Ser contemporâneo de si: o tempo fraturado em “Uma Estória de Amor”, de Guimarães Rosa

Autores

  • Clarissa Catarina Barletta Marchelli Pontifícia Universidade Católica - Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Giorgio Aganbem, Contemporaneidade, Guimarães Rosa, “Uma estória de amor”.

Resumo

“Uma estória de amor” expõe as fraturas de um homem s. Embora acompanhado da família e dos empregados da fazenda que administra, Manuelzão sente a dor da solidão. A noção de contemporaneidade de Agambem nos ajuda a compreender a íntima revisão operada pelo protagonista

Downloads

Publicado

16/08/2016

Como Citar

Marchelli, C. C. B. (2016). Ser contemporâneo de si: o tempo fraturado em “Uma Estória de Amor”, de Guimarães Rosa. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 2(13), 59–74. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/1037

Edição

Seção

Tema Livre