CONCENTRAÇÃO E DISPERSÃO DA TOPOLOGIA BANCÁRIA NO ESTADO DE RONDÔNIA: UMA PROPOSTA À ANÁLISE DA DINÂMICA TERRITORIAL NA FRONTEIRA

Fábio Brito dos Santos, Décio Keher Marques, Edwarda de Paula Soares Ojopi, Roniel Vinícius Marques Fagundes

Resumo


A finança, variável chave da dinâmica econômica e da reprodução dos interesses hegemônicos, cria novas políticas reinventando-se por meio de formas diversas de circulação do dinheiro no território brasileiro. Contudo, ainda que mantenha autonomia relativa na reprodução do atual período, depende também de mecanismos que contribuem para a expansão da capilaridade das atividades financeiras. Ademais, esta reprodução, entretanto, realiza-se em consonância com os novos arranjos organizacionais submetidos, por sua vez, às intencionalidades de inúmeros agentes, em especial os bancos. Essa lógica também não escapa aos bancos que possuem uma rede diversificada de fixos geográficos por todo o território nacional (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco Bradesco etc.), em particular no estado de Rondônia. Dessa forma, partindo de uma concepção geográfica da relação da finança com o território, buscou-se apresentar um panorama da distribuição da rede bancária no território rondoniense

Palavras-chave


Concentração e dispersão; Topologia bancária; Fixos geográficos; Rondônia.

Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, Adriana Moreira. Impactos regionais do processo de reestruturação bancária do início dos anos 1990. In: CROCCO, Marco; JAYME JR, Frederico Gonzaga (Org.). Moeda e território: uma interpretação da dinâmica regional brasileira. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 147-168.

ANTAS JR, Ricardo Mendes. Território e regulação: espaço geográfico, fonte material e não formal do direito. Associação Editorial Humanistas/FAPESP: São Paulo, 2005.

BRUNHES, Jean. La géographie humaine. 3ème ed. Paris: Librairie Félix Alcan, 1925. v. 2: Monographies. Liaisons avec les disciplines voisines.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Tradução Roneide Venancio Majer. 8. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001. v. 1: A era da informação: economia, sociedade e cultura.

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. Tradução de Silvana Finzi Foá. São Paulo: Xamã, 1996.

CONTEL, Fabio Betioli. Finanças municipais e território: horizontalidades e verticalidades no município de Bauru (SP). 2001. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

______. Território e finanças: técnica, normas e novas topologias bancárias no Brasil. 2006. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

CORRÊA, Roberto Lobato. Concentração bancária e os centros de gestão do território. Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro, v. 51, n. 2, p. 17-32, abr./jun. [1989] 1994.

DIAS, Leila Christina. O sistema financeiro: aceleração dos ritmos econômicos e integração territorial. Anuário do Instituto de Geociências: UFRJ, Rio de Janeiro, v. 15, p. 43-53, 1992.

______. Por que os bancos são o melhor negócio no país? In: ALBUQUERQUE, Edu Silvestre de. Que país é esse?: pensando o Brasil contemporâneo. São Paulo: Editora Globo, 2005.

______; LENZI, Maria Helena. Reorganização espacial de redes bancárias no Brasil: processos adaptativos e inovadores. In: Caderno CRH, Salvador, vol. 22 n. 55, p. 97-117, jan./abr. 2009.

FIGUEIREDO, Karoline de Brito; CARVALHO, Rogério Lima de. A terceirização nas instituições financeiras, na figura do correspondente. Belo Horizonte: Lastro, 2010.

JINKINGS, Nise. Os trabalhadores bancários em face a reestruturação do capitalismo contemporâneo. Florianópolis, Cadernos de Pesquisa, n. 28, ago. 2001. Disponível em: Acesso em: 28 dez. 2013.

LABASSE, Jean. L’espace financier: analyse géographique. Paris: Armand Colin, 1974.

LENIN, V. Imperialismo: fase superior do capitalismo. Tradução de Olinto Beckerman. São Paulo: Global Editora, [1917] 1979.

MEDEIROS, Dhiego Antonio de. Financeirização do território e circuitos da economia urbana: agentes de crédito, técnicas e normas bancárias. Um exemplo em Alagoas. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

ORTEGA Y GASSET, José. Meditação da técnica: vissicitudes das ciências cacofonia na física. Tradução de Luis Washington Vita. Rio de Janeiro: Livro Ibero-Americano Limitada, [1939] 1963.

SANTOS, Fábio Brito dos. Topologia bancária e economia do setor público: a atuação do Banco do Brasil em Alagoas e a importância das folhas de pagamento das prefeituras. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia (Geografia Humana)) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4. ed. 5. reimp. Edusp: São Paulo, [1996] 2009.

______. O dinheiro e o território. GEOgraphia, Rio de Janeiro, ano 1 – n. 1 – p. 7-13, 1999.

______. O espaço dividido: os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. Tradução Myrna T. Rego Viana. 2. ed. São Paulo: Edusp, [1979] 2004. (Coleção Milton Santos, 4).

______. O retorno do território. In: ______; SILVEIRA, Maria Laura; SOUZA, Maria Adélia Aparecida de. Território: globalização e fragmentação. 2. ed. São Paulo: Editora Hucitec, [1994] 1996. p. 15-20.

______. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 15. ed. Rio de Janeiro: Editora Record, [2000] 2008.

______. Técnica, espaço e tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. 5. ed. Edusp: São Paulo, [1994] 2008.

______. SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 5. ed. Rio de Janeiro: Editora Record, [2001] 2003.

SÁNCHEZ, Joan-Eugení. Espacio, economía y sociedad. Siglo Veintinuno de España Editores S.A.: Barcelona, 1991.

SILVA, Guilherme Jonas Costa da; JAYMER JR. Frederico G. Estratégia de localização bancária: teoria e evidência empírica aplicada ao estado de Minas Gerais. Economia e Sociedade, Campinas, v. 22, n. 3, p. 729-764, dez. 2013.

SILVEIRA, María Laura. Modernizações territoriais e circuitos da economia urbana no Brasil. In: Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional, 14, 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 2011.

SOUZA, Maria Adélia Aparecida de Souza. Estudos sobre a cidade no espaço regional e nacional: teoria e método. In: CARLOS, Ana Fani Alessandri (Org.). Os caminhos da reflexão sobre a cidade e o urbano. São Paulo: Edusp, 1994. cap. 8, p. 101-128.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 GEOFRONTER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.