Noções de androginia na obra da artista "Frida Kahlo"

Autores

  • Natalia Vanessa Ramirez ufms

Palavras-chave:

Frida Kahlo, androginia, revolución, transgresión, México.

Resumo

Este artigo procura analisar aspectos de androginia na obra do artista Frida Kahlo, a androginia é um importante elemento de destaque na medida em que é assumida pela pintora como uma ferramenta revolucionária é polémica para a época (México início do século XX). A esse respeito, serão tomados como abordagens teóricos, ideias dos autores: Platão, Mircea Eliade, diários e pinturas de Frida Kahlo entre outros, com a intenção de compreender por que a androginia refere-se à noção de um ser humano com feições perfeitas, a partir dos estudos feitos nesse campo em toda a história da humanidade.

 

Palavras chave: Frida Kahlo, androginia, revolução, transgressão, México

Biografia do Autor

Natalia Vanessa Ramirez, ufms

Estudiante colombiana do programa de mestrado em estudo de linguagens na Universidade Ferderal de Mato Grosso do Sul

Referências

ALVES DE SOUZA, Ana. Frida Kahlo: imagens (auto)biográficas. Dissertação. Florianópolis (Brasil): Programa de Pós-Graduação em Literatura. 2011

ARMSTRONG, Priscila. El diario íntimo de Frida Kahlo: amor y transgresión. Tesis de maestría. Santiago de Chile. Universidad de Chile: Programa de Maestría en Literatura con mención en Literatura Hispanoamericana y Chilena. 2011

BALZAC, Honoré. Serafita. Barcelona (España) Editorial: Six Barrel. 1977

Basto, Marli; Carneiro, Maria. Frida Kahlo: uma vida. Revista de Psicanálise. n.5,v.2, 2007

ELIADE, Mircea. Mefistofeles y el Andrógino. Barcelona (España) Editorial Kairos 2001

KAHLO, Frida. El diario de Frida Kahlo, un íntimo retrato- introducción de Carlos Fuentes; ensayo y comentarios de Sarah M. Lowe. Madrid (España) Editorial Debate. 2005

KETENMANN, Andrea. Kahlo. Alemania: Editorial Taschen, 1999.

PLATÓN. El banquete. Introducción, traducción y notas de Victoria Juliá. Losada. Buenos Aires (Argentina) Editorial Losada. 2004

RAMOS, María. Androginia e Surrealismo a propósito de Frida e Ismael – velhos mitos: eterno feminino. Revista Estudos Feministas. n,22, v3. 2014

Downloads

Publicado

16/08/2016

Como Citar

Ramirez, N. V. (2016). Noções de androginia na obra da artista "Frida Kahlo". REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 2(13), 158–176. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/1131

Edição

Seção

Tema Livre