Os prefácios dos romances de João Marques de Carvalho em folhetins belenenses oitocentistas

Visualizações: 752

Autores

  • Alan Victor Flor Da Silva PG-UFPA
  • Germana Maria Araujo Sales UFPA

Palavras-chave:

Marques de Carvalho, prefácios, público-leitor, folhetim, jornais,

Resumo

João Marques de Carvalho nasceu no dia 6 de novembro de 1866, em Belém, no estado do Pará, e morreu no dia 11 de abril de 1910, em Nice, na França, aos 43 anos. Durante sua vida, foi diplomata, político, jornalista e escritor. Atuou não apenas como colaborador de jornais que fizeram parte da constituição da história da imprensa paraense, como Diário de Belém, A Província do Pará e A República, como também ajudou a fundar jornais de pequeno porte e vida efêmera, como A Arena e Comércio do Pará. Nessas folhas periódicas, deixou grande parte de sua produção ficcional, como poemas, contos e romances. A partir dos prefácios dos romances em folhetim A leviana: história de um coração (1885) e O Pagé (1887), publicados, respectivamente, nos jornais A Província do Pará e A República, objetivamos, com este trabalho, traçar o perfil do leitor idealizado por Marques de Carvalho e a construção que o autor faz de si mesmo em relação a seu papel de escritor nos prólogos dessas narrativas.

 

Downloads

Publicado

2015-09-04

Como Citar

DA SILVA, Alan Victor Flor; SALES, Germana Maria Araujo. Os prefácios dos romances de João Marques de Carvalho em folhetins belenenses oitocentistas. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, [S. l.], v. 2, n. 5, p. 99–114, 2015. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/359. Acesso em: 13 jul. 2024.