Walt Whitman, Fernando Pessoa e a expressão do poeta libertário

Marcel de Lima Santos

Resumo


Este artigo visa estabelecer uma representação da figura poética enquanto exploradora do imaginário, mostrando-se como é configurada a relação entre a inspiração poética e a liberdade espiritual. Tomando-se como ponto de partida o paralelo existente entre a criação poética, vista como fruto da inspiração visionária, e a imaginação Romântica, enquanto representação dessa manifestação literária, almeja-se observar o diálogo intertextual e estilistico da literatura de língua portuguesa com a literatura de língua inglesa, a partir de exemplos significativos das obras dos poetas Fernando Pessoa e Walt Whitman. Essas figuras representativas, devidamente inseridas em seus contextos histórico-literários, servirão como fundamentação para se debater o estudo da identidade/alteridade, a ser encontrado no diálogo entre as representações literárias da língua portuguesa e outras literaturas, neste caso, a de língua inglesa.


Palavras-chave


poesia; literatura; imaginacao

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMS, M. H. The Mirror and the Lamp. London: Oxford University Press, 1953.

ADAMS, Hazard. (Ed.) Critical Theory since Plato. San Diego: Harcourt Brace Jovanovich, 1971.

BAREA, Arturo. Lorca: The Poet and His People. New York: Grove Press, 1960.

BLOOM, Harold. The Western Canon. New York: Harcourt, 1994.

BRADBURY, Malcolm (Ed.). Modernismo-Guia Geral 1890-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

ELIADE, Mircea. Shamanism: Archaic Techniques of Ecstasy. Princeton: Princeton University Press, 1964.

GALHOZ, Maria Aliete (Ed.). Fernando Pessoa-Obra Poética. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1986.

HOUGH, Graham. “A lírica modernista” em Malcolm Bradbury (Ed.). Modernismo-Guia Geral 1890-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

HUNTINGTON, William (Ed.). The Philosophy of Nietzsche. New York: The Modern Library, 1927.

HUTCHINS, Robert Maynard (Ed.). Plato - Great Books of the Western World. Chicago: Chicago University Press, 1971.

JUNG, Carl Gustav. “On the Relation of Analytical Psychology to Poetry” em Hazard Adams (Ed.). Critical Theory since Plato. San Diego: Harcourt, 1971.

LORCA, Federico García. “The Duende” em Poet in New York. New York: Grove Press, 1955.

PAZ, Octavio. El Arco y la Lira. México: Fondo de Cultura Económica, 1956.

PAZ, Octavio. A Outra Voz. São Paulo: Silviano, 1993.

SANTOS, Maria Irene Ramalho de Sousa. Atlantic Poets: Fernando Pessoa’s Turn in Anglo-American Modernism. Hanover: University Press of New England, 2003.

TRAWICK, Leonard. Backgrounds of Romanticism. Bloomington: Indiana University Press, 1967.

WHITMAN, Walt. Complete Poetry and Collected Prose. New York: The Library of America, 1982.




Direitos autorais 2019 REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Editor-chefe: Professor Doutor Andre Rezende Benatti

ISSN: 2179-4456