PRAÇA ARY COELHO NA CIDADE DE CAMPO GRANDE/MS: RELAÇÕES HISTÓRICAS E SOCIOESPACIAIS

Otávio Cavalcanti dos Santos Junior, Orlando Moreira Junior

Resumo


O artigo aqui apresentado tem como finalidade analisar quais as relações e percepções sobre o objeto de estudo, pois parte de pressupostos teóricos e das histórias oral das pessoas que visam atenuar a identidade da Praça Ary Coelho, em local central em nossa cidade de Campo Grande/MS, assim como seu patrimônio cultural e tombamento histórico.  O presente estudo enfoca o histórico, cultural e as relações socioespaciais dentro de contextos de territorialidades local. O objetivo é compreender as transformações do espaço urbano de modo retrospectivo com a centralidade urbana e o desenvolvimento da cidade. Assim como compreender porque esse espaço público não é mais o principal ponto de manifestações culturais e de relações sociais de Campo Grande. Uma metodologia que discuta o tema, através de uma pesquisa de campo com questionários visando às percepções das pessoas sobre a praça atualmente assim como as histórias que elas sabem da mesma. Assim poderemos concluir que ações de contemporaneidade são os resultados positivos e incentivadores das políticas culturais e de desenvolvimento local.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 GEOFRONTER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.