CINEMA, GEOGRAFIAS E ENSINO

Thiago Albano de Sousa Pimenta

Resumo


A Geografia, o ensino e o cinema fazem parte da nossa realidade social. Buscamos com este trabalho refletir sobre as possibilidades que o contato entre estas três esferas podem suscitar. Entendemos que a Geografia, enquanto campo do saber científico, é o nosso instrumental analítico, o que nos faz ler geograficamente o mundo que está nos circundando. O cinema é uma linguagem artística que possibilita reflexões, pensamentos, que podem ser articulados também pela linguagem geográfica. E o ensino, dentro do nosso trabalho, é a articulação didática das potencialidades que tanto a linguagem geográfica, como a linguagem cinematográfica, nos oferecem para melhor entendermos o mundo que nos circunda.


Palavras-chave


Geografia; Cinema; Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio). Brasília: MEC, 2000.

DELEUZE, G. O ato de criação. Caderno MAIS!, Folha de São Paulo, 27/06/1999.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é filosofia? Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol.1. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

HAESBAERT, Rogério; BRUCE, Glauco. A desterritorialização na obra de Deleuze e Guattari. Revista GEOgraphia, Niterói, ano IV, n.7, p.7-31, 2002.

GONÇALVES, C. W. Da Geografia às Geo-Grafias - Um mundo em busca de novas territorialidades. In: Sader, E. e Ceceña, A. E. (orgs.) La guerra infinita: hegemonía y terror mundial. Buenos Aires: CLACSO, 2002.

SALVIA, A. L. Introdução ao estudo dos regimes de imagens nos livos cinema de Gilles Deleuze. Dissertação, Campinas: UNICAMP, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 GEOFRONTER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.