ANÁLISE DO USO DA TERRA E DA DECLIVIDADE NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO POMBAL

Autores

Palavras-chave:

Geoprocessamento; Sensoriamento Remoto; Recursos Naturais; Hidrografia; Divisor de Bacias.

Resumo

A intenção deste estudo foi gerar o limite da sub-bacia hidrográfica do Córrego Pombal e mapear o uso da terra, a declividade e a hipsometria. Para atingir os resultados, foram empregados a cartografia digital, o geoprocessamento e o sensoriamento remoto. A sub-bacia apresenta uma área de 13.668,7544 ha e está localizada na cidade de Jaraguari, interior sul-mato-grossense. A base cartográfica adotada neste estudo foi a carta topográfica oficial de Campo Grande, escala 1:100.000 (DSG, 1979), que permitiu identificar e analisar os elementos que compõem a carta, como cotas altimétricas, isolinhas, canais hidrográficos e elementos antrópicos. Os resultados mostram que a quantidade de vegetação na área da sub-bacia diminui conforme reduz a declividade, e que um terço do uso da terra da superfície da sub-bacia se constitui por atividade antrópica, como pastagens e plantios.

Biografia do Autor

Brychtn Ribeiro de Vasconcelos, Universidade do Estado do Amazonas

Doutorando em Geografia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Parintins/AM.

Referências

ANTUNES, A. Ciclo hidrológico, água, solo e meio ambiente. Extensão em Minas Gerais, Belo Horizonte, 48: 16- 19, 1992.

BOIN, Marcos Norberto; ZANATTA, Felipe Augusto Scudeller; CUNHA, Cenira Maria Lupinacci. Avaliação da Morfometria do Relevo da Alta Bacia Hidrográfica do Ribeirão do Areia Dourada, Marabá Paulista (SP). Caderno Prudentino de Geografia, v. 3, n. 36, p. 5-26, 2014.

CÂMARA, Gilberto et al. SPRING: Integrating remote sensing and GIS by object-oriented data modelling. Computers & graphics, v. 20, n. 3, p. 395-403, 1996.

CAMPOS, Sergio et al. Geoprocessamento aplicado na caracterização morfométrica da microbacia do Ribeirão Descalvado–Botucatu, SP. Irriga, v. 1, n. 1, p. 52-65, 2015.

CORREA, Nelison Ferreira et al. Obtenção de MDE Corrigido para Delimitação de Bacia Hidrográfica com Auxílio de Geotecnologias Livres. Anuário do Instituto de Geociências, v. 40, n. 1, p. 217-225, 2017.

DSG. 1979. Diretoria do Serviço Geográfico do Exército. Carta Campo Grande. Escala 1:100.000. Folha SF 21-X-B-III.

FAUSTINO, Jorge. Planificación y gestión de manejo de cuencas. Turrialba: CATIE, 1996.

FLAUZINO, Fabrício Silvério et al. Geotecnologia aplicada à gestão dos recursos naturais da bacia hidrográfica do rio Paranaíba, no cerrado mineiro. Sociedade & Natureza, v. 22, p. 75-91, 2010.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais. Manual técnico de pedologia. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE; 2015. (Manuais técnicos em geociências, n. 4). Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv95017.pdf. Acesso em: 16 de outubro de 2021.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Manual Técnico de Geomorfologia. Segunda edição. Rio de Janeiro: IBGE, 2009. 182p. (Manuais técnicos em geociências, ISSN 0103-9598; n. 5)

INPE. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Banco de dados geomorfométricos do Brasil. 2021a. Disponível em http://www.webmapit.com.br/inpe/topodata/. Acesso em: 16 de outubro de 2021.

INPE. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem LANDSAT. 2021b. Sensor OLI. Canais 4, 5 e 6. São José dos Campos: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem de Satélite. Órbita 225 ponto 074. Acesso em: 17 de outubro de 2021. Disponível em: https://www.gov.br/inpe/pt-br. Acesso em: 16 de outubro de 2021.

INPE. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. TerraView 4.2.2. São José dos Campos, SP: INPE, 2013. Disponível em: http://www.dpi.inpe.br/terralib5/wiki/doku.php?id=wiki:downloads:tutorial_tv422. Acesso em 18 de outubro de 2020.

LACERDA FILHO, Joffre Valmório de et al. Geologia e Recursos Minerais do Estado de Mato Grosso do Sul. CPRM; SEPROTUR/MS; EGRHP/MS, 2006.

LEAL, Janaira Marques; AQUINO, Claudia Maria Sabóia de; SILVA, Francisco John Lennon Tavares da. Uso do mapa de Declividade e do Modelo Digital de Elevação na análise do relevo do município de São Miguel do Tapuio–Piauí. Revista de Geociências do Nordeste, v. 5, n. 2, p. 97-107, 2019.

LIMA, Adalto Gonçalves de. A bacia hidrográfica como recorte de estudos em Geografia Humana. Geografia (Londrina), v. 14, p. 173-183, 2005.

MOREIRA, Maurício Alves. Fundamentos do sensoriamento remoto e metodologia de aplicação. 4. ed., Viçosa, Editora UFV, 2011. 422p.

PORTO, Monica F.A.; PORTO, Rubem La Laina. Gestão de bacias hidrográficas. Estudos avançados, v. 22 n.63, 2008.

ROCHA, Maria Beatriz Brandão; ROSA, Roberto. Caracterização do meio físico e monitoramento do uso da terra em 1985 e 2005 do município de Araxá-MG. Caminhos de Geografia, v. 9, n. 25, 2008.

SANTANA, Derli Prudente. Manejo Integrado de Bacias Hidrográficas. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2003. 63p. (Embrapa Milho e Sorgo. Documentos, 30)

SOUZA, Enio Resende de; FERNANDES, Maurício Roberto. Sub-bacias hidrográficas: unidades básicas para o planejamento e a gestão sustentáveis das atividades rurais. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 21(207): 15- 20, 2000.

TONELLO, Kelly Cristina. Análise hidroambiental da bacia hidrográfica da cachoeira das Pombas, Guanhães, MG. 2005. 69p. Tese (Doutorado em Ciências Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.

WMO. World Meteorological Organization. International Conference on Water and the Environment: Development Issues for the 21st Century (1992: Dublin, Ireland). International Conference on Water and the Environment: Development Issues for the 21st Century, 26-31 January 1992, Dublin, Ireland: the Dublin Statement and Report of the Conference. World Meteorological Organization, 1992.

YASSUDA, Eduardo Riomey. Gestão de recursos hídricos: fundamentos e aspectos institucionais. Revista de Administração Pública, v.27, n.2, p.5-18, 1993.

Downloads

Publicado

2022-02-08

Como Citar

Vasconcelos, B. R. de. (2022). ANÁLISE DO USO DA TERRA E DA DECLIVIDADE NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO POMBAL. GEOFRONTER, 8. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/GEOF/article/view/6792

Edição

Seção

Artigos