TEOR E FITOQUÍMICA DE ÓLEO ESSENCIAL DE MANJERICÃO EM DIFERENTES HORÁRIOS DE COLHEITA

Visualizações: 1448

Authors

  • Francisca Dayanne de Oliveira Alcantara Universidade Federal do Cariri (UFCA), Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB). Campus Crato. Endereço: Rua Ícaro de Sousa Moreira, s/n, Bairro Barro Branco, Crato, Ceará, Brasil. CEP: 63.130-025
  • Toshik Iarley da Silva Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Fitotecnia, R. Purdue, 392-486, Campus Universitário, Viçosa, Minas Gerais, Brasil, CEP: 36570-900
  • Tamires Coelho Matias Maciel Universidade Federal do Cariri (UFCA), Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB). Campus Crato. Endereço: Rua Ícaro de Sousa Moreira, s/n, Bairro Barro Branco, Crato, Ceará, Brasil. CEP: 63.130-025
  • Cláudia Araújo Marco Universidade Federal do Cariri (UFCA), Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB). Campus Crato. Endereço: Rua Ícaro de Sousa Moreira, s/n, Bairro Barro Branco, Crato, Ceará, Brasil. CEP: 63.130-025
  • Flávio Batista da Silva Universidade Federal do Cariri (UFCA), Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade (CCAB). Campus Crato. Endereço: Rua Ícaro de Sousa Moreira, s/n, Bairro Barro Branco, Crato, Ceará, Brasil. CEP: 63.130-025

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v5i4.1682

Abstract

O manjericão (Ocimum basilicum) é uma das plantas medicinais e aromáticas mais consumidas no mundo, sendo seu óleo essencial amplamente utilizado nas indústrias químicas, farmacêuticas e de flavorizantes. No entanto, muitos fatores podem influenciar no teor do óleo essencial, dentre eles o horário de colheita das plantas. Com vista nisso, o objetivo deste trabalho foi avaliar o teor e fitoquímica do óleo essencial em cultivares de manjericão submetidos a diferentes horários de colheita. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade da Universidade Federal do Cariri, Crato, Ceará. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 4, com três repetições. Os fatores foram dois cultivares (Toscano Folha de Alface e Alfavaca Basilicão) e quatro horários de coleta (7, 10, 13 e 16 horas). A análise fitoquímica foi realizada na Universidade Regional do Cariri. O maior teor de óleo essencial foi obtido às 14 e 21 horas para os cultivares Alfavaca Basilicão e Toscano Folha de Alface, respectivamente. Quanto à análise fitoquímica, os cultivares apresentaram flavonoides, taninos e no cultivar Alfavaca Basilicão há, também, alcaloides. 

References

(I) Alencar, J.W., Craveiro, A.A., Matos, F. J. A., 1984. Kovats indices as a preselection routine in mass spectra library search of volatiles. Journal of Natural Products, 47(5), 890-892.

(II) Barbosa Filho, J.M., Medeiros, K.C.P., Diniz, M.F.F.M., Batista, L.M., Athayde-Filho, P.F., Silva, M.S.; Cunha, E.V.L., Almeida, J.R G.S., Quintans-Júnior, L.J., 2006. Natural products inhibitors of the enzyme acetyl cholinesterase. Revista Brasileira de Farmacognosia, 16(2), 258-285.

(III) Botrel, P.P., Pinto, J.E.B.P., Ferraz, V., Bertolucci, S.K.V., Figueiredo, F.C., 2010. Teor e composição do óleo essência de Hyptis marrubioides Epl., Lamiaceae em função da sazonalidade. Acta Scientarum. Agronomy, 32(3), 533-538.

(IV) Carvalho Filho, J.L.S., Blank, A.F., Alves, P.B., Ehlert, P.A.D., Melo, A.S., Cavalcanti, S.C.H., Arrigoni-Blank, M.F., Silva-Mann, R., 2006. Influence of the harvesting time, temperature and drying period on basil (Ocimum basilicum L.) essencial oil. Revista Brasileira de Farmacognosia, 16, 24-30.

(V) Deschamps, C., Zanatta, J.L., Bizzo, H.R., Oliveira, M.C., Roswalkas, L.C., 2008. Avaliação sazonal do rendimento de óleo essencial em espécies de menta. Ciência e Agrotecnologia, 32(3), 725-730.

(VI) Favorito, P.A., Echer, M.M., Offemann, L.C., Schlindwein, M.D., Colombare, L.F., Schineider, R.P., Hachmann, T.L., 2011. Características produtivas do manjericão (Ocimum basilicum L.) em função do espaçamento entre plantas e entre linhas. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 13, 582-586.

(VII) Ferreira, D.F., 2011. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35(6), 1039-42.

(VIII) Flanigan, P.M., Niemeyer, E.D., 2014. Effect of cultivar on phenolic levels, anthocyanin composition, and antioxidant properties in purple basil (Ocimum basilicum L.). Food chemistry, 164, 518-526.

(IX) FUNCEME, 2012. Levantamento de reconhecimento de média intensidade dos solos - Mesorregião do Sul Cearense. Fortaleza-CE: Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos.

(X) Gobbo-Neto, L., Lopes, N.P., 2007. Plantas medicinais: fatores de influência no conteúdo de metabólitos secundários. Química Nova, 30(2), 374-381.

(XI) Matos, F.J.A., 1997. Introdução à fitoquímica experimental. Edições UFC, Fortaleza.

(XII) Mccance, K.R., Flanigan, P.M., Quick, M.M., Niemeyer, E.D., 2016. Influence of plant maturity on anthocyanin concentrations, phenolic composition, and antioxidant properties of 3 purple basil (Ocimum basilicum L.) cultivars. Journal of Food Composition and Analysis, 53, 30-39.

(XIII) Melo, M.T.P.D., Ribeiro, J.M., Meira, M.R., Figueiredo, L.S.D., Martins, E.R., 2011. Essential oil content of pepper-rosmarin as a function of harvest time. Ciência Rural, 41(7), 1166-1169.

(XIV) Miranda, C.A.S.F., Cardoso, M.G., Batista, L.R., Rodrigues, L.M.A., Figueiredo, A.C.S., 2016. Óleos essenciais de folhas de diversas espécies: propriedades antioxidantes e antibacterianas no crescimento espécies patogênicas. Revista Ciência Agronômica, 47, 213-220.

(XV) Morais, L.A.S., 2009. Influência dos fatores abióticos na composição química dos óleos essenciais. Horticultura brasileira, 27(2), S4050-S4063.

(XVI) Oliveira, A.R.M.F., Jezler, C.N., Oliveira, R.A., Mielke, M.S., Costa, L.C.B., 2012. Determinação do tempo de hidrodestilação e do horário de colheita no óleo essencial de menta. Horticultura Brasileira, 30, 155-159.

(XVII) Paulus, D., Valmorbida, R., Ferreira, S.B., Zorzzi, I.C., Nava, G.A., 2016. Biomassa e composição do óleo essencial de manjericão cultivado sob malhas fotoconversoras e colhido em diferentes épocas. Horticultura Brasileira, 34, 46-53.

(XVIII) Taiz, L., Zeiger, E., Møller, I.M., Murphy, A., 2017. Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal. 6. ed. Artmed, Porto Alegre.

(XIX) Tanase, C., Talmaciu, A.I., Bâra, I.C., Boz, I., Volf, I., Oroian, S., Popa, V.I., 2018. New aspects of biomass waste valorization: spruce bark crude extracts as plant growth regulators. BioResources, 13(2), 3994-4007.

(XX) Teixeira, T.S., Vale, R.C., Almeida, R.R., Ferreira, T.P.S., Guimarães, L.G.L., 2017. Antioxidant potential and its correlation with the contents of phenolic compounds and flavonoids of methanolic extracts from different medicinal plants. Revista Virtual de Química, 9(4), 1546-1559.

(XXI) Vizzotto, M., Krolow, A.C.R., Weber, G.E.B., 2010. Metabólitos secundários encontrados em plantas e sua importância. Embrapa Clima Temperado-Documentos (INFOTECA-E).

Published

2018-12-10

How to Cite

Alcantara, F. D. de O., da Silva, T. I., Maciel, T. C. M., Marco, C. A., & da Silva, F. B. (2018). TEOR E FITOQUÍMICA DE ÓLEO ESSENCIAL DE MANJERICÃO EM DIFERENTES HORÁRIOS DE COLHEITA. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 5(4), 1–6. https://doi.org/10.32404/rean.v5i4.1682

Most read articles by the same author(s)