A INFLUÊNCIA DAS POLÍTICAS AGRÍCOLAS NA TERRITORIALIZAÇÃO DO SETOR SUCROALCOOLEIRO NO NOROESTE DO PARANÁ

Autores

Palavras-chave:

Políticas Agrícolas, Estado, Cana-de-açúcar, Noroeste do Paraná

Resumo

A expansão da cultura canavieira no Brasil ocorreu por meio de incentivos do Estado mediante programas como o Programa Nacional do Álcool (PROÁLCOOL), alavancando e expandindo as suas fronteiras. Atualmente, o Brasil é o maior produtor e exportador de açúcar do mundo. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), em 2017, o país produziu 39 milhões de toneladas, contabilizando um dos maiores faturamentos do campo de R$ 52 bilhões de reais. Este aumento na produção decorre do processo de mecanização da cana-de-açúcar que, hoje em dia, perpassa o plantio até a colheita. Neste sentido, através das pesquisas bibliográficas que realizamos percebemos que o Estado por meio de suas políticas agrícolas, como exemplo o PROÁLCOOL foi efetivado para atender as necessidades do setor canavieiro o que permitiu a territorialização da cana-de-açúcar na região noroeste do Paraná ocasionando impactos socioeconômicos irreversíveis para a população desta região.

Biografia do Autor

Ariana Castilhos dos Santos Toss Sampaio, Universidade Estadual de Maringá

Doutoranda em Geografia pelo Programa de Pós Graduação em Geografia da UEM

Maria das Graças de Lima, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Londrina (1985);mestrado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1993), doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2001), e Estágio Pós-doutoral pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora Associada B do Departamento de Geografia da Universidade Estadual de Maringá.

Referências

ALVES, F. Porque morrem os cortadores de cana? Scielo, São Paulo, v. 15, n. 3, dez. 2006. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0104-1290200600030008 script=sci-arttext> Acesso em: 18 fev. 2020.

ANDRADE, M. C. Comércio Internacional e Distribuição Espacial da Produção de Açúcar no Brasil. In: Boletim Paulista de Geografia, São Paulo, n. 51, 1976, p. 15 - 30.

__________. Modernização e pobreza: a expansão da agroindústria canavieira e seu impacto ecológico e social. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1994.

ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES DE AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DE PARANÁ - ALCOPAR. 2018. Disponível em:<http://www.alcopar.org.br/estatisticas/hist_prod_pr.php>. Acesso em: jan. 2020

AUTOO. A aposta certa. Disponível em: <https://www.autoo.com.br/a-aposta-certa/>. Acesso em:< 28 abr. 2020.

BRASIL. Decreto nº 2.687, de 6 de novembro de 1875. Coleção de Leis do Império do Brasil. Brasília, v. 1, p. 187, 1875 (Publicação Original). Disponível em:<http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-2687-6-novembro-1875549775-publicacaooriginal-65293-pl.html#main-content>.Acesso em: 20 jan. 2020.

BRAY, S. C.; FERREIRA, E. R.; RUAS, D. G. G. As políticas da agroindústria canavieira e o PROÁLCOOL no Brasil. Marília: Unesp-Marília Publicações, 2000.

BRESSAN F., Â. A gestão eficiente da política sucroalcooleira. Jornal da Cana, 17 dez. 2002. Disponível em: <https://www.jornalcana.com.br/a-gestao-eficiente-da-politicasucroalcooleira/>. Acesso em: fev. 2020.

CANASAT. Cultivo do município de Tamboara, 2013. Disponível em:<http://www.dsr.inpe.br/laf/canasat/cultivo.html>. Acesso em: mar. 2020.

CONAB. Boletim da safra de cana-de-açúcar. 2019. Disponível em:< https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/cana/boletim-da-safra-de-cana-de-acucar>. Acesso em: 10 março 2020.

______________. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar. Brasília: Conab, 2018.

COOPCANA. Produção. 2017. Disponível em:<https://www.coopcana.com.br/produtos.php>. Acesso em: 10 jan. 2020.

CAMARA DOS DEPUTADOS. Decreto-lei nº 19.717, de 20 de Fevereiro de 1931 - Publicação Original. Estabelece a aquisição obrigatória de álcool, na proporção de 5% da gasolina importada, e dá outras providências. Legislação Informativa. Disponível em:< https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-19717-20-fevereiro-1931-518991-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 12 março 2020.

CAMARA DOS DEPUTADOS. Decreto-lei nº 20.401, de 15 de Setembro de 1931 - Publicação Original. Adota medidas para a defesa da indústria e do comércio do açúcar. Legislação Informativa. Disponível em:< https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-20401-15-setembro-1931-519317-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 12 março 2020.

CAMARA DOS DEPUTADOS. Decreto-lei nº 20.761, de 7 de Dezembro de 1931 - Publicação Original. Cria a Comissão de Defesa da Produção do Açúcar e dá outras providências. Legislação Informativa. Disponível em:< https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-20761-7-dezembro-1931-519440-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em 12 março de 2020.

CAMARA DOS DEPUTADOS. Decreto-lei nº 21.201, de 24 de Março de 1932 - Publicação Original. Autoriza o Ministério da Agricultura a assinar contratos para a montagem de usinas destinadas à produção de alcool absoluto (anidro), mediante as condições que especifica. Legislação Informativa. Disponível em:< https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-21201-24-marco-1932-523512-publicacaooriginal-1-pe.html.> Acesso em: 12 março 2020.

CAMARA DOS DEPUTADOS. Decreto-lei nº 76.593, de 14 de Novembro de 1975. Institui o Programa Nacional do Álcool e dá outras Providências. Legislação Informatizada. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-76593-14-novembro-1975-425253-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 10 março 2020.

DIAS, J. A. S. Situação da cana-de-açúcar no Estado do Paraná: safra 2003/2004. Maringá, 2003. 17 slides: color. Disponível em: <http://alcopar.org.br/tecnica/download

htm> Acesso em: 20 abr. 2020.

D’ INCÃO, M. C. Boias-frias, desafio para o sindicato rural. Lua Nova, v. 11, n. 4, São Paulo, 1995. Disponível em:. Acesso em nov. 2019. 102 EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. (EMBRAPA). Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2020.

DUQUETE, M. Grands Seigneurs et Multinationales: l`économie politique de l’éthanol au Brésil. Montréal: Les Press de I’Université de Montréal, 1989.

GUANAIS, J. B. Pagamento por produção, intensificação do trabalho e superexploração na agroindústria canavieira brasileira. Tese (Doutorado). Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, 2016.

HARVEY, D. O Novo Imperialismo. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

IPARDES. Base de dados do Estado. Curitiba, 2015. Disponível em: http://www.ipardes.gov.br/. Acesso em 2020.

IPARDES. Base de dados dos municípios. Disponível em:<http://www.ipardes.gov.br/cadernos/MontaCadPdf1.php?Municipio=87770>. Acesso em abr. 2020.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Panorama cidades. Disponível em:<https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/sao-carlos-do-ivai/panorama>.

Acesso em: abr. 2020.

MELLO, F. H. de.; FONSECA, Eduardo Giannetti da. Proálcool, energia e transporte. Estudos econômicos. São Paulo, v. 11, n. 3, p. 82 - 94. 1981.

PETRONE, M. T. S. A lavoura canavieira em São Paulo - expansão e declínio (1765-1851). São Paulo: Difusão Europeia do Livro, Corpo e Alma do Brasil, 1968.

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Editora Ática, 1993.

RIBEIRO, V. H.; Rocha, M. M. A mobilidade centrada no trabalho e os trabalhadores da cana da mesorregião Norte Central Paranaense: o caso de Porecatu e Astorga. In Anais do IV Congresso de História. Maringá: 2009. Disponível em:< http// www.nemo.uem/artigos/_ mobilidade_ centrada no trabalho_ vitor ribeiro. pdf>. Acesso em fev. 2020.

SANITÁ, P. R. Presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Tamboara. Informações sobre a Coopcana, 2020.

SAMPAIO, A. C. dos S. T.; MAROLO, M.; LIMA, M. das G. de. Impactos Sociais da Mecanização da Cana-de-Açúcar no Noroeste do Paraná. Anais do IV Encontro Regional de Geografia: PGE: 20 anos e XXVI Semana de Geografia: 107 Geotecnologias no mercado de trabalho do geógrafo, 2018

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e tempo, razão e emoção. 4° ed. São Paulo: Ed. Universidade de São Paulo, 2006.

SILVA, J. G. A modernização dolorosa. Rio de Janeiro. Zahar editores, 1982.

__________. O Que é questão agrária. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 2001.

SOUZA, M. Antônio. Desdobramentos da territorialização do setor sucroenergético no Estado do Paraná. [dissertação]. Londrina: Universidade Estadual de Londrina; 2017.

SHIKIDA, P. F. A. A Evolução diferenciada da agroindústria canavieira no Brasil de 1975 a 1995. Cascavel: Edunioeste, 1998.

__________, SOUZA, E. C. de. Agroindústria canavieira e crescimento econômico local. Rev. Econ. Sociol. Rural vol.47 no.3 Brasília Jul./Set. 2009. Disponível em:< https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032009000300002>. Acesso em fev. 2020.

SZMRECSÁNYI. T, J. K O IAA como órgão de planejamento e controle, atuação e redirecionamento. In: Simpósio sobre Socioeconomia canavieira, 1978, Jaboticabal. Anais... Jaboticabal: FCAV/UNESP, 1978, 153p.

__________. O Planejamento na Agroindústria Canavieira no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1979.

TEIXEIRA, W. A. As Transformações no Espaço Agrário do Paraná, com a introdução da Agricultura Energética Canavieira. 1988. 281p. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Programa de Pós- graduação da Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 1988.

THOMAZ J., A. Por trás dos canaviais, os “nós” da cana: a relação capital x trabalho e o movimento sindical dos trabalhadores na agroindústria canavieira paulista. São Paulo. Annablume. 2002. 388p.

TONIOL, F. P. da F. O Capital no Campo e suas Novas Articulações no Município de Terra Rica – PR. (Doutorado em Geografia), Universidade Estadual de Maringá - UEM, Maringá, 2017.

UNICADATA. Área cultivada com cana-de-açúcar. Disponível em:< https://www.unicadata.com.br/historico-de-area-inep.php?idMn=34&tipoHistorico=6&acao=visualizar&idTabela=2380&estado=Paran%25C3%25A1&nivelAgregacao=2&mesorregiao=Noroeste%2BParanaense&safraIni=2018%2F2019&safraFim=2019%2F2020>. Acesso em abr. 2020.

VILLELA, A.; SUZIGAN, W. Política do Governo e crescimento da economia brasileira, 1989-1945. IPEA/INPES, 1973.

Downloads

Publicado

2020-11-04

Como Citar

Sampaio, A. C. dos S. T., & Lima, M. das G. de. (2020). A INFLUÊNCIA DAS POLÍTICAS AGRÍCOLAS NA TERRITORIALIZAÇÃO DO SETOR SUCROALCOOLEIRO NO NOROESTE DO PARANÁ. GEOFRONTER, 6(1). Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/GEOF/article/view/5227

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)