DINÂMICA DO USO E COBERTURA DA TERRA ENTRE OS ANOS 1985 E 2021 NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PREGUIÇAS – MA, BRASIL

Visualizações: 306

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61389/geofronter.v9i1.7645

Palavras-chave:

Dinâmica ambiental, Degradação ambiental, Bacia hidrográfica, Uso e cobertura da Terra.

Resumo

O conhecimento sobre as dinâmicas de uso e cobertura da terra ganham cada vez mais força diante da necessidade de sustentação das questões ambientais ligadas às relações sociedade/natureza, pois a cobertura da terra expressa as atividades humanas na superfície terrestre e está diretamente ligada ao uso e seu manejo. Desta forma, o presente artigo objetiva analisar a dinâmica do uso e cobertura da terra da bacia hidrográfica do rio Preguiças (MA) entre os anos de 1985, 2001 e 2021 afim de pontuar as principais alterações nas categorias de uso e cobertura, a inserção de novos usos e de que maneira os usos e coberturas estão influenciando em aspectos econômicos, ambientais e/ou sociais na área de estudo. Para alcançar o objetivo proposto realizou-se o levantamento de dados a respeito do uso e cobertura da terra do projeto MAPBIOMAS (2022), bem como análise espaço-temporal entre os anos de 1985, 2001 e 2021. Realizou-se trabalhos de campo para a validação dos dados. Observou-se que ocorreu a inserção de novos usos ao longo dos 36 anos e que a dinamicidade do uso e cobertura da terra na bacia do rio Preguiças está associada a áreas de pastagem, de mineração, silvicultura, lavouras temporárias e turismo. Atividades econômicas estão diretamente relacionadas ao uso e cobertura da terra na área em questão, sendo em cada curso se tem uma dinâmica diferente. A degradação ambiental também é um fator de destaque nesta análise, fazendo parte da dinamicidade do uso e cobertura da terra na área em questão.

Biografia do Autor

Ricardo Gonçalves Santana, Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos

Mestre em Geografia na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA. Técnico do Instituto Maranhense
de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC.

Danyella França, Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos

Mestra em Geografia na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA. Técnica do Instituto Maranhense
de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC.

Cristiane Avelar, Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos

Mestra em Geografia na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA. Técnica do Instituto Maranhense
de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC.

Referências

ABONÍZIO, M. G.; FRANÇA, D. V. B.; NUNES, J. O. R. Dinâmica do uso e cobertura da terra e a expansão da cana-de-açúcar no município de Ouro Verde (SP) entre os anos de 2004 a 2018. Revista Geotextos, 2023 (no prelo).

ANM – AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO. Dados vetoriais de lavra. 2021.

AGUIAR, A. P. D. Modelagem de mudanças de Uso e Cobertura do Solo na Amazônia:

Questões Gerais. In: Instituto de Pesquisas Espaciais. São José dos Campos: INPE, 2002.

BANDEIRA, I.C.N. Geodiversidade do Estado do Maranhão. Programa Geologia do

Brasil: levantamento da Geodiversidade do Serviço Geológico do Brasil - CPRM.

Teresina: 2013.

BARROS, D. V.; SILVA, Q. D.; TEIXEIRA, E. C.; COSTA, C. M.; SANTANA, R. G. Morfometria, uso e cobertura do solo como indicadores de enchentes e inundações na Bacia do Rio do Prata, Ilha do Maranhão. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 3, n. 5, p. 217-226, 2016. DOI: https://doi.org/10.21438/rbgas.030511

CASIMIRO, P.C. Uso do Solo – Ecologia da Paisagem, Perspectivas de uma Nova

Abordagem do Estudo da Paisagem em Geografia. GeoInova, n.2, p. 45-65, 2000.

COSTA, C. M.; FRANÇA, D. V. B.; SILVA, Q. D.; SANTANA, R. G.; TEIXEIRA, E. C. Uso e ocupação das áreas de preservação permanente e o perigo de inundações no alto curso da bacia hidrográfica do rio Anil, São Luís - Maranhão. Geografia Ensino & Pesquisa, v. 23, n. 44, p. 1-23, 2019. https://doi.org/10.5902/2236499438074. DOI: https://doi.org/10.5902/2236499438074

COSTA, B. N.; COSTA, B. N. Avaliação das condições ambientais do rio Preguiças no município de Barreirinhas, Maranhão, Brasil. RECIMA21 - REVISTA CIENTÍFICA MULTIDISCIPLINAR, v. 2, n.5, p. 1-8, 2021. DOI: https://doi.org/10.47820/recima21.v2i5.339

FERREIRA, A. B.; PEREIRA FILHO, W. Análise do uso e cobertura da terra de três sub-bacias hidrográficas - Rio Grande do Sul/Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física (RBGF), v. 2, n. 3, p. 20-36, 2009. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v2i3.232631

FERREIRA, A. B. R.; PEREIRA, G.; FONSECA, B. M.; CARDOZO,

F. S. As mudanças no uso e cobertura da terra na região oeste da Bahia a partir da expansão

agrícola. Formação (Online), v. 28, n. 53, p. 389-412, 2021.

INSTITUTO MARANHENSE DE ESTUDOS SOCIECONOMICOS E

CARTOGRÁFICOS – IMESC. Sumário Executivo do Zoneamento EcológicoEconômico do Maranhão (ZEE-MA): meio físico-biótico – etapa Bioma Cerrado e

Sistema Costeiro. 2. ed. v.1. São Luís: IMESC, 2021. DOI: https://doi.org/10.24220/2675-7885v2e2021a5522

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICAS - IBGE. Produção Agrícola Municipal – PAM. Rio de Janeiro: IBGE, 2022.

JENSEN, J. R. Introductory digital image processing. Englewood Cliffs: Prentice - Hall,

51 p.

KAUL, H.A.; SOPAN, I. Land Use Land Cover Classification and Change Detection Using

High Resolution Temporal Satellite Data. Journal of Environment, v. 1, n. 4, p. 146-15,

KLEIN, E. L.; SOUSA, C. S. (Org.). Geologia e Recursos Minerais do Estado do

Maranhão. Serviço Geológico do Brasil – CPRM: Belém: 2012.

LEITE, E.F.; ROSA, R. Análise do uso, ocupação e cobertura da terra na bacia hidrográfica do rio Formiga, Tocantins. OBSERVATORIUM: Revista Eletrônica de Geografia. v.4, n.12, p. 90-106, 2012.

MARTINS, A.P.F.; ERTO, R.S.; LIMA, J.R. OLIVEIRA, E. Estudo de impactos

ambientais na comunidade quilombola Serra Feia - Cacimbas, PB. ACSA, Patos-PB, v. 13, n.2, p. 121-129, 2017.

MAPBIOMAS. O Projeto. [s. l.], 2021. Disponível em: https://mapbiomas.org/o-projeto.

MELO, F.P. Risco ambiental e ordenamento do território em Garanhuns - PE. 247f.

(Tese de Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal do

Sergipe, 2016.

MELO, F.P.; SOUZA, R.M. Energia Eletromagnética na Superfície Terrestre: estimativa

multitemporal do albedo em Garanhuns-PE. Ciência e Natura, v. 38, n.1, p. 170 – 178,

OLIVEIRA, R. R. S.; VENTURIERI, A.; SAMPAIO, S. M. N.; LIMA, A. M. M.; ROCHA, E. J. P. Dinâmica de uso e cobertura da terra das regiões de Integração do Araguaia e Tapajós/PA para os anos de 2008 e 2010. Revista Brasileira de Cartografia, v. 7, n. 68, p. 1411-1424, 2015. DOI: https://doi.org/10.14393/rbcv68n7-44369

OLIVEIRA, P.C.S.S.; FERREIRA, N.C.; SANTOS, A.M. Análise da pressão antrópica,

evapotranspiração e temperatura em áreas especiais no sul da Amazônia brasileira. Revista

Geográfica Venezuelana, v. 60, n. 1, p. 28-43, 2018.

PEREIRA, L. C.; ALMEIDA, A. S.; MONTEIRO, B. F.; LAMEIRA, W. J. M.; ASSUNÇÃO, S. P. Mapeamento de uso e cobertura da terra e análise da estrutura da

Paisagem na bacia do rio Uraim. Revista Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 21, n.75, p. 225-239, 2020.

PINTO, J. S.; PINTO, A. L.; PINTO, V. P. S.; OPLIGGER, E. A.; OLIVEIRA, A. K. M. Análise das mudanças do uso e cobertura da terra em dois parques urbanos e seus entornos em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Boletim de Geografia, Maringá, v. 39, p. 33-48, 2021. DOI: https://doi.org/10.4025/bolgeogr.v39.a2021.e59194

SANTANA, R. G.; SILVA, Q. D.; FRANÇA, D. V. B. Análise espacial em áreas de inundações na sub-bacia hidrográfica do riacho do Angelim, São Luís-MA. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), [S. l.], v. 21, n. 2, p. 502–520, 2019. DOI: 10.35701/rcgs.v21n2.580. DOI: https://doi.org/10.35701/rcgs.v21n2.580

SANTOS, Relação entre uso do solo e comportamento hidrológico na Bacia Hidrográfica do

Ribeirão João Leite. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 8,

p. 826-834, 2010.

SANTOS, A.M.; GOMIDE, M.L. A ocupação no entorno das terras indígenas em Rondônia,

Brasil. Boletim Goiano de Geografia, v. 35, n. 3, p. 417-436, 2015.

SANTOS, A.M.; MENDONÇA, A. Conflitos territoriais no Corredor Etnoambiental Tupi-Mondé Rondônia-Mato Grosso. Terr@ Plural, v. 10 n. 2, p. 252-265, 2016. DOI: https://doi.org/10.5212/TerraPlural.v.10i2.0006

SANTOS, A. M.; NUNES, F. G. Mapeamento de Cobertura e do Uso da Terra: Críticas e

autocríticas a partir de um estudo de caso na Amazônia brasileira. Geosul, Florianópolis, v. 36, n.78, p. 476-495, 2021. DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2021.e72887

SEABRA, V. S.; CRUZ, C. M. Mapeamento da Dinâmica da Cobertura e Uso da Terra na Bacia Hidrográfica do Rio São João, RJ. Sociedade e Natureza, Uberlândia, v.25, n.2, p.411-426, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S1982-45132013000200015

SILVA, Q. D.; SOUZA, C. A.; LIMA, C. S.; LIMA, T, E. Uso e cobertura da terra médio curso da bacia do rio Itapecuru, Research, Society and Development, v. 11, n. 8, p. 1-15, 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i8.29610

VASQUEZ, M. L.; KLEIN, E. L.; LOPES, E. C. S. Compartimentação Tectônica. In.

KLEIN, E. L.; SOUSA, C. S. (Org.). Geologia e Recursos Minerais do Estado do

Maranhão. Serviço Geológico do Brasil – CPRM: Belém: 2012.

VALERIANO, M. M. TOPODATA: guia para utilização de dados geomorfológicos locais.

INPE: São José dos Campos, 75 p., 2008.

WISCHMEIER, W. H.; SMITH, D. D. Predicting rainfall erosion losses; a guide to

conservation planning. Washington: U.S. Department of Agriculture, (Agriculture Handbook n. 537), p. 58, 1978.

Downloads

Publicado

2023-08-18

Como Citar

Gonçalves Santana, R., Vale Barros França, D., & Mouzinho Costa Avelar, C. (2023). DINÂMICA DO USO E COBERTURA DA TERRA ENTRE OS ANOS 1985 E 2021 NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PREGUIÇAS – MA, BRASIL. GEOFRONTER, 9(1). https://doi.org/10.61389/geofronter.v9i1.7645

Edição

Seção

Artigos