Apresentação - Os esquecidos e os negligenciados nas literaturas das Américas

Autores

Palavras-chave:

Esquecidos, Negligenciados, excluídos, Relações Literárias Itneramericanas

Resumo

Esta proposta de dossiê parte das reflexões e pesquisas desenvolvidas no GT Relações Literárias Interamericanas da ANPOLL e tem como objetivo refletir sobre às várias formas de exclusão e sobre os sujeitos excluídos representados, ou como afirma Barthes em Aula (2013, p. 23), demonstrados na Literatura, assim como a ascensão, na contemporaneidade, da voz dos excluídos, dos marginalizados na Literatura como criadores da arte literária. No ensaio "A escrita e os excluídos", presente em Literatura e Resistência (2002), Alfredo Bosi propõe que para compreendermos as relações estabelecidas entre a Literatura e os sujeitos excluídos ou que estão à margem da sociedade, os negligenciados precisamos percebê-los a partir de dois prismas distintos, porém relacionados. Primeiramente Bosi se refere aos historiadores da literatura que percebem os excluídos, os marginalizados ou negligenciados como objeto da escrita literária. São estes sujeitos, suas vivências e experiências empíricas que darão base para que os escritores construam suas personagens, seus enredos, as temáticas escolhidas por estes, dando a estes sujeitos, que por determinados motivos estão ou foram excluídos, marginalizados ou negligenciados pela sociedade como um todo, o protagonismo dos textos literários. Já a segunda relação apontada por Bosi entre o sujeito excluído e a escrita literária aponta para o homem sem letras, o ensaísta versa sobre o excluído enquanto sujeito do processo simbólico.  Assim, buscamos a atualidade dos debates nas diversas sociedades das Américas passa na problemática da exclusão, da marginalização, da negligencia de determinados sujeitos, seja a problemática qual for, de gênero, racial, política, cultural, social, etc., provocada pelos mais variados fatores e manifestadas das mais variadas formas.

Biografia do Autor

Andre Rezende Benatti, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Doutor em Letras Neolatinas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - Brasil. Professor Adjunto da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Brasil. Editor-chefe da REVELL. ORCID iD: https://orcid.org/0000-0001-8909-8347. E-mail: andre_benatti29@hotmail.com

Referências

ACHUGAR, Hugo. Planetas sem boca: escritos efêmeros sobre arte, cultura e literatura. Tradução de Lyslei Nascimento. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Tradução de Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

BOSI, Alfredo. A escrita e os excluídos. In.: BOSI, Alfredo. Literatura e resistência. São Paulo: Cia. Das Letras, 2002.

CANDIDO, Antonio. De cortiço a cortiço. In.: CANDIDO, Antonio. O discurso e a cidade. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2015.

EBLE, Laeticia Jensen (Org.); DALCASTAGNÈ, Regina (Org.). Literatura e exclusão. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2017.

FOSTER, William David (Org.); CALEGARI, Lizandro Carlos (Org.); MARTINS, Ricardo André Ferreira (Org.). Excluídos e marginalizados na literatura: uma estética dos oprimidos. Santa Maria: Ed. UFSM, 2013.

GARCIA CANCLINI, Néstor. Diferentes, desiguais e desconectados. Tradução de Luiz Sérgio Henriques. 3.ed. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2009.

GIDDENS, Anthony. Pobreza, Previdência e Exclusão Social. In.: Anthony Giddens (org), Sociologia. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2008. 310 – 345.

JITRIK, Noé; GRAMUGLIO, María Teresa. Historia crítica de la literatura argentina. El imperio realista (vol. 6). Buenos Aires: Emecé, 2002.

RANCIÈRE, Jacques. As margens da ficção. Tradução de Fernando Scheibe. São Paulo: Editora 34, 2021.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Sobre o autoritarismo brasileiro. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

SCHWARZ, Roberto (org.). Os pobres na literatura brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SONTAG, Susan. Diante da dor dos outros. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

SOUZA, Licia Soares de. Memórias narrativas, memórias marginais. In: GONZÁLEZ, Elena Palmero; COSER, Stelamaris. Entre traços e rasuras: intervenções da memória na escrita das américas. 1ª ed. Rio de Janeiro: 7Letras: Faperj, 2013.

UMBACH, Rosani Úrsula Ketzer; CALEGARI, Lizando Carlos; VIVIAN, Ilse Maria da Rosa (orgs). Literatura, exclusão e resistência. Jundiaí: Paco Editorial, 2020.

Downloads

Publicado

2022-12-14

Como Citar

Benatti, A. R. (2022). Apresentação - Os esquecidos e os negligenciados nas literaturas das Américas. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 2(32), 10–15. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/7314

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)