Borges e García Márquez versus Rosa e Jorge Amado: breves considerações sobre disparidades na recepção literária internacional

Autores

  • André Barbosa Macedo USP/FU - Berlim

Palavras-chave:

Borges, García Márquez, Guimarães Rosa, Jorge Amado, recepção comparada.

Resumo

O objetivo do artigo é realizar breves considerações sobre a recepção internacional de quatro escritores latino-americanos. Dois hispano-americanos (Jorge Luis Borges e Gabriel García Márquez) em contraste com dois brasileiros (João Guimarães Rosa e Jorge Amado).

Biografia do Autor

André Barbosa Macedo, USP/FU - Berlim

Doutorando em Literatura Brasileira sob orientação de José Miguel Wisnik. O presente texto vincula-se, como passo além, a uma pesquisa que investiga de maneira abrangente a recepção crítica de Guimarães Rosa desde os rodapés. A pesquisa contou com bolsas do CNPq (doutorado na FFLCH/USP) e CAPES (doutorado sanduíche na FU-Berlin).

Downloads

Como Citar

Macedo, A. B. (2015). Borges e García Márquez versus Rosa e Jorge Amado: breves considerações sobre disparidades na recepção literária internacional. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 1(10), 36–45. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/424