Dominação masculina no conto "Uma visita", de Graciliano Ramos

Autores

  • Octávio Henrique Chames dos Santos Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Resumo

Esse trabalho objetiva empreender a análise de “Uma visita”, um dos contos do escritor alagoano Graciliano Ramos (1892-1953) reunidos em Insônia [1947]/(2021), a partir do conceito de dominação masculina do sociólogo francês Pierre Bourdieu (1930-2002). A análise estará concentrada em especial na personagem “cantora de rádio”, que se entende ser vítima, parafraseando Bourdieu (2020) em A dominação masculina, de uma série de violências suaves, insensíveis e invisíveis que, imperceptivelmente, mantém-na presa na submissão aos homens mesmo depois de se livrar de um casamento no qual era infeliz por ser constantemente vigiada. Primeiro, o recurso a um conceito extraliterário será justificado com base nas reflexões de Ramos, Stumpf e Alves (2019) sobre literatura e de Bosi (2017) sobre a obra de Graciliano Ramos. Em seguida, será promovido o diálogo crítico com as considerações de Carvalho (2005) e de Carmelin (2018) tanto sobre a coletânea Insônia como sobre a narrativa analisada de modo a embasar a interpretação proposta. Por fim, a discussão será resumida nas considerações finais.

Biografia do Autor

Octávio Henrique Chames dos Santos, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

 Mestrando em Letras na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Brasil. Bolsista CNPq. E-mail: octaviohenrique994@gmail.com 

Referências

BOSI, Alfredo. Graciliano Ramos. In: BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix. 2017. p. 428-432.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina: a condição feminina e a violência simbólica. 17. ed. Tradução de: Maria Helena Kühner. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2020.

CALVINO, Ítalo. Por que ler os clássicos. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

CANDIDO, Antonio. Ficção e confissão: ensaios sobre Graciliano Ramos. São Paulo: Editora 34, 1992.

CARMELIN, Bruna Letícia Pinheiro. Ficção, memória e gênero literário nos contos de Insônia, de Graciliano Ramos. 120 f. Dissertação (Mestrado em Letras). São José do Rio Preto: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2018. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/handle/11449/152930>. Acesso em: 17 mai. 2021.

CARVALHO, Antonio Morais de. Graciliano: Ramos Excluídos. 228 f. Tese (Doutorado em Letras). João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2005. Disponível em: <https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6185>. Acesso em: 16 mai. 2021.

CARPEAUX, Otto Maria. Visão de Graciliano Ramos. In: CARPEAUX, Otto Maria. Origens e Fins. 42. ed. Rio de Janeiro: Danúbio. 2018. p. 329-340.

GIACOMET, Michele. Insônia: contos (inter)ditos. Revista Educação e Cultura em Debate, v. 1, n. 1, jul.-dez. 2015. Disponível em: <http://revistas.unifan.edu.br/index.php/RevistaISE/article/view/82/0>. Acesso em: 19 mai. 2021. p. 01-20.

RAMOS, Graciliano. Uma visita. In: RAMOS, Graciliano. Insônia (contos). 33. ed. São Paulo: Record, 2021. p. 131-142.

RAMOS, Juliana Marschal; STUMPF, Lívia; ALVES, Cristiane da Silva. O duelo entre materialidades: a representação da violência no conto “O duelo”, de Guimarães Rosa, e no filme homônimo, de Paulo Thiago. Literatura e Autoritarismo, n. 22, set. 2019. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/LA/article/view/37182/21829>. Acesso em: 18 mai. 2021. p. 07-18.

Downloads

Publicado

24/12/2021

Como Citar

Santos, O. H. C. dos. (2021). Dominação masculina no conto "Uma visita", de Graciliano Ramos . VALITTERA - REVISTA LITERÁRIA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS, 1(4), 86–99. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/valit/article/view/6330