Tradução e adaptação de uma cena da Ama em Romeu e Julieta

Tiago Marques Luiz

Resumo


Esse trabalho propõe uma tradução e uma adaptação da terceira cena do primeiro ato da peça Romeu e Julieta, visando dois propósitos de uma tradução/adaptação de uma peça do dramaturgo William Shakespeare: ser destinada tanto à leitura como também à encenação, não comprometendo o caráter oral que é intrínseco ao texto dramático, podendo ser verbalizado durante o ato da leitura, como também servir de roteiro para uma futura encenação, em que a palavra será interpretada, por meio da junção com os elementos semióticos da arte cênica. A cena é marcada pelo uso de trocadilhos pela Ama, uma personagem cômica que desempenha um papel importante na peça. Nessa cena em especial, a criada ressalta os aspectos físicos e sexuais do conde Páris, que deseja se casar com a jovem. O instrumental teórico provém dos Estudos da Tradução e dos Estudos da Adaptação, com ênfase na linguagem humorística que permeia o texto shakespeariano.

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, L. M; RODRIGUES, C. C. Tradução e Adaptação: fronteiras em jogo. Estudos Lingüísticos, São Paulo, 2000, p. 1-6.

BRUCE, B. “Nurse in Romeo and Juliet”. In: ANDREWS, J. F. Romeo and Juliet: Critical Essays. Shakespearean Criticism. London and New York: Routledge, 2015, p. 185-196

COSTA, C. B. Versões de Alice no País das Maravilhas: da tradução à adaptação de Carroll no Brasil. 2008. 129f. Dissertação (Mestrado em Literatura e Crítica Literária). Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.

ELLIS, J. The Literary Adaptation. Screen, Oxford, vol. 23, issue 1, 1 May 1982, Pages 3–5.

FRIO, F. As fronteiras entre tradução e adaptação: da equivalência dinâmica de Nida à tradaptação de Garneau. TradTerm, São Paulo, v. 22, Dezembro/2013, p. 15-30.

GENETTE, G. Paratextos editoriais. Coleção Artes do livro 7. Tradução de Álvaro Faleiros. Cotia: Ateliê Editorial, 2009.

LAMBERT, J; VAN-GORP, H. Sobre a descrição de traduções. Tradução de Lincoln Paulo Fernandes e Marie-Hèlene Catherine Torres. In: GUERINI, A; TORRES, M. C; COSTA, W. C. (orgs.). Literatura e Tradução: Textos selecionados de José Lambert. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2011, p. 197-212.

LUIZ, T. M. Semelhanças e dissidências na tradução e adaptação literária enquanto metacriações. Web Revista Linguagem, Educação e Memória, Campo Grande, vol. 16, núm.16, jan.-jun. 2019, p. 36-47.

SHAKESPEARE, W. Romeo and Juliet. In: JOWETT, John; MONTGOMERY, William; WELLS, Stanley; TAYLOR, Gary (eds). The Oxford Shakespeare: The Complete Works. 2nd Edition. Oxford: Oxford University Press, 2005, p. 369-400.

VENUTI, L. Translation, Intertextuality, Interpretation. Romance Studies, vol. 27, n. 3, p. 157–173, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Acessos desde 02/07/2020:

contador free