CONTRIBUIÇÕES DA LITERATURA INGLESA NO ÂMBITO DA DIVERSIDADE TEMÁTICA E ESTÉTICA PRESENTE NA MODERNIDADE

Visualizações: 7735

Autores

  • ALESSANDRA LELES ROCHA Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Palavras-chave:

Literatura Inglesa, Modernidade, Diversidade Temática, Estética

Resumo

De acordo com Hall (2000), as sociedades modernas são por definição sociedades de constante, rápida e permanente mudança; de modo a constituir um sujeito capaz de refletir o crescimento da complexidade do mundo moderno e a consciência de não ser autônomo e autossuficiente, ou seja, dependente de outras referências, uma concepção, portanto, interativa da sociedade. E como cerne fundamental desse processo que se desenvolve com velocidade a partir da Revolução Industrial, na segunda metade do século XVIII, a literatura inglesa se faz importante veículo de reflexão e análise. Afinal, como considera Anthony Burgess (1996), “a literatura inglesa, em suma, tem uma liberdade, uma vontade de experimentar, uma rejeição às regras, sem paralelo em nenhuma outra literatura” (p.20). Portanto, esse ensaio propõe uma breve reflexão sobre a contribuição da Literatura Inglesa no âmbito da diversidade temática presente na Modernidade – a separação tempo/espaço; a velocidade de transformação; o papel das instituições sociais; o surgimento de novas instituições e classes sociais; a urbanização; a racionalidade – por meio de contos e poemas escritos por James Joyce, T. S. Elliot, George Orwell e D.H. Lawrence.

Biografia do Autor

ALESSANDRA LELES ROCHA, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestre em Geografia (Área de Concentração: Análise, Planejamento e Gestão Socioambiental), pela Universidade Federal de Uberlândia.

Bacharel em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Uberlândia.

Graduanda em Letras, Habilitação em Inglês e Literaturas de Língua Inglesa, pela Universidade Federal de Uberlândia.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3159400393008830

Referências

BADY, R. Introduction à L'Étude de la Littérature Française, Éditions de la Librairie de l'Université, Friburgo, 1943, p.31.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

______. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

BIOGRAPHY. George Orwell Biography. Available in: https://www.biography.com/people/george-orwell-9429833.

______. D. H. Lawrence Biography. Available in: https://www.biography.com/people/dh-lawrence-17175776.

BONNICI, T. Introdução ao estudo das literaturas pós-coloniais. Mimesis, Bauru, v.19, n. 1, p.7-23, 1998.

BURGESS, A. A Literatura Inglesa. São Paulo: Ática, 1996. 157p.

CANDIDO, A. Literatura e Sociedade. 9.ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2006.

CORACINI, M. J. R. F. Concepções de Leitura na (Pós-) Modernidade. In: LIMA, R. C. de C. P. (Org.). Leitura: múltiplos olhares. Campinas: Mercado de Letras; São João da Boa Vista: Unifeob, 2005. p.15-44.

COUTINHO, K. D. Resenha - O mal-estar da pós-modernidade, de Zygmunt Bauman. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n.18, Set../Dez. 2001.

ELIOT, T. S. Preludes. Available in: https://www.poetryfoundation.org/poems/44214/preludes-56d22338dc954. Access in: May 16th, 2018.

GIDDENS, A. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 4a ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

JOYCE, J. An Encounter. In: ______. Dubliners. New York: Dover Publications, Inc., 1991. p.14-24.

JÚDICE, N. A Modernidade em Questão. Cadernos de Literatura Comparada, Lisboa, n.28, p.7-16, jun. 2013.

LAWRENCE. D. H. [1928] Things. Adelaide: University of Adelaide, 2015. (Published by eBooks@Adelaide). Available in: https://ebooks.adelaide.edu.au/l/lawrence/dh/things/.

MEZAN, R. Psicanálise, Judaísmo: Ressonâncias. Campinas: Escuta, 1986. p.21-23. ORWELL, G. Shooting an Elephant. 1936. Available in: https://hilo.hawaii.edu/~tbelt/Pols360-S08-Reading-ShootingAnElephant.pdf.

REVUZ, C. A Língua Estrangeira entre o desejo de um outro lugar e o risco do exílio. In: SIGNORINI, I. (Org.). Língua (gem) e Identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas: Mercado das Letras / FAEP Unicamp / FAPESP, 2002.

SANTOS, E. P. dos. Pós-Colonialismo e Pós-Colonialidade. In: FIGUEIREDO, E. (Org.). Conceitos de Literatura e Cultura. 2 ed. Niterói: EdUFF; Juiz de Fora: EdUFJF, 2010. p.341-365.

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, T. T. da (Org.). Identidade e diferença – A perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. p.7-72.

Downloads

Publicado

24-12-2019

Como Citar

ROCHA, A. L. (2019). CONTRIBUIÇÕES DA LITERATURA INGLESA NO ÂMBITO DA DIVERSIDADE TEMÁTICA E ESTÉTICA PRESENTE NA MODERNIDADE. VALITTERA - REVISTA LITERÁRIA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS, 1(1), 52–65. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/valit/article/view/3586

Edição

Seção

Artigo