ANÁLISE DE TRILHA DE ATRIBUTOS FÍSICOS NA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO DE UM LATOSSOLO AMARELO

Renato Paiva Lima, Anderson Rodrigo Silva, Dener Márcio da Silva Oliveira

Resumo


O estudo das relações entre os atributos físicos do solo é mecanismo importante no monitoramento da compactação. O objetivo do trabalho foi estudar o desdobramento das correlações em efeitos diretos e indiretos, por meio da análise de trilha, de atributos físicos sobre a resistência à penetração de um Latossolo Amarelo. O trabalho foi realizado na Fazenda Experimental Chã-de-Jardim, Areia, PB. As amostras, total de 24, foram coletadas na camada de 0,0-0,2 m, em uma parcela experimental de 35 × 35 m. Os atributos físicos analisados foram: densidade do solo, umidade, textura, além da resistência à penetração. As variáveis foram submetidas à análise de trilha, considerando a resistência à penetração como variável básica e a densidade do solo, umidade e silte+argila como variáveis explicativas. A densidade do solo foi o único atributo que se correlacionou diretamente com a resistência à penetração, com efeitos bem superiores aos demais atributos físicos do solo analisados. A umidade do solo e as frações texturais não apresentaram correlações significativas com a resistência à penetração de forma direta ou indireta. A densidade do solo foi o atributo que mais influenciou a resistência a penetração de forma direta. O efeito da umidade e da textura na resistência à penetração é indiretamente influenciado pela densidade do solo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v1i1.216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 JOURNAL OF NEOTROPICAL AGRICULTURE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.