CONTRASTES ENTRE INTERESSES INDIVIDUAIS E COLETIVOS, UMA DISCUSSÃO SOB A ÓTICA DA EPIDEMIOLOGIA MATEMÁTICA

Visualizações: 345

Autores

Resumo

A pandemia de coronavírus tem criado um ambiente completamente anômalo, evidenciando diversos aspectos da nossa sociedade e gerando debates em diversas dimensões. No presente trabalho, é proposta uma argumentação baseada em conceitos fundamentais para o desenvolvimento de modelos epidemiológicos, onde se procura mostrar o papel de comportamentos coletivos e individualistas em face aos eventos de escala global. Ademais, com base nos mesmos argumentos, observa-se que a ação individualista de alguns agentes pode ser suficiente para comprometer objetivos coletivos. Por fim, como um caso de estudos, a análise da progressão da pandemia na Itália, sugere que comportamentos mais coletivos podem surgir organicamente como respostas à crise sanitária em um tempo relativamente curto. Desta forma, com este trabalho, espera-se dar uma perspectiva diferente e, talvez, motivar esta discussão.

Downloads

Publicado

2021-02-23

Como Citar

Ferraz de Arruda, G. (2021). CONTRASTES ENTRE INTERESSES INDIVIDUAIS E COLETIVOS, UMA DISCUSSÃO SOB A ÓTICA DA EPIDEMIOLOGIA MATEMÁTICA. IPÊ ROXO, 2(1). Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/iperoxo/article/view/5473