CRESCIMENTO ECONÔMICO, PRODUTIVIDADE DA FORÇA DE TRABALHO E ACUMULAÇÃO DE CAPITAL HUMANO NOS MUNICÍPIOS SUL-MATO-GROSSENSES ENTRE 1991-2013

Ronaldo Cerenza, Victor Azambuja Gama

Resumo


O objetivo do presente trabalho consistiu em analisar empiricamente a relação entre o
acúmulo de capital humano, a produtividade da força de trabalho e o crescimento econômico
nos municípios do estado de Mato Grosso do Sul entre 1991-2013, com ênfase em medidas
educacionais representadas por diferentes proxies de capital humano. A análise empírica
utilizou como referencial metodológico um modelo de crescimento inspirado no modelo de
Solow estendido sugerido por Mankiw, Romer e Weil (1992). De acordo com as estimativas
obtidas por mínimos quadrados ordinários (MQO) do modelo de efeitos fixos (EF), indicado
pelo teste de Hausman como o modelo mais adequado para a amostrada analisada,
encontraram-se evidências de que a estratégia para o aumento da produtividade dos
trabalhadores sul-mato-grossenses passa, impreterivelmente, por políticas e iniciativas de
redução do analfabetismo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.