As imagens do herói nas almas perdidas de Netto: um estudo do romance e do filme Netto Perde Sua Alma

Autores

  • João Luis Pereira Ourique Universidade Federal de Pelotas - UFPEL
  • Cássia Benemann da Silva Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Palavras-chave:

literatura, cinema, história, herói, guerreiro, estereótipo.

Resumo

Pretendemos, a partir da análise comparada entre o romance Netto perde sua alma (1995), e o filme homônimo (2001), discutir elementos de aproximação entre ficção e história e os processos de permanência de valores culturais que evidenciam contradições e incoerências. O escritor e roteirista Tabajara Ruas nos apresenta um herói (o General Antônio de Souza Netto) que funde literatura e história, não apenas por este ser também uma personagem histórica, mas por oportunizar a inserção de elementos que dinamizam e potencializam leituras sobre a própria história a partir da ficção. A comparação entre as duas formas narrativas – literária e fílmica – possibilita algumas problematizações entre o “real” e o “ficcional”, de modo a criar um novo plano narratológico no qual percebemos a exaltação do herói a partir dos estereótipos do guerreiro e dos valores morais e éticos que o constituem. Para desenvolvermos essa reflexão, nos apoiaremos fundamentalmente nos textos de György Lukács, Robert Stam, Linda Hutcheon e Gilles Deleuze.

Downloads

Publicado

16/08/2016

Como Citar

Ourique, J. L. P., & da Silva, C. B. (2016). As imagens do herói nas almas perdidas de Netto: um estudo do romance e do filme Netto Perde Sua Alma. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 2(13), 27–41. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/1174

Edição

Seção

Tema Livre