HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA NA EDUCAÇÃO BÁSICA:

entre dilemas e propostas de ensino

Autores

  • Odair Souza EEB Profª Maria do Carmo de Souza
  • Valdemar Assis Lima UFSC

Palavras-chave:

Ensino de história, continente africano, lei 11645/2003, colonialidade, decolonialidade.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar as  percepções de estudantes de turmas de  primeiros anos do ensino médio sobre o continente africano e ao mesmo tempo problematizar e refletir a importância da implementação da lei 10.639/2003 e suas diretrizes nas escolas dialogando com a perspectiva decolonial como possibilidade de ensino da história da África.

Biografia do Autor

Odair Souza, EEB Profª Maria do Carmo de Souza

Odair de souza. Bacharel e licenciado em História ( Universidade do Sul de Santa Catarina). Especilista e m Gênero e Diversidade na Escola ( GDE) - UFSC) e Mídias na Educação ( FURG/RS) e Mestre em Ensino de História ( UFSC). Professor na Educação Básica na rede Pública Estadual de Santa catarina.

Valdemar Assis Lima, UFSC

Professor Assistente do Curso de Museologia da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

BRASIL, Lei 10.639/2003, de 09 de janeiro de 2003. Disponível em https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.639. Acesso em 05/09/2021.

FAGUNDES, Heldina Pereira Pint O; CARDOSO, Bert A Lene Costa. Quinze Anos da implementação da lei 10.639/2003: desafios e tensões no contexto da Base Nacional Comum Curricular. Revista Exitus. Santarém, vol. 09, nº 13, jul/set/2009. pp. 59-86.

GOMES, Nilma Lino. Limites e possibilidades da implementação da lei 10.639/2003 no contexto das políticas públicas em educação. In: PAULA, Marilene de; HERING, Rosana (Orgs.). Caminhos convergentes: estado e sociedade na superação das desigualdades raciais no Brasil. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Boll ActionAid, 2009. pp. 39-75.

GOMES, Nilma Lino. Prática pedagógica de trabalho com relações étnico-raciais na escola na perspectiva da lei 10.639/2003. Brasília: MEC/UNESCO, 2012. 424 p.

GOMES, Nilma Lino; JESUS, Rodrigo Ednilson de. As práticas pedagógicas de trabalho com relações étnico-raciais na escola na perspectiva da lei 10.639/2003: desafios para a política educacional e indagações para a pesquisa. Educar em revista. Curitiba, nº 47, jan/mar/2013, pp. 19 – 33.

LANDER, Edgardo. Marxismo, eurocentrismo e colonialismo. In: BORON, Atilio A; AMADEO, Jávier; GONZALEZ, Sabrina.(Org.) La teoría marxista hoy: problemas y perspectivas. 1ª ed. Buenos Aires: Consejo Latino-Americano de Ciências Sociales, CLACSO, 2006, 512 p.

OLIVA, Anderson Ribeiro. A história da África nos bancos escolares: representações e imprecisões na literatura didática. Estudos afro-asiáticos, ano 25, nº 3, 2003, pp. 421 – 461.

QUIJANO, Anibal. Colonialidade del poder y classificacion social; CASTRO-GOMES, Santiago; GROSFOGUEL, Rámon.(Orgs.) El giro decolonial: reflexiones para una diversidad epistêmica, mas allá del capitalismo global. Bogotá: Universidade Javeriana- Instituto Pensar/Universidade Central – IESCO – Siglo del hombres editores, 2007. pp. 93 -126.

SANTOS, Cesar Augusto Caldas; COSTA, Raphael Luiz Silva da. Materiais didáticos à luz da lei 10.639/2003: por um ensinar e aprender uma geografia antirracista. Revista Tamoios. Ano VII, nº 1, 2011, pp. 25 -36.

SANTOS, Ester Cardoso dos; COSTA, Israel Esteban Munoz; BATISTA JÚNIOR, Carlos Alberto Oliveira. A abordagem da África no livro didático de geografia. In: XIV Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia: políticas, linguagens e trajetórias. Campinas, 24 de junho a 04 de julho de 2019. pp. 738 – 771.

Downloads

Publicado

17/11/2021

Como Citar

Souza, O., & Lima, V. A. (2021). HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: : entre dilemas e propostas de ensino. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E LINGUAGEM, 5(11). Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/educacaoculturalinguagem/article/view/6653