISTA, S. S.; MATURAN, F.; SELERIO, E.; OCAMPO, L. Education 4.0 in developing economies: a systematic literature review of implementation barriers and future research agenda. Sustainability, [s. l.], v. 13, n. 22, p. 3558-3564, 2021. DOI: https://doi.org/10.3390/su132212763

DURAK, H. Y. The effects of using different tools in programming teaching of secondary school students on engagement, computational thinking and reflective thinking skills for problem solving. Technology, Knowledge and Learning, [s. l.], v. 25, p. 179-195, 2018. DOI: https://doi.org/10.1007/s10758-018-9391-y

KOSCIANSKI, A.; GLIZT, F. R. de O. O Pensamento Computacional nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Revista Novas Tecnologias na Educação, [s. l.], v. 15, n. 2, 2017. DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.79226

LYE, S. Y.; KOH, J. H. L. Review on teaching and learning of computational thinking through programming: what is next for K-12? Computers in Human Behavior, [s. l.], v. 14, p. 51-61, 2014. DOI: https://doi.org/10.1016/j.chb.2014.09.012

PIRES, A. F. S. S.; PRATES, J. M. Uma contribuição ao ensino de programação na Educação Básica. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 25., 2019, Brasília. Anais [...]. Brasília: [s. n.], 2019. p. 1274. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2019.1274

RAABE, A. A.; ZORZO, A.; FRANGO, I.; RIBEIRO, L.; GRANVILLE, L. Z.; SALGADO, L.; CRUZ, M.; BIGOLIN, N.; CAVALHEIRO, S.; FORTES, S. Referenciais de formação em computação: educação básica. In: WORKSHOP SOBRE EDUCAÇÃO EM COMPUTAÇÃO, SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO (SBC), 2017. p. 1-9.

SCHERER, R.; SIDDIQ, F.; VIVEROS, B. V. A meta-analysis of teaching and learning computer programming: Effective instructional approaches and conditions. Computers in Human Behavior, [s. l.], v. 109, p. 106349, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.chb.2020.106349

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. Tradução: Daniel Moreira Miranda. São Paulo: EDIPRO, 2018.

SMITH, R.; Scott RIXNER, S. Design and evaluation of a collaborative online computational thinking course. In: ACM CONFERENCE ON INNOVATION AND TECHNOLOGY IN COMPUTER SCIENCE EDUCATION (ITICSE ‘20), 2020, New York. Proceedings […]. New York, USA: Association for Computing Machinery, 2020. p. 342-348. DOI: https://doi.org/10.1145/3341525.3387388

VALENTE, J. A. Integração do pensamento computacional no currículo da educação básica: diferentes estratégias usadas e questões de formação de professores e avaliação do aluno. Revista E-curriculum, [s. l.], v. 14, n. 3, p. 864-897, 2016.

WING, J. M. Computational thinking. Communications of the Acm, [s. l.], v. 49, n. 3, p. 33-35, 2006. DOI: https://doi.org/10.1145/1118178.1118215

WING, J. M. Computational thinking and thinking about computing. Philosophical Transactions of the Royal Society of London A: Mathematical, Physical and Engineering Sciences, v. 366, n. 1881, p. 3717-3725, 2008. DOI: https://doi.org/10.1098/rsta.2008.0118

WORLD ECONOMIC FORUM. The 10 skills you need to thrive in the Fourth Industrial Revolution. Davos: Weforum, 2016. Disponível em: https://www.weforum.org/agenda/2016/01/the-10-skills-you-need-to-thrive-in-the-fourth-industrial-revolution/. Acesso em: 15 fev. 2023.

Downloads

Publicado

2023-05-29

Como Citar

Marques Prates, J., Henrique Dias Valle, P., Morita Melo, S., & Karen Missias Santos, G. (2023). Inserção do pensamento computacional em alunos do ensino fundamental e médio. BARBAQUÁ, 5(9), 70–84. https://doi.org/10.61389/bbq.v5i9.7231

Edição

Seção

Relato de experiência