A representação da mulher na construção da nação moçambicana em O Alegre Canto da Perdiz

Pauline Champagnat

Resumo


Em O Alegre Canto da Perdiz (2008), o recurso a imagens míticas para tentar explicar o processo de construção da nação é frequente. Aqui, as representações femininas estereotipadas usadas pela autora deixam evidente a perspectiva necessariamente subjetiva quando se trata da construção da nação moçambicana. Para começar, faremos uma reflexão sobre a construção da nação moçambicana a partir do olhar do colonizador. Em seguida, abordaremos a questão da perpetuação da herança colonialista. Para conduzir a nossa análise, usaremos os conceitos trazidos por Hooks (2015), Macedo e Amaral (2005), Davis (2016), Barbosa e Secco (2014), e Oyewumi (1997). A nossa análise nos permitirá entender como a autora procura desconstruir as imagens tradicionalmente associadas ao processo de construção da identidade nacional apropriando-se da voz do passado colonial, para nos trazer um olhar renovado, usando uma perspectiva feminina e descolonial.


Palavras-chave


literatura moçambicana; Paulina Chiziane; nação; mito; alegoria

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA DE MEDEIROS, Claudia. TINDÓ SECCO RIBEIRO Carmen Lúcia. O Alegre Canto do corpo feminino e suas notas dissonantes. Revista Graphos, vol. 16, n° 1, 2014, UFPB/PPGL.

CHIZIANE, Paulina. O Alegre Canto da Perdiz. Porto : Caminho, 2008.

DAVIS, Angela. Femmes, race et classe. Paris : Des femmes-Antoinette Fouque, 2016.

HOOKS, Bell. Ne suis-je pas une femme ? Femmes noires et féminisme. Editions Cambourakis, 2015.

MACEDO, Ana Gabriela. AMARAL, Ana Luísa. Dicionário da crítica feminista. Porto: Edições afrontamento, 2005.

MEMMI, Albert. Portrait du colonisé précédé du portrait du colonisateur. Paris: Éditions Payot, 1973.

OYEWUMI, Oyeronke. The invention of women: making an African sense of western gender discourses. London: University of Minnesota, 1997.

WALTER, Benjamin. Sur le concept de l’Histoire. Paris : Payot, 2013.




Direitos autorais 2021 REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Editor-chefe: Professor Doutor Andre Rezende Benatti

ISSN: 2179-4456