A DESLOCAÇÃO DE EMPRESAS BRASILEIRAS PARA O PARAGUAI

Vivian Letícia Aguero Godoy, Beatriz Dutra dos Santos, Tiago Machado Faria de Souza, Carlos Buesa Busón

Resumo


O presente artigo buscou estudar a real situação da deslocação de empresas brasileiras para o Paraguai, a fim de analisar o crescente aumento desta estratégia de deslocação e seus impactos futuros a sociedade brasileira, assim como os riscos para a economia. O processo de deslocação empresarial para o Paraguai passou a funcionar no ano de 2001, porém os dados disponíveis partem do ano de 2007 a 2018, onde estima-se que no decorrer desses onze anos, o Paraguai acumulou aproximadamente 152 empresas maquiladoras, que gerou aproximadamente 14.588 empregos diretos, sem contar os empregos indiretos promovidos pelas sub maquilas. Os dados apresentados estão disponibilizados pelo Banco Central del Paraguay, Ministerio de Industria e Comercio del Paraguay e Cámara Empresarial de Maquiladoras de Paraguay, para a criação de figuras e gráficos para posteriormente interpretá-los de acordo com as teorias apresentadas. De acordo com os gráficos e figuras apresentadas, no ano de 2017 e início (até maio) de 2018, houve 34 projetos maquiladores aprovados, sendo 24 de matriz brasileira, assim como um total de 3.382 oportunidades de emprego, sendo 1.964 ofertadas por maquilas de matriz brasileiro. Partindo desta perspectiva, as empresas brasileiras estão deslocando-se para o país vizinho com maior frequência, o que gera desempregos para o Brasil, assim como impactos futuros a economia, como o caso de Detroit, que teve falência decretada por apresentar atividades de deslocação de capital semelhantes ao Brasil neste período, provocando desempregos em massa e êxodo, transformando-se em uma cidade fantasma.


Texto completo:

PDF

Referências


CÁMARA DE EMPRESAS MAQUILADORAS DEL PARAGUAY. CEMAP. Qué es maquila?. Paraguay, 2018. Disponível em: . Acessado em: 10 Jun. 2018.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. 6° Ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DOUGLAS, L; HANSEN, T. Los orígenes de la industria Maquiladora en México. Comercio Exterior, v. 53, n° 11, 2003. Disponível em: Acesso em: 17 jun. 2015.

FABIO, Yolanda Vázquez. La maquila en Paraguay. IN: Población y desarrollo, n° 26, año XIV. San Lorenzo – Paraguay, Jun 2004. Disponível em: . Acessado em: 8 jun. 2018.

_____________________. La maquila em Paraguay II. IN: Población y desarrollo, n° 27, año XIV. San Lorenzo – Paraguay, jun. 2004. Disponível em: . Acessado em: 8 jun. 2018.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4° Ed. São Paulo: Atlas. 2007.

GRESSLER. Lori Alice. Introdução à pesquisa: projetos e relatórios. Ed. Loyola. São Paulo, Brasil: 2003.

LATORRE, Maria C. Deslocalización: outro rostro de la internacionalización empresarial. [181-200]. IN: DELGADO, José Luis Garcia. Empresas y empresários en la economia global. Mediterráneo Econômico 21, Cajamar, 2012. Disponível em: . Acessado em: 12 Mai 2018.

LÓPEZ, Justo Fernández. ¿De donde viene la palabra ‘maquila’ y ‘maquiladora’?. Hispanoteca. Disponível em: . Acessado em: 10 jun. 2018.

MACIEL, Ricardo Elias Antunes. A maquila no Paraguai: modelo produtivo e integração no início do século XXI. 2017. 109 f. Dissertação (Mestrado em Integração Contemporânea da América Latina) – Universidade Federal da Integração Latino – Americana, Foz do Iguaçu, 2017. Disponível em: . Acessado em: 20 Mai. 2018.

MINISTÉRIO DE LA INDUSTRIA Y COMERCIO DEL PARAGUAY. MIC. Qué es maquila. Como funciona?. Disponível em: . Acessado em: 20 Jun 2018.

PLA, David Toral. Las decisiones básicas de la estratégia de deslocalización: qué, dónde y como deslocalizar. Gestión Joven. Revista de la Agrupación Joven Iberoamericano de Contabilidad y Administración de Empresas. N° 2 – Octubre 2008. Disponível em: < http://www.elcriterio.com/revista/ajoica/contenidos_2/toral_pla.pdf>. Acessado em: 14 Jun 2018.

ROLAND BERGER (Stuttgart). Paraguay's market potential for the regional automotive supplier industry: Study for Mercosur AHK. 2015. Disponível em: < file:///C:/Users/Vivian/Downloads/roland_berger_paraguays_automotive_supplier_industry_20151008.pdf>. Acesso em: 14 jun. 2018.

SÁNCHEZ, Rafael Myro; RUIZ, Carlos Manuel Fernández-Otheo. La deslocalización de empresas en España. La atracción de la Europa Central y oriental. ICE: Revista de eonomía. IED em la Europa ampliada. Octubre-Noviembre, 2004, n° 818, págs. 185-204. Disponível em: . Acessado em: 12 Mai 2018.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho científico. 23° Ed. Ver. e atual. – São Paulo: Cortez, 2007

STIGLITZ, Joseph E. A Globalização e seus malefícios. São Paulo: Futura, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.