USO DA PRÓPOLIS E ÓLEO DE NIM NO CONTROLE DOS FUNGOS Lasiodiplodia theobromae E Colletotrichum gloesporioides: PRINCIPAIS PATÓGENOS QUE ACOMETEM OS FRUTOS DA MANGA

Authors

  • Patricia Pereira Machado UEMS
  • Gustavo Haralampidou da Costa Vieira UEMS
  • Rafael Alves Machado UEMS

DOI:

https://doi.org/10.32404/rean.v2i4.653

Abstract

O estudo foi desenvolvido com o objetivo de determinar a eficácia do extrato etanólico de própolis (EEP) e óleo de nim (Azadirachta indica L.) no controle dos fungos Lasiodiplodia theobromae e Colletotrichum gloesporioides, principais patógenos que acometem os frutos da manga (Mangifera indica L.). O método compreendeu o desenvolvimento colonial desses fungos em meio de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), acrescido das referidas substâncias, em diferentes concentrações. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2 x 6: dois extratos (própolis e óleo de nim) e seis concentrações de aplicação (0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL L-1), com cinco repetições. Paralelo aos testes, foi estabelecido um tratamento com fungicida para comparação das médias. O desenvolvimento dos fungos nos diferentes tratamentos foi determinado através do crescimento micelial da colônia (média de duas medidas diametralmente opostas) obtido após 24, 48 e 96 h de inoculação do fungo. Apenas o óleo de nim na maior concentração testada apresentou eficácia no controle dos fungos L. theobromae e C. gloesporioides, tornando-se uma opção viável nos tratamentos alternativos podendo ser utilizado nos programas de manejo integrado.


References

(1) ALBANO, E. M. S; ZAINA, T. C; ZANIN, D. G; GONÇALVES, R.A. Avaliação da ação do extrato da borra da própolis no controle de sanidade de sementes de feijão. Fitopatologia Brasileira, Brasília-DF, v. 32, p.147, 2007. Suplemento.

(2) BENOIT-VICAL, F. O; IMBERT, C; JEAN-PAUL, B. O. N. Antiplasmodial and antifungal activities of iridal, a plant triterpenoid. Phytochemistry, International Journal, v. 62, n. 5, p.747-751, 2003.

(3) CAMILI, E. C.; BENATO, E. A.; PASCHOLATI, S. F.; CIA, P. Avaliação da quitosana, aplicada em pós colheita, na proteção de uva ‘Itália’ contra Botrytis cinerea. Summa Phytopathologica, Botucatu-SP, v. 33, n. 3, p 215-221, 2007.

(4) CAMPANHOLA, C; BETTIOL, W. Métodos alternativos de controle de fitopatógenos. Jaguariúna: EMBRAPA, 2003, 279 p.

(5) FERNANDES, F. F; DIAS, A. L. T; RAMOS, C. L; IKEGAKI, M; SIQUEIRA, A. M; FRANCO, M. C. The "in vitro" antifungal activity evaluation of propolis G12 ethanol extract on Cryptococcus neoformans. Revista do Instituto de Medicina Tropical, São Paulo-SP, v. 49, n. 2, p. 93-95, 2007.

(6) FERNANDES JÚNIOR, A.; LOPES, M. M. R; COLOMBARI, V; MONTEIRO, A. C. M; VIEIRA, E. P. Antimicrobial activity of Apis mellifera propolis from three regions of Brazil. Ciência Rural, Santa Maria-RS, v. 36, n. 1, p. 294-297, 2006.

(7) FISCHER, I. H; ARRUDA, M. C; ALMEIDA, A. M; MONTES, S. M. N. M; JERÔNIMO, E. M; SIMIONATO, E. M. R. S; BERTANI, R. M. A. Doenças e características físicas e químicas pós-colheita em manga. Semina: Ciências Agrárias, Londrina-PR, v. 30, n. 1, p. 107-116, 2009.

(8) GONSALEZ, G. Z; ORSI R. O; FERNANDES JÚNIOR, A; RODRIGUES, P; FUNARI, S. R. C. Antibacterial activity of propolis collected in different regions of Brazil. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, São Paulo-SP, v. 12, n. 2, p. 276-84, 2006.

(9) LONGHINI, R; RAKSA, S. M; OLIVEIRA, A. C. P; SVIDZINSKI, T. I. E; FRANCO, S. L. Obtenção de extratos de própolis sob diferentes condições e avaliação de sua atividade antifúngica. Revista Brasileira Farmacognosia, Curitiba-PR, v. 17, n. 3, 2007.

(10) MAPA. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Uma década de bons frutos. Informativo CGPCP Fruticultura, Brasília-DF, v.5, n.46, p.1-7, 2011.

(11) MARCUCCI, M. C. Própolis: chemical composition, biological properties and therapeutic activity. Apidologie, Paris-França, v. 26, n. 2, p. 83-99, 1995.

(12) MARINI, D; MENSCH, R; FREIBERGER, M. B; DARTORA, J; FRANZENER, G; GARCIA, R.C; STANGARLIN, J. R. Efeito antifúngico de extratos alcoólicos de própolis sobre patógenos da videira. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo-SP, v. 79, n. 2, p. 305-308, 2012.

(13) MONZOTE, L; CUESTA-RUBIO, O; FERNANDEZ, M. C; HERNANDEZ, I.M; FRAGA, J; PÉREZ, K; KERSTENS, M; MAES, L; COS, P. In vitro antimicrobial assessment of Cuban propolis extracts. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro-RJ, v. 107, n. 8, p. 978-984, 2012.

(14) MORAES, W. B; JESUS JUNIOR, W. C; BELAN, L. L; PEIXOTO, L. A; PEREIRA, A. J. Aplicação foliar de fungicidas e produtos alternativos reduz a severidade do oídio no tomateiro. Nucleus, Ituverava-SP, v. 8, n. 2, 2011.

(15) NEGREIROS, R. J. Z; SALOMÃO, L. C. C; PEREIRA, O. L; CECON, P. R; SIQUEIRA, D. L. Controle da antracnose na pós-colheira de bananas-prata com produtos alternativos aos agrotóxicos convencionais. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 35, n. 1, p. 051-058, 2013.

(16) NOGUEIRA, D. R. S.; ALBUQUERQUE, L. B.; ARAÚJO, J. A. de M.; VALE, E. V. G.; SALES JÚNIOR, R. Eficiência de Bacillus subtilis e B. pumilus no controle de Podosphaera xanthii em meloeiro. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró-RN, v. 6, n.3, p. 125-130, 2011.

(17) PEROSA, J. M. Y; SILVA, C. S; ARNALDI, C. R. Avaliação das perdas de manga (Mangifera indica L.) no mercado varejista da cidade de Botucatu-SP. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 31, n. 3, p. 732-738, 2009.

(18) PINTO, A. C. Q; PINHEIRO NETO, F; GUIMARÃES, T. G. Estratégias de melhoramento genético da manga visando atender a dinâmica do mercado. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. esp., E. 064-072, 2011.

(19) PLOETZ, R. C. Diseases of mango. In: PLOETZ, R.C. (Ed.) Diseases of tropical fruit crops. Wallingford: CAB International, p.327–363, 2003.

(20) SALOMÃO, K; PEREIRA, P. R; CAMPOS, L. C; BORBA, C. M; CABELLO, P. H; MARCUCCI, M. C; de CASTRO, S. L. Brazilian propolis: correlation between chemical composition and antimicrobial activity. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, International Journal v. 5, n. 3, p. 317-324, 2008.

(21) SILVA, G. H; HERIQUES, I. G. N; SOUZA, P. F; CAMPELO, G. J. Influência do extrato de nim em fungos incidentes sobre sementes de angico no município de Patos, Paraíba. Engenharia Ambiental: pesquisa e tecnologia, Espírito Santo do Pinhal-SP, v. 8, n. 3, p. 315-324, 2011.

(22) SILVEIRA, N. S. S; MICHEREFF, S. J; SILVA, I. L. S. S; OLIVEIRA, S. M. A. Doenças fúngicas pós-colheita em frutas tropicais: patogênese e controle. Revista Caatinga, Mossoró-RN, v. 18, n. 4, p. 283-299, 2005

Published

2015-12-16

How to Cite

Machado, P. P., Vieira, G. H. da C., & Machado, R. A. (2015). USO DA PRÓPOLIS E ÓLEO DE NIM NO CONTROLE DOS FUNGOS Lasiodiplodia theobromae E Colletotrichum gloesporioides: PRINCIPAIS PATÓGENOS QUE ACOMETEM OS FRUTOS DA MANGA. REVISTA DE AGRICULTURA NEOTROPICAL, 2(4), 31–37. https://doi.org/10.32404/rean.v2i4.653

Most read articles by the same author(s)