Mulheres negras em diáspora: A sororidade nas obras de Toni Morrison

Autores

Palavras-chave:

diáspora negra, autoria feminina, Toni Morrison, sororidade

Resumo

Mulheres negras há muito são marginalizadas do cânone literário. Escrevivências de mulheres em diáspora estão redefinindo as tradições literárias e evidenciando questões de raça, classe e gênero à frente das discussões. Toni Morrison, uma das escritoras mais influentes do século XX, faleceu em 2019, deixando um legado para as escritoras e intelectuais negras. Vencedora do Prêmio Nobel e do Pulitzer Prize, Morrison contribuiu imensamente para a discussão sobre literatura afro-americana e críticas literárias - especialmente a produzida por mulheres negras – por meio de suas obras literárias e ensaios críticos. Em muitos de seus romances, Morrison desafia ideias preconcebidas e descreve as implicações de ser uma mulher negra durante e após a escravidão. A maioria das personagens femininas de Morrison é influenciada por laços que constantemente moldam suas vidas. Em uma tentativa de trazer à tona as discussões de obras literárias produzidas por mulheres negras em diáspora, este ensaio concentra-se na sororidade entre as personagens femininas nas obras Sula (1973) e A Mercy (2009) de Toni Morrison. Por meio desses laços de sororidade as personagens moldam a própria subjetividade e lutam pelo próprio fortalecimento e por empoderamento.

Biografia do Autor

Natalia Fontes de Oliveira, Universidade Federal de Viçosa

Natália Fontes de Oliveira é professora adjunto do Departamento de Letras da Universidade Federal de Viçosa atuando na área de literaturas de expressão inglesa, literatura comparada, literatura produzida por mulheres, crítica literária feminista e estudos de diáspora.

Referências

REFERÊNCIAS

ABEL, Elizabeth. (E)Merging identities: the dynamics of female friendship in contemporary fiction by women. Signs 6.3 (1982): 413-435. JSTOR. Web. 4 May 2010.

DAVIES, Carole Boyce. Black women, writing and identity: migrations of the subject. New York and London: Routledge, 1994.

DAVIS, Angela. Women, race, and class. London: The Women’s Press, 1982.

FARINI, Ana Maria Sampaio Luz. Traduzindo a comunidade afro-americana de Toni Morrison em Sula. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2016.

FRIEDMAN, Susan. Mappings: feminism and the cultural geographies of encounter. New Jersey: Princeton U P, 1998.

GARDINER, Judith Kegan. The (US)es of (I)dentity: a response to Abel on ‘(E)Merging identities’. Signs 6.3 (1981): 436-442. JSTOR. Web. 4 May 2010.

GILLESPIE, Diane; KUBITSCHEK, Missy Dehn. Who cares? Women-centered psychology in Sula. Black American Literature Forum 24.1 (1990): 21-48. JSTOR. Web. 17 Mar. 2009.

HALL, Donald. Subjectivity. New York and London: Routledge, 2004.

hooks, bell. Yearning: race, gender, and cultural politics. Boston: South End, 1990.

HUDSON-WEEMS, Clenora. Africana womanist literary theory. Trenton and Asmara: Africa World P, 2004.

LORDE, Audre. Age, race, class, and sex: women redefining difference. Sister outsider. Ed. Audre Lorde. California: Crossing Press, 1984.

MASON, Wyatt. The color money. Rev. of A Mercy, by Toni Morrison. New York Review of Books 56.4 (2009): 35-7.

QUASHIE, Kevin Everod. The other dancer as self: girlfriend selfhood in Toni Morrison’s Sula and Alice Walker’s The Color Purple. Meridians: feminism, race, transnationalism 2.1 (2001): 187-217. WILSON WEB. Web. 8 Apr. 2009.

RIBEIRO, Djamila. Lugar de Fala. São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen, 2019.

SMITH, Barbara. Toward a black feminist criticism. Within the circle: an anthology of african american literary criticism from the Harlem renaissance to the present. Ed. Angelyn Mitchell. Durham and London: Duke UP, 1994. 410-27.

MORRISON, Toni. A Mercy. New York: Alfred A. Knoff, 2009.

MORRISON, Toni. Compaixão. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

MORRISON, Toni. Sula. New York: Penguin, 1973.

WALKER, Alice. In Search of Our Mothers’ Gardens. Within the circle: an anthology of african american literary criticism from the Harlem renaissance to the present. Ed. Angelyn Mitchell. Durham and London: Duke UP, 1994. 401-9.

Downloads

Publicado

2020-09-21

Como Citar

Fontes de Oliveira, N. (2020). Mulheres negras em diáspora: A sororidade nas obras de Toni Morrison. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 1(24), 304–331. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/5033