ESTADO, MERCADO E MEIO AMBIENTE: UMA ANÁLISE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE USINAS HIDRELÉTRICAS NA AMAZÔNIA BRASILEIRA

Visualizações: 530

Autores

Resumo

Tendo em vista que a relação entre o mercado e o Estado, este último representado em seus sucessivos governos, é definida pela intervenção do segundo visando aprimorar a infraestrutura e, por conseguinte, a ampliação do primeiro, este estudo analisa as frentes atuação do Estado no que se refere a implantação de grandes projetos amazônicos, em especial as Usinas Hidrelétricas (UHE) e suas finalidades. Demonstramos que as ações do Estado sobre a Amazônia se caracterizam pelas implementações de políticas e por práticas que se consolidam em uma estrutura de decisões top down, sobretudo em áreas de maior vulnerabilidade social, refletindo-se sobre o cenário socioambiental com efeitos internos diretos. Iniciamos nossa abordagem discutindo o papel do Estado em relação aos projetos infraestruturais e, especificamente, as relações de poder entre diferentes atores nos grandes projetos amazônicos. Nesse cenário, logo após analisamos a questão energética na Amazônica com base no Programa de Aceleração do Crescimento lançando mão de análise documental (relatórios, atas de reunião e avaliações de impactos ambientais) e observações realizadas em trabalhos de campo na Amazônia Legal nas hidrelétricas de: Jirau e Santo Antônio, Belo Monte, Santo Antônio do Jari, e, as ações vinculadas ao Complexo Hidrelétrico do rio Juruena, para então discutirmos seus principais efeitos socioambientais.

Biografia do Autor

Rafael Oliveira Fonseca, Universidade de São Paulo

Doutorando, Mestre e Bacharel em Geografia pela Universidade de São Paulo (Departamento de Geografia)

Downloads

Publicado

2016-09-28

Como Citar

Fonseca, R. O., Riça Mourão Borges, L., & Cristina Lourenço, S. (2016). ESTADO, MERCADO E MEIO AMBIENTE: UMA ANÁLISE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE USINAS HIDRELÉTRICAS NA AMAZÔNIA BRASILEIRA. GEOFRONTER, 2(1). Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/GEOF/article/view/1269

Edição

Seção

Artigos