TRAVESSIA EDUCACIONAL DO JOVEM ESTUDANTE CAMPO-GRANDENSE - TRAJE: PERCURSOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DIFERENCIADO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Mauricio Macedo Vieira, Orientadora - Bartolina Ramalho Catanante

Resumo


Neste estudo, analisamos a implantação do projeto experimental “Travessia Educacional do Jovem Estudante Campo-Grandense – TRAJE”, desenvolvido no período de 2010 a 2013, na Escola Municipal Osvaldo Cruz, localizada no município de Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul. Verifica-se se este Projeto atende ao processo de escolarização, enquanto proposta pedagógica diferenciada para um público específico de estudantes, jovens de 15 a 17 anos, com distorção série/idade. O Projeto TRAJE foi analisado a partir de seu Projeto Político Pedagógico (CAMPO GRANDE, 2011a), de Spósito e Carrano (2003), os quais traçam o perfil do jovem de 15 a 17 anos, na perspectiva do sistema educacional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN: 2526-4052

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Unidade Universitária de Campo Grande

Indexadores: SUMARIOS.ORG   LATINDEX   SEER/IBICT DIADORIM   GOOGLE ACADÊMICO