A USP DA PERIFERIA: A PARTICIPAÇÃO POLÍTICA CONTRIBUINDO PARA DESCONSTRUIR AS LÓGICAS ESPACIAIS

Adriana Santiago Rosa Dantas

Resumo


A Escola de Artes, Ciências e Humanidades, um campus da Universidade de São Paulo (EACH-USP) foi fundada em 2005 em um distrito da periferia da Zona Leste, Ermelino Matarazzo, no município de São Paulo. Este artigo visa discutir importância desse campus, conhecido popularmente como USP Leste, como resultado da participação política dos moradores da região, desconstruindo a lógica espaciais pela qual a periferia é entendida como um espaço de ausência de estabelecimentos desse porte


Palavras-chave


Periferia; Participação Política; Universidade Pública; EACH-USP; Zona Leste de São Paulo

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Cleide Lugarini. As lutas sociais por moradia de São Paulo: a experiência de São Miguel Paulista e Ermelino Matarazzo. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1989.

ALMEIDA, Ana Maria Fonseca. As escolas dos dirigentes paulistas: ensino médio, vestibular, desigualdade social. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2009.

ARAÚJO, José Renato de Campos; CALDAS, Eduardo de Lima. Mobilidade e integração metropolitana. Campus USP Leste e a Região Metropolitana Leste de São Paulo. Minha Cidade, São Paulo, ano 18, n. 215.04, Vitruvius, jun. 2018 .

BONDUKI, Nabil Georges. Origens da Habitação Social no Brasil. In: Análise Social, v. XXIX (127), (3º), p. 711-732, 1994.

BOURDIEU, Pierre. A Escola conservadora: as desigualdades frente à escola e à cultura In: NOGUEIRA, Maria Alice & CATANI, Afrânio (orgs). Escritos de educação. 7ª. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998

CAMARGO, Candido Procópio Ferreira de; CARDOSO, Fernando Henrique; MAZZUCCHELLI, Frederico; MOISÉS, José Álvaro; KOWARICK, Lúcio; ALMEIDA, Maria Hermínia Tavares; SINGER, Paul Israel; BRANT, Vinícius Caldeira. São Paulo 1975: crescimento e pobreza. 5ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 1976.

D´ANDREA, Tiarajú Pablo. A Formação dos Sujeitos Periféricos: Cultura e Política na Periferia de São Paulo. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

______. Nas tramas da segregação: o real panorama da Polis. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Sociologia Universidade de São Paulo, 2008.

DANTAS, Adriana Santiago Rosa. As escolas privadas da periferia de São Paulo: uma análise desde a colonialidade do poder à brasileira. 2018. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: . Acesso em: 2019-04-26.

______. Por dentro da quebrada: a heterogeneidade social de Ermelino Matarazzo e da periferia. 2013. Dissertação (Mestrado em Estudos Culturais) - Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. doi:10.11606/D.100.2013.tde-29082013-230632. Acesso em: 2019-04-19.

DANTAS, Adriana Santiago Rosa; PEROSA, Graziela Serroni. Participação política na periferia leste de São Paulo: memória de antigos moradores (1940-1980). Resgate, Unicamp, Campinas/SP, v. XXI, 25-26, p.27-38, jan./dez. 2013.

DANTAS, Adriana Santiago Rosa; SETTON, Maria da Graça Jacintho. Atores de resistência na periferia: disputas por representatividade na cidade de São Paulo. Passages de Paris, Paris, 2019 (no prelo).

DUARTE, Adriano Luiz; FONTES, Paulo. O populismo visto da periferia: adhemarismo e janismo nos bairros da Mooca e São Miguel Paulista (1947-1953). Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth (Unicamp), v.11, n. 20/21, p. 85-123, 2004.

GHANEM, Elie & MARCHIONI, Antônio Luiz. A USP Leste e a contribuição de comunidades locais para a inovação das comunidades universitárias. USP Leste: a expansão da Universidade do Oeste para o Leste. Celso de Barros Gomes (org.) São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005. p. 197-211

GOHN, Maria da Glória. A força da periferia: a luta das mulheres por creches em São Paulo. Petrópolis: Vozes, 1985.

GOMES, Celso de Barros (org.). USP Leste: a expansão da Universidade do Oeste para o Leste. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

IFFLY, Catherine. Transformar a metrópole: Igreja Católica, territórios e mobilizações sociais em São Paulo 1970-2000. São Paulo: Editora UNESP, 2010

KOWARICK, Lúcio. A espoliação urbana. 2ª. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

______. Espoliação urbana, lutas sociais e cidadania: fatias de nossa história recente. In: Espaços & Debates: Revista de Estudos Regionais e Urbanos. São Paulo, Ano XVII, n. 40, 1997.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.

MAUTNER, Yvonne. A periferia como fronteira de expansão do capital. In: DEÁK, Csaba; SCHIFFER, Sueli Ramos (orgs.). O Processo de Urbanização no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1999.

MARQUES, Eduardo. Elementos conceituais da segregação, da pobreza urbana e da ação do Estado. In: _______, TORRES, Haroldo (orgs.). São Paulo: segregação, pobreza e desigualdades sociais – São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2005. p 19-56.

______. Redes Sociais, Segregação e Pobreza em São Paulo. São Paulo: Editora Unesp; Centro de Estudos da Metrópole, 2010.

MEDINA, Cremilda (org.). USP Leste e seus vizinhos. São Paulo: ECA/USP, 2004.

MEYER, Regina Maria Prosperi; GROSTEIN, Maria Dora; BIDERMAN, Ciro. São Paulo Metrópole. São Paulo: Edusp: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.

PEROSA, Graziela Serroni. Escola e Destinos Femininos: São Paulo (1950/1960). Belo Horizonte, MG: Argvmentvm, 2009.

PEROSA, Graziela Serroni; DANTAS, Adriana Santiago Rosa. A escolha da escola privada em famílias dos grupos populares. Educação e Pesquisa, v. 43, n. 4, p. 987-1004, 1 dez. 2017.

PEROSA, Graziela Serroni; DANTAS, Adriana Santiago Rosa; MARCON, Helena de Souza; CRUZ, Isamara Lopes Rocha. Transformations des classes populaires et de l’offre scolaire à São Paulo, Brésil(s), Paris, p. 97-121, n.8, 2015.

PEROSA, Graziela Serroni, LEBARON, Frédéric, LEITE, Cristiane Kerches da Silva. O espaço das desigualdades educativas no município de São Paulo. Pro-Posições. Campinas/SP, v. 26, n. 2 (77), p. 99-118, mai./ago. 2015.

PEROSA, Graziela Serroni; SANTOS, Gislene Aparecida; MENNA-BARRETO, Luiz. Desafios da democratização do Ensino Superior. A USP no lado leste da cidade. In: SANTHIAGO, Ricardo; MAGALHÃES, Valéria Barbosa de. (Org.). Memória e Diálogo: escutas da Zona Leste, visões sobre a história oral. São Paulo: Letra e Voz: FAPESP, 2011. p. 41-60.

ROLNIK, Raquel. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. 3ª. ed. São Paulo: Studio Nobel: Fapesp, 2003.

ROLNIK, Raquel; FRÚGOLI JR., Heitor. Reestruturação urbana da metrópole paulistana: a Zona Leste como território de rupturas e permanências. Cadernos Metrópole, n. 6, pp. 43-66, 2º sem. 2001.

SADER, Eder. Quando novos personagens entraram em cena: experiências, falas e lutas dos trabalhadores da Grande São Paulo, 1970-80. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SPOSITO, Marília Pontes. O povo vai à escola. A luta popular pela expansão do ensino público em São Paulo. 4ª Ed. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

VILLAÇA, Flávio. Reflexões sobre as cidades brasileiras. São Paulo: Studio Nobel, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 GEOFRONTER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.