VULNERABILIDADE DAS ÁREAS ÚMIDAS E INFLUÊNCIA SAZONAL DA PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA NA AMAZÔNIA ORIENTAL

Visualizações: 371

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61389/geofronter.v9i1.7366

Palavras-chave:

precipitação pluviométrica, vulnerabilidade, uso e cobertura da terra

Resumo

O nordeste do Estado do Pará faz parte de uma área complexa, sujeita a variações de maré e elevado volume de chuvas. A população residente se adapta as variações existentes, porém nos momentos de extremos climáticos sofre as consequências dos períodos de maior/menor intensidade das chuvas. O objetivo deste trabalho consiste em analisar a variação espacial das áreas úmidas e sua vulnerabilidade, em função da influência da sazonalidade da precipitação pluviométrica. Constou do mapeamento das áreas topograficamente vulneráveis (sazonalmente alagadas) e seu cruzamento por álgebra de mapas com a distribuição mensal da precipitação pluviométrica, destacando o período mais chuvoso e o menos chuvoso. Foram utilizados os dados de precipitação do CHIRPS, de temperatura da superfície do MODIS, topográficos do SRTM e de uso e cobertura da terra do projeto MapBiomas para o ano de 2020. Os resultados indicaram que a região representa uma zona de elevada vulnerabilidade, por ser predominantemente formada por áreas sujeitas à ação das águas e interferência das chuvas. Os municípios componentes devem atuar no processo de avaliação do risco de ocupação destas áreas, e do o impacto sobre as de maior sensibilidade ecológica (áreas de preservação permanente).

Referências

ALBUQUERQUE, M. F.; SOUZA, E. B.; OLIVEIRA, M. C. F.; JÚNIOR, J. A. S. 2010. Precipitação nas mesorregiões do estado do Pará: climatologia, variabilidade e tendências nas últimas décadas (1978-2008). Revista Brasileira de Climatologia, 6:151-168. DOI: https://doi.org/10.5380/abclima.v6i0.25606

ALCÂNTARA, C. R.; SILVA DIAS, M. A. F.; SOUZA, E. P.; COHEN, J. C. P. 2011. Verification of the role of low level jets in Amazon squall lines. Atmospheric Research, 100:36-44. DOI: https://doi.org/10.1016/j.atmosres.2010.12.023

ALCÂNTRA, E. H. 2004. Mudanças climáticas, incertezas hidrológicas e vazão fluvial: o caso do estuário do rio anil. Caminhos de Geografia, 8(12):158-173. DOI: https://doi.org/10.14393/RCG51215345

ALVES, M. A. M. S.; EL-ROBRINI, M. 2006. Morphodynamics of the Macrotidal Beach: Ajuruteua, Bragança North Brazil. Journal of Coastal Research, SI 39:1848-1850.

ANA. 2017. Agência Nacional de Águas. Estado do Pará: Domínio dos corpos hídricos superficiais - mapa temático. Brasília: Agência Nacional de Águas.

ANDERSON, L. O.; RIBEIRO NETO, G.; CUNHA, A. P.; FONSECA, M. G.; MOURA, Y. M.; DALAGNOL, R.; WAGNER, F. H.; ARAGÃO, L. E. O. C. 2018. Vulnerability of Amazonian forests to repeated droughts. Philosophical Transactions of the Royal Society B, 373:1-13. DOI: https://doi.org/10.1098/rstb.2017.0411

ANDRADES FILHO, C. O.; ROSSETTI, D. F.; ZANI, H. 2011. Hipsometria derivada de MDE-SRTM aplicada na distinção entre Formação Barreiras e os Sedimentos Pós-Barreiras na Bacia Paraíba. In: Anais do Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 15, Curitiba (PR), 3443-3443.

BARBOSA, V. M.; GREGÓRIO A. M. S.; BUSMAN, D. V.; COSTA, R. A. A. M.; SOUSA E FILHO, P. W. M.; PEREIRA, L. C. C. 2007. Estudo morfodinâmico durante uma maré equinocial de sizígia em uma praia de macromaré do litoral Amazônico (Praia de Ajuruteua-Pa, Brasil). Boletim Paranaense de Geociências, 60-61: 31-43. DOI: https://doi.org/10.5380/geo.v60i0.5642

BRASIL. 2018. Municípios Costeiros do Estado do Pará. Brasília: Ministério do Meio Ambiente.

CHAVES, P. M. 2011. Estudo observacional sobre os eventos de seca meteorológica e hidrológica na região de Marabá-PA no Sudeste da Amazônia Oriental. 133f. Dissertação (Mestrado), Universidade Federal do Pará.

COHEN, J. C. P.; FITZJARRALD, D. R.; D’OLIVEIRA, F. A. F.; SARAIVA, I.; BARBOSA, I. R. S.; GANDU, A. W. et al. 2014. Radar-observed spatial and temporal rainfall variability near the Tapajós-Amazon confluence. Revista Brasileira de Meteorologia, 29:23-30. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-778620130058

COSTA, J.; PEREIRA, G. SIQUIERA, M. E.; CARDOZO, F.; SILVA, V. V. 2019. Validação dos dados de precipitação estimados pelos CHIRPS para o Brasil. Revista Brasileira de Climatologia, v. 24:228-243. DOI: https://doi.org/10.5380/abclima.v24i0.60237

COUTINHO, E. C.; ROCHA, E. J. P.; LIMA, A. M. M.; RIBEIRO, H. M. C.; GUTIERREZ, L. A. C. L.; BARBOSA, A. J. S.; PAES, G. K. A. A.; BISPO, C. J. C.; TAVARES, P. A. 2017. Riscos socioeconômicos e ambientais em municípios banhados pelos afluentes do Rio Amazonas. Revista Ambiente e Água, 12:814-828. DOI: https://doi.org/10.4136/ambi-agua.2013

CUNHA, C. N.; PIEDADE, M. T. F.; JUNK, W. J. 2015. Classificação e delineamento das áreas úmidas brasileiras e de seus macrohabitats. Cuiabá: EdUFMT.

DE SOUSA, A. M. L.; ROCHA, E. J. P.; VITORINO, M. I.; SOUZA, P. J. O. P.; BOTELHO, M. N. 2015. Variabilidade espaço-temporal da precipitação na Amazônia durante eventos ENOS. Revista Brasileira de Geografia Física, 8(1):13-24. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.1.p013-024

DYER, K. R. 1995. Sediment transport processes in estuaries. In: PERILLO, G. M. E. (Ed.). Geomorphology and Sedimentology of Estuaries: Developments in Sedimentology. New York: Elsevier Science. DOI: https://doi.org/10.1016/S0070-4571(05)80034-2

FERREIRA, A. G.; MELLO, N. G. S. 2005. Principais sistemas atmosféricos atuantes sobre a região nordeste do Brasil e a influência dos oceanos Pacífico e Atlântico no clima da região. Revista Brasileira de Climatologia, 1:15-28. DOI: https://doi.org/10.5380/abclima.v1i1.25215

FERREIRA, D. B. S.; DE SOUZA, E. B.; DE MORAES, B. C.; FILHO, L. G. M. 2015. Spatial and temporal variability of rainfall in Eastern Amazon during the rainy season. The Scientific Word Journal, ID 209783:1-9. DOI: https://doi.org/10.1155/2015/209783

FERREIRA, D. B. S.; DE SOUZA, E. B.; OLIVEIRA, J. V. 2020. Identificação de extremos de precipitação em municípios do Estado do Pará e sua relação com os modos climáticos atuantes nos oceanos Pacíficos e Atlântico. Revista Brasileira de Climatologia, 16:197-222.

FIGUEROA, S. N.; NOBRE, C. A. 1990. Precipitations distribution over central and werstern tropical South América. Climanálise - Boletim de Monitoramento e Análise Climática, 36-45.

FUNK, C; PETERSON, P.; LANDSFELD, M.; PEDREROS, D.; VERDIN, J.; SHUKLA, S.; HUSAK, G.; ROWLAND, J.; HARRISON, L.; HOELL, A.; MICHAELSEN, J. 2015. The climate hazards infrared precipitation with stations – a new environmental record for monitoring extremes. Scientific Data, 2:150066. DOI: https://doi.org/10.1038/sdata.2015.66

GERMANO, M. F.; VITORINO, M. I.; COSTA, G. B.; SOUZA, A. M. L.; SOUTO, J. I. O. 2016. Variabilidade atmosférica da precipitação associada com as circulações de brisas marítimas e terrestres no nordeste do estado do Pará, Brasil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi - Ciências e Natureza, 11(3):303-312. DOI: https://doi.org/10.46357/bcnaturais.v11i3.414

GREGÓRIO, A. M. S.; MENDES, A. C. 2009. Batimetria e sedimentologia da Baía de Guajará, Belém, Estado do Pará, Brasil. Amazônia Ciência & Desenvolvimento, 5:53-72.

GREGÓRIO, A. M. S.; MENDES, A. C. 2009a. Characterization of sedimentary deposits at the confluence of two tributaries of the Pará River estuary (Guajará Bay, Amazon). Continental Shelf Research, 29:609-618. DOI: https://doi.org/10.1016/j.csr.2008.09.007

JORGE, R. L. O.; LUCENA, D. B. 2018. Eventos extremos anuais de precipitação em Mauriti - CE. Ciência e Natura, 40(e65):1-10. DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X34045

LATRUBESSE, E. M.; COZZUOL, M.; SILVA-CAMINHA, S. A. F.; RIGSBY, C. A.; ABSY, M. L.; JARAMILLO, C. 2010. The Late Miocene paleogeography of the Amazon Basin and the evolution of the Amazon River system. Earth and Science Reviews, 99:99-124. DOI: https://doi.org/10.1016/j.earscirev.2010.02.005

LIMA, A. C. B.; ALMEIDA, O.; PINEDO-VASQUEZ, M.; LEE, T. M.; RIVERO, S.; SCHRAMSKI, S.; MANSUR, A. V. 2020. Climate hazards in small and medium cities in the Amazon Delta and Estuary: challenges for resilience. Environmental & Urbanization, 32(1):195-212. DOI: https://doi.org/10.1177/0956247819874586

SACEK, V. 2014. Drainage reversal of the Amazon River due to the coupling of surface and lithospheric processes. Earth and Planetary Science Letters, 401:301-312. DOI: https://doi.org/10.1016/j.epsl.2014.06.022

MANSUR, A. V.; BRONDÍZIO, E. S.; ROY, S.; HETRICK, S.; VOGT, N. D.; NEWTON, A. 2016. An assessment of urban vulnerability in the Amazon Delta and Estuary: a multi-criterion index of flood exposure, socio-economic conditions and infrastructure. Sustainability Science, 11:625-643. DOI: https://doi.org/10.1007/s11625-016-0355-7

MARENGO, J. A., TOMASELLA, J., SOARES, W. R., ALVES, L. M., NOBRE, C. A. 2012. Extreme climatic events in the Amazon basin climatological and hydrological context of recent floods. Theoretical and Applied Climatology, 107(1/2):73-85. DOI: https://doi.org/10.1007/s00704-011-0465-1

MARINHA DO BRASIL. 2017. Cartas Náuticas. Da Ilha do Capim à Ilha da Conceição. Rio Pará, n. 305. Disponível em www.marinha.mil.br/chm/dados-do-segnav/cartas-raster.

MARTINS, S. E. M.; MENDES, A. C. 2011. Caracterização de depósitos sedimentares recentes da porção superior da Baía de Marajó (margem leste do estuário do Rio Pará, Amazônia). Pesquisas em Geociências, 38(2):168-180. DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.26382

MATOS, A. P.; COHEN, J. C. P. 2016. Faixa de circulação e precipitação da brisa do rio na margem leste da baía do Marajó. Ciência & Natura, 38:21-27. DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X19814

MORAES, B. C.; COSTA, J. M. N.; COSTA, A. C. L.; COSTA, M. H. 2005. Variação espacial e temporal da precipitação no estado do Pará. Acta Amazônica, 35(2):207-214. DOI: https://doi.org/10.1590/S0044-59672005000200010

MORAES, D.; FILHO, M. 2018. Contribuição das chuvas do período da tarde em Belém e possíveis relações com a normal climatológica. Revista Brasileira de Climatologia, 14(23):17-32.

MORAES, D.; FILHO, M. 2018. Contribuição das chuvas do período da tarde em Belém e possíveis relações com a normal climatológica. Revista Brasileira de Climatologia, 23:17-32. DOI: https://doi.org/10.5380/abclima.v23i0.58364

OLIVEIRA, B. F. A.; BOTTINO, M. J.; NOBRE, P.; NOBRE, C. A. 2021. Deforestation and climate change are projected to increase heat stress risk in the Brazilian Amazon. Communications Earth & Environment, 2(207):1-8. DOI: https://doi.org/10.1038/s43247-021-00275-8

PEEL, M. C.; FINLAYSON, B. L.; MCMAHON, T. A. 2007. Updated world map of the Köppen-Geiger climate classification. HESS, 11:1633-1644. DOI: https://doi.org/10.5194/hess-11-1633-2007

PEREIRA, L. C. C.; RIBEIRO, M. J. S.; GUIMARÃES, D. O.; SOUZA FILHO, P. W. M.; COSTA, R. M. 2006. Formas de uso e ocupação na praia de Ajuruteua-Pará (Brasil). Desenvolvimento e Meio Ambiente, 13:19-30. DOI: https://doi.org/10.5380/dma.v13i0.4788

PRIGENT, C.; MATTHEWS, E.; AIRES, F.; ROSSOW, W. B. 2001.Remote sensing of global wetland dynamics with multiple satellite data sets. Geophysical Res. Letters, 28(24): 4631-4634. DOI: https://doi.org/10.1029/2001GL013263

QUEIROZ FILHO, A. P.; MARTINELLI, M. 2007. Cartografia de análise e de síntese na Geografia. Boletim Paulista de Geografia, 87:7-44.

QUEIROZ, M. L. 2015. Nascentes, Veredas e Áreas Úmidas: Revisão Conceitual e Metodologia de Caracterização e Determinação em Estudo de Caso na Estação Ecológica de Águas Emendadas - Distrito Federal. 161f. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-Graduação em Geociências Aplicadas, Universidade de Brasília, Brasília-DF.

ROCHA, G. M.; SOARES, D. A. S.; MORAES, S. C. 2019. Dinâmicas Territoriais na Zona Costeira do Estado do Pará, Amazônia Brasileira. Confis, 42:1-11. DOI: https://doi.org/10.4000/confins.24132

SALDANHA, D. S.; COSTA, D. F. S. 2019. Classificação dos serviços ecossistêmicos prestados pelas áreas úmidas na zona estuarina do rio Piancó-Piranhas-Açu (Nordeste, Brasil). Revista Ateliê Geográfico, 13(3):263-282. DOI: https://doi.org/10.5216/ag.v13i3.54443

SALLUN, A. E. M.; SUGUIO, K.; SALLUN-FILHO, W. 2007. Geoprocessamento para cartografia do alogrupo Alto Rio Paraná (SP, PR e MS). Revista Brasileira de Cartografia, 59(3):289-299. DOI: https://doi.org/10.14393/rbcv59n3-44896

SANTOS, S. R. Q.; SANSIGOLO, C. A.; NEVES, T. T. A. T.; SANTOS, P. P. 2016. Variabilidade sazonal da precipitação na Amazônia: Validação da série de precipitação mensal do GPCC. Revista Brasileira de Climatologia, 18:256-275.

SANTOS, S. R. Q.; VITORINO, M. I.; BRAGA, C. C.; CAMPOS, T. L. O. B.; SANTOS, A. P. P. 2012. O efeito de brisas marítimas na cidade de Belém-PA: utilizando análise em multivariada. Revista Brasileira de Geografia Física, 5:1110-1120. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v5i5.232830

SANTOS, V. F. Dinâmica de inundação em áreas úmidas costeiras: zona urbana de Macapá e Santana, costa amazônica, Amapá. 2016. Rev. Elet. de Humanidades, 9(3):121-144. DOI: https://doi.org/10.18468/pracs.2016v9n3.p121-144

SILVEIRA, G. V.; GUASSELLI, L. A. 2019. Mapeamento das inundações a partir de NDWI no município de Itaqui, rio Uruguai - RS. Geociências, 38(2):521-534. DOI: https://doi.org/10.5016/geociencias.v38i2.13679

SOARES JÚNIOR, A. V.; COSTA, J. B. S.; HASUI, Y. 2008. Evolução da Margem Atlântica Equatorial do Brasil: três fases distensivas. Geociências, 27(4):427-437.

SOUZA FILHO, P. W. M.; SILVA, C. G.; MIRANDA, F. P.; BORGES, H. V. 2009. Sensibilidade ambiental ao derramamento de óleo na zona costeira e marinha amazônica: reconhecimento, princípios e aplicações. Revista Brasileira de Geofísica, 27(suppl 1):5-6.

SOUZA JUNIOR, C. M.; KIRCHHOFF, F. T.; OLIVEIRA, B. C.; RIBEIRO, J. G.; SALES, M. H. 2019. Long-Term anual surface water change in the Brazilian Amazon biome: potential links with deforastation, infrastructure development and climate change. Water, 11(3):1-18. DOI: https://doi.org/10.3390/w11030566

ZOLNERKEVIC, I. 2014. O passado remoto de um grande rio: Erosão dos Andes pode ter unido antigas bacias hidrográficas e formado o Amazonas. Revista Pesquisa FAPESP, 223:54-57.

Downloads

Publicado

2023-04-10

Como Citar

Sanches Ferreira, N., Meiguins de Lima, A. M., & Cardoso Gomes, D. J. (2023). VULNERABILIDADE DAS ÁREAS ÚMIDAS E INFLUÊNCIA SAZONAL DA PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA NA AMAZÔNIA ORIENTAL. GEOFRONTER, 9(1). https://doi.org/10.61389/geofronter.v9i1.7366

Edição

Seção

Artigos