CIRCULAÇÃO DO CAPITAL NA CEASA DE CAMPO GRANDE - MS: ANÁLISE DO COMÉRCIO DE ABACAXIS

Johny Ferreira dos Santos, Airton Aredes

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar o processo de comércio de abacaxis na Central de Abastecimento S.A. de Mato Grosso do Sul (CEASA/MS), sediada na capital Campo Grande, como um dos produtos que contribuem para a circulação do capital nessa empresa de economia mista e nos espaços de produção e circulação. Para isso, dentre outras fontes, utilizamos bibliografias relativas ao tema que trata da circulação, transporte e logística, sobre o abacaxi, assim como obtenção de dados junto à CEASA/MS, além de trabalhos de campo, como entrevistas com 2 produtores, 24 trabalhadores rurais, 10 trabalhadores da CEASA e 3 comerciantes locais que atuam na referida empresa. Quanto aos resultados, foi possível perceber que desde a colheita da fruta no campo até o seu comércio na referida central de abastecimento, há uma dinâmica própria da circulação de capital que esse tipo de transação proporciona, já que a central de abastecimento de Campo Grande é a única do estado, polarizando a maior parte das negociações, e, acaba por beneficiar o salário dos envolvidos, pois permite à maioria dos trabalhadores de classe social menos favorecida desde o sustento familiar até a possibilidade de ascensão social. Ao final da pesquisa constatamos também que a produção de abacaxis no estado de Mato Grosso do Sul ainda é baixa se comparada ao fluxo comercializado na CEASA/MS, uma vez que a maior parte dos frutos são oriundos de outros estados, ficando assim sem parte dos benefícios da circulação de capital que esse tipo de comércio oportuniza.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 GEOFRONTER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.