Clube Digital do Romance: Uma Proposição Para A Expressão Do Sujeito Leitor

Autores

  • Samara Gabriela Leal França Universidade de São Paulo - USP/SP

Resumo

RESUMO: Diante do contexto da pandemia do Coronavírus (Covid-19) vivenciado no início de 2020, o objetivo deste artigo é refletir sobre uma proposta de ensino que pode possibilitar a ampliação de perspectivas compreensivas sobre a importância da leitura para a expressão do sujeito leitor. Será analisado um projeto de ensino desenvolvido de maneira remota, como resposta ao distanciamento social imposto no período pandêmico. Para tanto, os referencias teóricos serão embasados na articulação escolar da leitura literária, bem como sua concepção de espaço de existência, da expressão da subjetividade, da elaboração da identidade, do conhecimento de si, do outro e do mundo como postulam Rouxel (2012), Petit (2013), Colomer (2007), Lajolo (1993), dentre outros. Os resultados mostram que mais do que um objeto de ensino, a leitura literária possibilita subsistir à realidade que, muitas vezes, nos impõem grandes desafios, como aqueles trazidos pela pandemia.

Biografia do Autor

Samara Gabriela Leal França, Universidade de São Paulo - USP/SP

Samara Gabriela Leal França, formada em Letras pelo Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal (2011), Mestre em Letras pelo Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETAS), Câmpus USP (2020). Doutoranda em Letras pelo PPG em Filosofia e Língua Portuguesa, Câmpus USP (2021)

Referências

BARTHES, R. Aula. São Paulo: Cultrix, 1980. p. 18.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Versão revista. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCCpublicacao.pdf. Acesso em: 02 jul. 2019.

CARNEIRO, F. O leitor fingido: Ensaios. 1.ed. São Paulo: Rocco, 2010. pp. 177-178.

COLOMER, T. Andar entre livros: a leitura literária na escola. São Paulo: Global, 2007.

LAJOLO, M. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 1993.

PETIT, M. “Leitura de obras literárias e construção de si mesmo” in Leituras: do espaço íntimo ao espaço público. Rio de Janeiro: Editora 34, 2013.

ROUXEL, A. Práticas de leitura: quais rumos para favorecer a expressão do sujeito leitor? Trad. REZENDE, Neide Luzia de; OLIVEIRA Gabriela Rodella de. Cadernos de Pesquisa, v.42, n145, p.272-283, jan/abr. 2012.

SCHITTINE, D. Lendo e escrevendo no escuro: leitores e autores cegos e as suas estratégias para manter a relação com o texto. Tese de Doutoramento. Rio de Janeiro: PUC, 2011.

Downloads

Publicado

07/03/2021

Como Citar

Leal França, S. G. (2021). Clube Digital do Romance: Uma Proposição Para A Expressão Do Sujeito Leitor. REVISTA ESTUDOS EM LETRAS, 2(1), 21–38. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/estudosletras/article/view/5814

Edição

Seção

Artigos