Diálogos sobre dramaturgia: uma leitura de O filho eterno, de Cristovão Tezza

Autores

Resumo

O objetivo deste trabalho é realizar uma leitura do romance O filho eterno, de Cristovão Tezza, com intuito de evidenciar a presença da teatralidade, enquanto especificidade do gênero dramático, como elemento híbrido que ocupa a margem do todo narrativo da prosa do escritor. Autor de romances contemporâneos, Tezza possivelmente se inscreve na possibilidade criadora que advém do momento histórico, o qual em seu âmago produtivo privilegia uma relação dialógica e/ou hibridação entre os gêneros literários. Assim, ancorada na leitura das especificidades do texto dramático propostos por Ryngaert (1995); Pascolati (1995); Pavis (1999) e Stanislavsky (2014), a análise se motiva na possibilidade de trazer ao centro narrativo a teatralidade que ocupa as margens das páginas da poética de Tezza.

Referências

CLACLINI, Néstor García. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. Tradução de Heloísa Pezza Cintrão e Ana Regina Lessa. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2015. (Ensaios Latino-Americanos, I).

CLACLINI, Néstor García. Leitores, espectadores e internautas. Tradução de Ana Goldberger. São Paulo: Iluminuras, 2008.

PASCOLATI, Sonia Aparecida Vido. Operadores de leitura do texto dramático. In: BONICI, Thomas; ZOLIN, Lúcia Osana (Orgs.). Teoria literária: abordagens históricas e tendências contemporâneas. 3. ed. Maringá: Eduem, 2009. p. 93–114.

PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. Tradução de J. Guinsburg e Maria Lúcia Pereira. São Paulo: Perspectiva, 1999.

RYNGAERT, Jean-Pierre. Enunciadores e enunciação. In: _______. Introdução à análise do teatro. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Martins Fontes, 1995, p. 103–123.

SCHOLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. (Coleção Contemporânea: Filosofia, literatura e artes).

SILVA, José Maria. Cristovão Tezza: um escritor não pode ter medo de nenhum tema. Expresso. Sup. Actual (Portugal). 25. nov. 2008. Disponível em: http://bibliotecariodebabel.com/tag/cristovao-tezza/ Acesso em: 27 set. 2018.

STANISLAVSKI, Constantin. Fé e sentimento de verdade. In: _______. A preparação do ator. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014. p. 167–200.

TEZZA, Cristovão. O filho eterno. 16. ed. Rio de Janeiro: Record, 2013.

Downloads

Publicado

07/03/2021

Como Citar

Donadoni, M. M., & Santos, L. F. M. dos. (2021). Diálogos sobre dramaturgia: uma leitura de O filho eterno, de Cristovão Tezza. REVISTA ESTUDOS EM LETRAS, 2(1), 176–188. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/estudosletras/article/view/5768

Edição

Seção

Artigos