Choque entre ficção e real: releituras históricas nos contos de Fernando Bonassi

Visualizações: 624

Autores

  • Raquel Medina Dias UFMS

Palavras-chave:

Literatura contemporânea, sociedade, ficção, história,

Resumo

Estudar a ficção brasileira contemporânea, numa perspectiva histórica e social, a partir da análise dos contos de Violência e paixão (2007), de Fernando Bonassi, é o objetivo desse trabalho. Lançada ao desafio, ao propor estudos sobre a arte hodierna, a crítica à literatura produzida no final do século XX e início do XXI, vale-se, muitas vezes, da repercussão imediata de cada autor, por não haver distanciamento que o passar do tempo proporciona (COSTA PINTO, 2004). Nesse contexto, convém mencionar que o objeto de estudo em questão foi publicado pela primeira vez na antologia Geração 90: manuscritos de computador, organizada pelo contista Nelson de Oliveira, em 2003 e, posteriormente, publicado na obra Violência e paixão, em 2006. Nessa configuração de tempo, o presente trabalho aponta algumas possibilidades de releituras históricas, numa perspectiva social, como sendo matéria da narrativa dos contos da obra em estudo, e indicá-las como possíveis tendências da ficção brasileira. Dessa forma, situar referida obra no contexto da literatura brasileira contemporânea.

Downloads

Publicado

2015-08-27

Como Citar

DIAS, Raquel Medina. Choque entre ficção e real: releituras históricas nos contos de Fernando Bonassi. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 155–159, 2015. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/324. Acesso em: 17 abr. 2024.

Edição

Seção

Tema Livre