INFLUÊNCIA DE SISTEMAS DE PREPARO NA MANUTENÇÃO DA PALHADA E RESISTÊNCIA DO SOLO À PENETRAÇÃO

Authors

  • Gustavo de Faria Theodoro Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Campo Grande, MS, Brasil.
  • Henrique de Oliveira Golin Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Campo Grande, MS, Brasil.
  • Marcio Santos da Silva Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Campo Grande, MS, Brasil.
  • Rafael Padilha Rezende Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Campo Grande, MS, Brasil.
  • Victor Luan Silva de Abreu Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Campo Grande, MS, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v5i2.2220

Abstract

O preparo do solo favorece o desenvolvimento do sistema radicular e cria condições adequadas para o desenvolvimento das plantas. Todavia, o intenso uso de máquinas e implementos pode afetar a resistência do solo à penetração (RP) e a manutenção da cobertura vegetal morta na superfície do solo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência dos sistemas de preparo convencional e reduzido sobre a RP e a cobertura vegetal morta em um Latossolo vermelho de textura muito argilosa, em condições de baixa umidade, além de comparar três métodos na estimativa da palhada. A RP foi avaliada por meio do uso de um penetrômetro de impacto modelo IAA/Planalsucar – Stolf na profundidade de 0,0-0,6m e a cobertura vegetal morta por meio da captura e análise de imagens. Houve diferença significativa entre os tratamentos nas profundidades de 0,15-0,20 m, 0,45-0,50 m e 0,50-0,55 m do solo. Ambos os sistemas de preparo fizeram com que o solo apresentasse de baixa a muito alta RP nas profundidades avaliadas. Verificou-se que os métodos para estimar a cobertura morta do solo não diferiram significativamente entre si e que, no momento anterior ao preparo, havia mais de 91% do solo coberto com palhada. Após as operações mecanizadas, houve maior redução de palha quando foi empregado o sistema de preparo convencional.

References

(I) ALVARENGA, R. C.; LARA CABEZAS, W. A.; CRUZ, J. C.; SANTANA, D. Plantas de cobertura de solo para sistema plantio direto. Informe Agropecuário, Belo Horizonte-MG, v. 22, n. 208, p. 25-36, 2001.

(II) ALVES, A. G. C.; COGO, N. P.; LEVIEN, R. Comparação entre os métodos da transeção linear e fotográfico na avaliação de cobertura vegetal morta, sob dois métodos de preparo, após a colheita da soja. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 22, n. 3, p. 491-496, 1998.

(III) BOER, C. A A.; ASSIS, R. L.; SILVA, G. P.; BRAZ, A. J. B. P.; BARROSO, A. L. L.; CARGNELUTTI FILHO, A.; PIRES, F. R. Biomassa, decomposição e cobertura do solo ocasionada por resíduos culturais de três espécies vegetais na região Centro-Oeste do Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 32, p. 843-851, 2008.

(IV) CASSOL, E.A.; LIMA, V.S. Erosão em entressulcos sob diferentes tipos de preparo e manejo do solo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília-DF, v. 38, n. 1, p. 117-124, 2003.

(V) EMBRAPA. EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA Manual de métodos de análise de solos. 2. ed., Rio de Janeiro-RJ: Embrapa Solos, 1997. 212 p.

(VI) EMBRAPA. EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília-DF: Embrapa Solos, 2013. 353p.

(VII) FERNANDES, H.C.; SILVEIRA, J.C.M.; RINALDI, P.C.N. Avaliação do custo energético de diferentes operações agrícolas mecanizadas. Ciência e Agrotecnologia, Lavras-MG, v. 32, n. 5, p. 1582-1587, 2008.

(VIII) FREDDI, O. S.; TAVANTI, R. F. R.; SOARES, M. B.; ALMEIDA, F. T.; PERES, F. S. C. Physical-chemical quality of a Latossol under direct seeding and soybean-corn succession in the cerrado-amazonian ecotone. Revista Caatinga, Mossoró-RN, v. 30, n. 4, p. 991-1000, 2017.

(IX) GOMES JUNIOR, D. G.; STOLF, R.; PERES, J. G.; PINTO, V. M.; REICHARDT, K. Soil physical quality of Brazilian crop management systems evaluated with aid of penetrometer. Journal of Agricultural Science, Ontario, v. 8, n. 6, p. 120-128, 2016.

(X) GUIMARÃES, D. V.; GONZAGA, M. I. S.; SILVA, T. O.; SILVA, T. L.; DIAS, N. S.; MATIAS, M. I. S. Soil organic matter pools and carbon fractions in soil under different land uses. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 126, n. 1, p. 177-182, 2013.

(XI) HECKLER, J. C.; SALTON, J. C. Palha: fundamento do sistema plantio direto. Dourados-MS: Embrapa Agropecuária Oeste, 2002. 26 p.

(XII) HUBBARD, R. K.; STRICKLAND, T. C.; PHATAK, S. Effects of cover crop systems on soil physical properties and carbon/nitrogen relationships in the coastal plain of southeastern USA. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 126, p. 276-283, 2013.

(XIII) KOTTEK, M.; GRIESER, J.; BECK, C.; RUDOLF, B.; RUBEL, F. World map of the Köppen-Geiger climate classification updated. Meteorologische Zeitschrift, v. 15, n. 3, p. 259-263, 2006.

(XIV) JORGE, L. A. C.; SILVA, D. J. C. B. SisCob: manual de utilização. São Carlos-SP: Embrapa Instrumentação Agropecuária, 2009. 18 p.

(XV) LAAMRANI, A.; JOOSSE, P.; FEISTHAUER, N. Determining the number of measurements required to estimate crop residue cover by different methods. Journal of Soil and Water Conservation, Ankeny, v. 72, n. 5, p. 471-479, 2017.

(XVI) LAL, R. Mechanized tillage systems effects on soil erosion from an Alfisol in watersheds cropped to maize. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 4, p. 349-360, 1984.

(XVII) MONTEIRO, M. A. C.; ZOZ, A.; LIMEDE, A. C.; OLIVEIRA, C. E. S.; ZOZ, T. Efeito do preparo do solo com diferentes implementos sobre a resistência do solo à penetração. Revista de Agricultura Neotropical, Cassilândia-MS, v. 4, n. 2, p. 63-68, 2017.

(XVIII) OLIVEIRA, G. C.; SEVERIANO, E. C.; MELLO, C. R. Dinâmica da resistência à penetração de um Latossolo Vermelho da Microrregião de Goiânia, GO. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 11, n. 3, p. 265-270, 2007.

(XIX) RALISCH, R.; MIRANDA, T. M.; OKUMURA, R. S.; BARBOSA, G. M. C.; GUIMARÃES, M. F.; SCOPEL, E.; BALBINO, L. C. Resistência à penetração de um Latossolo Vermelho Amarelo do Cerrado sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 12, n. 4, p. 381-384, 2008.

(XX) RICHARDS, B. K., WALTER, M. F.; MUCK, R. E. Variation in line transect measurements of crop residue cover. Journal of Soil and Water Conservation, Ankeny, v. 39, n. 1, p. 60-61, 1984.

(XXI) ROSOLEM, C. A.; CALONEGO, J. C.; FOLONI, J. S. S. Lixiviação de potássio da palha de espécies de cobertura de solo de acordo com a quantidade de chuva aplicada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 27, p. 355-362, 2003.

(XXII) SILVA, F. A. S.; AZEVEDO C. A. V. The Assistat Software version 7.7 and its use in the analysis of experimental data. African Journal of Agriculture Research, Joanesburgo, v. 11, n. 39, p. 3733-3740, 2016.

(XXIII) SILVA, V. R.; REINERT, D. J.; REICHERT, J. M. Resistência mecânica do solo à penetração influenciada pelo tráfego de uma colhedora em dois sistemas de manejo do solo. Ciência Rural, Santa Maria-RS, v. 30, n. 5, p. 795-801, 2000.

(XXIV) SLONEKER, L. L.; MOLDENHAUER, W. C. Measuring the amounts of crop residue remaining after tillage. Journal of Soil and Water Conservation, Ankeny, v. 32, p. 231-236, 1977.

(XXV) STEFANOSKI, D. C.; SANTOS, G. G.; MARCHÃO, R. L.; PETTER, F. A.; PACHECO, L. P. Uso e manejo do solo e seus impactos sobre a qualidade física. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 17, n. 12, p. 1301-1309, 2013.

(XXVI) STOLF, R. Teoria e teste experimental de fórmulas de transformação dos dados de penetrômetro de impacto em resistência do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 15, p. 229-235, 1991.

(XXVII) STOLF, R., MURAKAMI, J. H., MANIERO, M. A., SILVA, L. C. F.; SOARES, M. R. Incorporação de régua para medida de profundidade no projeto do penetrômetro de impacto Stolf. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa-MG, v. 36, n. 5, p. 1476-1482, 2012.

(XXVIII) ZHENG, B.; CAMPBELL, J. B.; SERBIN, G.; GALBRAITH, J. M. Remote sensing of crop residue and tillage practices: present capabilities and future prospects. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 138, p. 26–34, 2014.

Published

2018-07-05

How to Cite

Theodoro, G. de F., Golin, H. de O., da Silva, M. S., Rezende, R. P., & Abreu, V. L. S. de. (2018). INFLUÊNCIA DE SISTEMAS DE PREPARO NA MANUTENÇÃO DA PALHADA E RESISTÊNCIA DO SOLO À PENETRAÇÃO. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 5(2), 25–30. https://doi.org/10.32404/rean.v5i2.2220

Most read articles by the same author(s)