RELAÇÃO ENTRE FORMAÇÃO SOCIOECONÔMICA E MOBILIDADE ESPACIAL DA POPULAÇÃO NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Autores

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo descrever e caracterizar a relação entre a formação socioeconômica da Região Norte Fluminense e os deslocamentos populacionais de estudantes e de trabalhadores em busca de estudo e trabalho nas cidades de Campos dos Goytacazes e Macaé, consideradas polo das microrregiões da região Norte do estado do Rio de Janeiro. Ao resgatar os conceitos de migração e movimento pendular, busca-se identificar os municípios de origem dos deslocamentos populacionais com destino à região com a finalidade de estudo e/ou melhor posição no mercado de trabalho. Percebe-se que o histórico socioeconômico da região exerce influência em sua dinâmica contemporânea.

Biografia do Autor

Jéssica Monteiro da Silva Tavares, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Licenciada em Geografia pelo Instituto Federal Fluminense

Mestre em geografia pela Universidade Federal Fluminense

Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Professora de geografia.

Referências

CAMPOS DOS GOYTACAZES (Município). Decreto nº 01/2016, de 22 de janeiro de 2016. Decreta estado de emergência econômica no município de Campos dos Goytacazes e dá outras providências. Diário Oficial [do] município de Campos dos Goytacazes, Poder Executivo, Campos dos Goytacazes, RJ, 25 jan. 2016. Ano VII - nº CXCIV, p. 1.

CRUZ, José Luis Viana da. Origem, natureza e persistência das desigualdades sociais no norte fluminense. In: CARVALHO, Ailton Mota de; TOTTI, Maria Eugênia Ferreira (Orgs.). Formação histórica e econômica do Norte Fluminense. Rio de Janeiro: Garamond, 2006. p. 33-67.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010. Resultados da amostra. 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1>. Acesso em: 22 mar. 2013.

JARDIM, A. de P. Reflexões sobre a mobilidade pendular. In: Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil. Luiz Antonio Pinto de Oliveira; Antônio Tadeu Ribeiro de Oliveira (Orgs.). IBGE. Estudos e Análises nº1. 2011. pp 58-70.

OLIVEIRA, Floriano José Godinho de (2003). Reestruturação produtiva e regionalização da economia no território fluminense. (Tese de doutorado, USP). Mimeo. São Paulo.

OSCAR, João. Escravidão e Engenhos. Campos, São João da Barra, Macaé e São Fidélis. RJ: Achiamé, 1985.

PIQUET, Rosélia. Novo Recorte Regional do Norte Fluminense. Trabalho apresentado na ANPUR, 2003.

______. Ensino Superior e vocação regional: uma análise referida ao Norte Fluminense. Boletim Técnico do SENAC. Rio de Janeiro, vol. 30, n.2, maio/agosto de 2004. Disponível em: <http://www.senac.br/BTS/302/boltec302c.htm>. Acesso em: 24 jun. 2014.

SILVA, Érica Tavares. Desenvolvimento Regional e Movimento Pendular: Questões Recentes no Norte Fluminense. In: XVI Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP, MG, 2008.

______. O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010. Rio de Janeiro: Observatório das metrópoles, 2011. Disponível em: <http://www.observatoriodasmetropoles.net/download/documento01_censo2010RJ.pdf>. Acesso em: 13 jan. 2013.

SILVA, Osório Peixoto. Os momentos decisivos da História dos Campos dos Goytacazes. Rio de Janeiro: Serviço de Comunicação Social da PETROBRÁS, 1984.

SILVA, Roberto Cezar Rosendo Saraiva da; CARVALHO, Ailton Mota de. “Formação econômica da Região Norte Fluminense.” In: PESSANHA, Roberto Moraes; NETO, Romeu e Silva (Orgs.). Economia e desenvolvimento no Norte Fluminense: da cana-de-açúcar aos royalties do petróleo. Campos dos Goytacazes, RJ: WTC, 2004. p. 27-75.

Downloads

Publicado

12/12/2018

Como Citar

Tavares, J. M. da S. (2018). RELAÇÃO ENTRE FORMAÇÃO SOCIOECONÔMICA E MOBILIDADE ESPACIAL DA POPULAÇÃO NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. GEOFRONTER, 4(4). Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/GEOF/article/view/2929

Edição

Seção

Artigos