A presença da Divina Comédia em Helena, de Machado de Assis

Autores

  • Eugênio Vinci de Moraes Professor de Língua Portuguesa do Centro Universitário Uninter (UNINTER-PR)

Palavras-chave:

Machado de Assis, estilo, Divina comédia, Helena.

Resumo

Este artigo busca compreender, analisar e interpretar a presença da Divina Comédia no romance Helena, de Machado de Assis. Com base numa análise da citação e das alusões à obra do poeta italiano no texto machadiano, viu-se, primeiro, que elas ajudam a compor a formulação da ideia de desvio e justa medida que percorrem as peripécias do par Helena e Estácio sob a jurisdição da família Vale; e, segundo, que esse recurso está na medula do processo estilístico de Machado de Assis.

Biografia do Autor

Eugênio Vinci de Moraes, Professor de Língua Portuguesa do Centro Universitário Uninter (UNINTER-PR)

Doutor em Letras (Literatura Brasileira), pela Universidade de São Paulo – USP;

Professor de Língua Portuguesa do Centro Universitário Uninter (UNINTER-PR)

Downloads

Publicado

29/04/2016

Como Citar

de Moraes, E. V. (2016). A presença da Divina Comédia em Helena, de Machado de Assis. REVELL - REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, 2(11), 182–197. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/REV/article/view/887