EFEITO DO SEXO SOBRE DESEMPENHO PRODUTIVO E CARACTERÍSTICAS DE CARCAÇA DE FRANGOS DE CORTE

Camila Priscila Fernandes de Freitas Gottardi, Andréia Fróes Galuci Oliveira, Aurélio Ricardo Queiroz de Souza, Bruno Reis Ferreira, Thales Silva Ferreira, João Eduardo Pereira Abaker

Resumo


Objetivou-se com o presente estudo avaliar o efeito do sexo sobre o desempenho produtivo e características de carcaça de uma linhagem comercial de frangos de corte, em região de clima quente. Foram utilizados 360 pintinhos de um dia, da linhagem comercial Cobb 500®, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos (macho, fêmea e misto) e quatro repetições. Para o desempenho, avaliou-se o peso vivo, consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar nos períodos de 1-7, 1-14, 1-21, 1-28, 1-35 e 1-42 dias, e para as características de carcaça avaliou-se o peso e rendimento de carcaça, peso e rendimento de cortes comerciais e de miúdos comestíveis e peso da gordura abdominal aos 42 dias. Para o período de 1-42 dias, tanto para peso vivo, consumo de ração e ganho de peso, os machos apresentaram os maiores valores. O peso da carcaça e da sobrecoxa foram maiores para os machos e, para peso da coxa e da asa, o lote misto e os machos foram iguais com peso superior ao das fêmeas. O rendimento de coxa foi maior para os machos e mistos. Os frangos de corte machos da linhagem Cobb 500® apresentaram melhor desempenho e peso de carcaça em comparação aos lotes mistos e de fêmeas. Contudo, recomenda-se a criação de machos em região de clima quente.


Texto completo:

PDF

Referências


(I) ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), 2018. Relatório Anual 2018, 176 p. http://abpa-br.com.br/storage/files/relatorio-anual-2018.pdf (Acessado 22 de novembro de 2018).

(II) Api, I., Takahashi, S.E., Mendes, A.S., Paixão, S.J., Refati, R., Restelatto, R., 2017. Efeito da sexagem e linhagens sobre o desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte. Ciência Animal Brasileira, 18, 1-10.

(III) Bampi, V., 2016. Qual a melhor linhagem ou raça de frangos de corte? Avicultura Industrial. https://www.aviculturaindustrial.com.br/imprensa/qual-a-melhor-linhagem-ou-raca-de-frangos-de-corte-/20090819-084749-z433 (Acessado 22 de novembro de 2018).

(IV) Boldorini, C.C., Fernandes, E.A., Silveira, M.M., Marcacine, B. A., 2012. Estudo comparativo entre diferentes linhagens comerciais de frangos de corte. Revista Brasileira de Ciência Avícola, 32(4), 713-720.

(V) Carvalho, J.C.C., Bertechini, A.G., Fassani, E.J., Rodrigues, P.B., Pereira, R.A.N., 2009. Desempenho e características de carcaça de frangos de corte alimentados com dietas à base de milho e farelo de soja suplementadas com complexos enzimáticos. Revista Brasileira de Zootecnia, 38(2), 292-298.

(VI) Cobb-Vantress, 2009. Manual de Manejo de Frangos de Corte, Guapiaçu-SP, 70 p. http://wp.ufpel.edu.br/avicultura/files/2012/04/Cobb-Manual-Frango-Corte-BR.pdf (Acessado 03 de julho de 2017).

(VII) Cobb-Vantress, 2015. Suplemento: Desempenho e Nutrição para Frangos de Corte Cobb 500, 14 p. https://cobbstorage.blob.core.windows.net/guides/f921ef80-5d14-11e8-9602-256ac3ce03b1 (Acessado 23 de novembro de 2018).

(VIII) Cotta, J.T.B., 2012. Frangos de corte: criação, abate e comercialização, segunda ed. Viçosa-MG, Aprenda Fácil.

(IX) Ferreira, D.F., 2011. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35(6), 1039-1042.

(X) Lara, L.J.C., Baião, N.C., Rocha, J.S.R., Lana, A.M.Q., Cançado, S.V., Fontes, D.O., Leite, R.S., 2008. Influência da forma física da ração e da linhagem sobre o desempenho e rendimento de cortes de frangos de corte. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 60(4), 970-978.

(XI) Marcato, S.M., Sakomura, N.K., Fernandes, J.B.K., Siqueira, J.C., Dourado, L.R.B., Freitas, E.R., 2010. Crescimento e deposição de nutrientes nos órgãos de frangos de corte de duas linhagens comerciais. Revista Brasileira de Zootecnia, 39(5), 1082-1091.

(XII) Martins, J.M.S., Taveira, R.Z., Hitz, F.H., Henrique Castilhano, H., Santos, M.P., 2012. Desempenho zootécnico de linhagens de frango de corte de crescimento rápido. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, 6 (4), ed. 191, art. 1287.

(XIII) Moreira, J., Mendes, A.A., Roça, R.O., Garcia, E.A., Naas, I.A., Garcia, R.G., Paz, I.C.L.A., 2004. Efeito da densidade populacional sobre desempenho, rendimento de carcaça e qualidade da carne em frangos de corte de diferentes linhagens comerciais. Revista Brasileira de Zootecnia, 33(6), 1506-1519.

(XIV) Moro, D.N., Zanella, I., Figueiredo, E.A.P., Silva, J.H.S., 2005. Desempenho produtivo de quatro linhagens de frangos de corte. Ciência Rural, 35(2), 446-449.

(XV) Murakami, K.T.T., Pinto, M.F., Ponsano, E.H.G., Neto, M.G., 2010. Desempenho produtivo e qualidade da carne de frangos alimentados com ração contendo óleo de linhaça. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 45(4), 401-407.

(XVI) Rostagno, H.S., 2011. Tabelas brasileiras para aves e suínos: composição de alimentos e exigências nutricionais, terceira ed. Viçosa, UFV, Departamento de Zootecnia.

(XVII) Sakomura, N.K., Rostagno, H.S., 2016. Métodos de pesquisa em nutrição de monogástricos. Unesp, Campus de Jaboticabal, Funep.

(XVIII) Santos, A.L., Sakomura, N.K., Freitas, E.R., Maria, C., Fortes, L.S., Carrilho, E.N.V.M., Fernandes, J.B.K., 2005. Estudo do crescimento, desempenho, rendimento de carcaça e qualidade de carne de três linhagens de frango de corte. Revista Brasileira de Zootecnia, 34(5), 1589-1598.

(XIX) Stringhini, J.H., Laboissiére, M., Muramatsu, K., Leandro, N.S.M., Café, M.B., 2003. Avaliação do desempenho e rendimento de carcaça de quatro linhagens de frangos de corte criadas em Goiás. Revista Brasileira de Zootecnia, 32(1), 183-190.




DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v6i2.1738

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.